Seixal - um paraíso desaproveitado à beira-rio plantado...

A "Vila" Cidade do Seixal parece estar parada no tempo... Não que seja adepto de progressos desmedidos e sem sentido, numa vila que, por si só, já é bela e pitoresca No entanto, há muitas coisas que estão mal aproveitadas e, muitas outras há, que podiam ser feitas e não são.
O Seixal tem um enorme potencial turístico e esse potencial deveria ser explorado, nem que fosse para o bel-prazer dos “turistas” que residem no Concelho, ou seja, para aquelas centenas de pessoas que, aos primeiros raios de sol, invadem a marginal para actividades de lazer.
Começando por aqui e, depois de passear pela nossa marginal de bicicleta, nota-se logo que não há segurança para quem ali corre ou anda de bicicleta, pois não há nenhuma barreira, corrimão, vedação, chamem-lhe o que quiserem, que nos separe das rochas e do rio. Acidentes acontecem e mais vale prevenir do que remediar.
Outra questão, que qualquer cidadão nota, é a ausência de esplanadas para aproveitar o sol e a vista que a baía nos oferece. São dezenas, ou centenas, as pessoas que ficam sem poder usufruir destes espaços, ao fim-de-semana, simplesmente porque não há oferta suficiente. Por falar nesta falta de esplanadas, na área de restauração do Mercado Municipal há uma das melhores vistas fluviais, senão a melhor, que tenho conhecimento, não só no Seixal, como em todo o Concelho. Até acho que deve ser o Mercado com melhor vista do País! Esta zona a que me refiro parece estar devotada ao abandono, apesar de ainda lá estar escondido um restaurante, e este, quase sem vista nenhuma. É um dever do Município investir na valorização destes espaços, seja facilitando o seu arrendamento, ou patrocinando a sua aquisição e,  ao mesmo tempo, publicitando a sua existência. A área do Mercado Municipal actualmente até mete medo, é uma zona degradada, que não inspira confiança a ninguém... Os terrenos traseiros e laterais estão abandonados e estou mesmo a ver que, qualquer dia, lá vão nascer mais uns prédios (receita fácil para a Câmara) como um que já se ergue ao pé dos CTT e que fica completamente desenquadrado ali. Se a C.M.S. investir no Concelho também os moradores vão investir. Quando precisamos de uma esplanada com uma vista espectacular como a que poderia haver no Mercado, não temos. Quando as pessoas que vêm da Amora chegam ali ao pé da esplanada do, já alcunhado aquário, e vêem a multidão que está à espera de mesa, assustam-se e voltam para trás, porque para a frente, já sabem que a oferta é escassa. Já nem sequer avançam para a parte mais bonita que é o centro histórico do Seixal, centro histórico esse, que cada vez mais, está também ao abandono, especialmente depois da centralização dos Serviços Centrais, no novo edifício megalómano que foi arrendado a peso de ouro pela C.M.S.

Alexandre Fachada

Membro do Secretariado
PS Seixal/Arrentela

1 comentário:

Anónimo disse...

É absolutamente absurda a falta de ideias e de soluções deste executivo.

Google