A Magia das contas de 2012 da Camara do Seixal



A população do Seixal pensa por si. O Executivo Comunista da Camara do Seixal tenta a todo custo fazer pensar a população, da forma que melhor lhe convém.
Foi neste quadro que na passada sexta-feira dia 19 de Abril em reunião de Camara, o Executivo Comunista quis fazer passar a mensagem
Será mesmo assim? Será que a Camara do Seixal afinal teve mesmo resultados positivos de mais de 7 milhões de euros no ano 2012?
Eureca, afinal os responsáveis da CMS não sabem mas tem excedente. Mas, nem mesmo assim conseguem pagar as suas dividas. Mas que grande salada. Que grande paradoxo.
O Executivo Comunista diz que o Resultado Liquido do Exercício de 2012 foi positivo em 7 milhões de euros. Nas empresas quando se obtém um resultado positivos de 7 milhões de euros, entende-se, solida, realizou um bom trabalho. Será mesmo verdade tal afirmação para a CMS? Hoje, é mais que sabida a imensa divida desta Camara, quer a fornecedores, quer a bancos e até a entidades sociais e outras. Só por aqui se percebe que tal não pode ser verdade.
Importa pois clarificar todas as engenharias financeiras apresentadas pelo partido comunista  para atingir em 2012, este resultado positivo de 7 milhões de euros.
Mas afinal uma Camara que não paga a nenhum fornecedor, que deve a tudo e todos, que tem uma divida superior a 100 milhões de euros, que aumentou as dividas a fornecedores em 2012, teve um resultado positivo de 7 milhões de euros e não os utiliza para pagar dividas!!! Será mesmo?
Alguém acredita nisto?
Importa pois repor a verdade e mostrar à população do Seixal, qual o expediente que a Câmara do Seixal liderada pelo partido comunista utiliza para apresentar tal disparate.
E a verdade é que, afinal o Resultado Liquido do Exercício de 2012, (e já o ano 2011 foi o mesmo disparate), é de 17,5 milhões de euros negativos. Entenda-se custos superiores às receitas. Prejuízo.
Como provar então isto, de forma que toda a gente entenda? Um Resultado Liquido do exercício de 17,5 milhões de euros negativos, fica feio num Relatório e Contas. O Executivo comunista passa então à alteração dos dados, inscrevendo acréscimos e proveitos no montante de 24,5 milhões de euros e altera os resultados. Ou seja, manda contabilizar 24,5 milhões de euros de impostos a receber no ano seguinte, que são resultantes do cálculo de impostos previsíveis do ano 2012, os quais só vai receber no ano seguinte de 2013. É como se disséssemos que está já a gastar por conta. Comparativamente podemos-lhe chamar algo parecido com a conta ordenado, está a gastar aquilo que não tem ainda, está a gastar/contabilizar aquilo que receberá no ano seguinte.
Pelo que, e se fizermos esta conta, retirando a tal engenharia financeira, ao resultado apresentado, o Real Resultado é afinal negativo em 17,5 milhões de euros. Eureca, a careca ficou á vista afinal.
A Camara Municipal do Seixal mente descaradamente, manipula os números para apresentar resultados bonitos em ano de eleições, como sempre fez e continua a fazer enganando descaradamente a população e mais grave sem que nenhuma entidade oficial actue ou fiscalize tais barbaridades.
Ainda e comparativamente com o ano anterior de 2011, a verdade é que, o agravamento deste resultado aumentou mais de 9 milhões de euros negativos. Em 2011 o Executivo CDU na CMS apresentou também um resultado positivo de 12,5 milhões de euros. Alguém acreditou nisso? Viu-se o real funcionamento da Camara, sobrou dinheiro ao longo de 2012 para pagar as dívidas? Realizaram obra? Claro que não. À imagem do que fizeram neste ano de 2012, também em 2011 procederam da mesma forma contabilizando impostos a receber no ano seguinte um montante de 21 milhões de euros. Retirando este valor ao resultado liquido apresentado em 2011, afinal verifica-se que também este foi negativo em 8, 5 milhões de euros, ao invés dos 12,5 positivos apresentados pela CMS.
 Afinal na boca do Executivo comunista esta Camara dá sempre lucro!!! Magia.
No entanto as dividas a terceiros (fornecedores e outras entidades) aumentaram de 54,9 milhões de euros em 2011 para 65,2 milhões de euros em 2012, indiciador de falta de capacidade financeira. Mas pasmem-se, porque mesmo assim à sempre alguns que vão recebendo, pese embora sem qualquer critério de pagamento a fornecedores, nem transparência na liquidação de dívidas, alguns fornecedores tem tudo pago, outros, a divida não se altera de ano para ano. Como se explicar tal? Uns fornecedores são mais necessários que outros? Afinal á neste município fornecedores de primeira e fornecedores de segunda?
Esta Magia dos números na Camara Municipal do Seixal, mais não é que uma falacia. E a verdade dos factos, que vai de encontro aquilo que espelha a realidade financeira da Camara é a necessidade urgente que esta tem em encontrar quem lhe empreste 40 milhões de euros, tal como está a acontecer com o plano de Saneamento Financeiro que está em curso para fazer face ao mais básico e á pressão dos fornecedores a quem deve neste momento mais de 65 milhões de euros.
Haja coragem de explicar á população que a actual gestão comunista faliu a Camara Municipal do Seixal, e magia só no circo.


Eduardo Rodrigues
Vereador do Partido Socialista na Camara do Seixal
Google