Caso BPN: O que esconde Cavaco?

7 comentários:

Anónimo disse...

O A-SUL soube em primeira mão que está de novo instalada a revolta em Pinhal dos Frades face aos novos desenvolvimentos relacionados com o corte generalizado do pinhal envolvente e o retomar do processo do PER - BAIRRO DA JAMAICA para o Pinhal.

O Pinhal é protegido desde 1993 no Plano Director Municipal, como "Mata e Maciço Arbóreo" , isto até que uma parcela foi adquirida por uma empresa off-shore com interesses imobiliários , aí a autarquia chegou a formalizar com esses proprietários e empresa construtora, protocolo e elaborar Plano de Pormenor para aquele local.

Objectivo, levar o problemático BAIRRO DA JAMAICA para aquele local isolado, e agora entalado pela nova auto-estrada e Pinhal dos Frades, triangulando interesses da autarquia e de outra off-shore, entretanto proprietária daquelas torres, formando um novo gueto

Quem se opôs desde que a situação foi tornada pública, já com protocolos assinados, projectos na mesa e Plano de Pormenor pronto a ser aprovado foi a população que desde há dez anos se tem manifestado contra aquele projecto repetidamente retomado pela autarquia e pelos interesses envolvidos.

É essa mesma população que hoje de novo se mobiliza na defesa daquele espaço contra a criação de mais um gueto , pelo que :

REUNE NA PRÓXIMA SEXTA FEIRA CERCA DAS 21 HORAS NO CENTRO DE SOLIDARIEDADE DE PINHAL DOS FRADES .

cidadao disse...

Está de novo instalada a revolta em Pinhal dos Frades face aos novos desenvolvimentos relacionados com o corte generalizado do pinhal envolvente e o retomar do processo do PER - BAIRRO DA JAMAICA para o Pinhal.

O Pinhal é protegido desde 1993 no Plano Director Municipal, como "Mata e Maciço Arbóreo" , isto até que uma parcela foi adquirida por uma empresa sediada num paraíso fiscal (off-shore) , com interesses imobiliários , aí a autarquia chegou a formalizar com esses proprietários e empresa construtora associada , protocolo e elaborou Plano de Pormenor para aquele local sob a capa de mais uma famigerada PPP - Parceria Publico Privada .

Objectivo, levar o problemático BAIRRO DA JAMAICA para aquele local isolado, e agora entalado pela nova auto-estrada e Pinhal dos Frades, triangulando interesses da autarquia e de outra off-shore representada por um ex menbro do Comité Central do PCP, e entretanto tornada proprietária daquelas torres no Fogueteiro , formando um novo gueto e valorizando brutalmente os edificios que ficarão deesocupados em Vale de Chícharos-Fogueteiro .

Quem sempre se opôs desde que a situação foi tornada pública, já com protocolos assinados, projectos na mesa e Plano de Pormenor pronto a ser aprovado foi a população que desde há dez anos se tem manifestado contra aquele projecto repetida e ciclicamente retomado pela autarquia e pelos interesses envolvidos.

É essa mesma população que hoje de novo se mobiliza na defesa daquele espaço contra a criação de mais um gueto , pelo que :

REUNE NA PRÓXIMA SEXTA FEIRA CERCA DAS 21 HORAS NO CENTRO DE SOLIDARIEDADE DE PINHAL DOS FRADES .

Anónimo disse...

O Sr.Teixeira Flamingo foi desafiado para ir amanhã à reunião em Pinhal de Frades, mas diz que não pode ir porque tem de trabalhar.
Vejam no blogue:
UMA TERRA SEM AMOS

Anónimo disse...

AFINAL QUEM MENTE?
MONTEIRO OU TEIXEIRA?

De acordo com um jornal local, Alfredo Monteiro disse o seguinte sobre o blogue “O Flamingo”:

"Sempre considerei que quem não dá a cara, não merece respeito, porque se limita a fazer um jogo baixo e ignóbil. Quem não assume o que diz é um mentiroso, cobarde e não merece a menor credibilidade. E por vezes o que nesse blogue é dito leva-nos a pensar se será mesmo um apoiante do Partido. É que qualquer camarada dá a cara pelo que diz. Se não o faz, não é nosso camarada”.

Esta declaração, proferida numa sessão pública da Câmara pelo seu Presidente, acaba por denunciar a falsa admiração que o Teixeira tem pelos comunistas, não passando afinal de um mero agitador que nem sequer é apoiante do PCP.

Anónimo disse...

Coitadinho do teixeirinha, tem de trabalhar até tarde... mas ele até está ali tão perto era mesmo um saltinho do Pinhal da Cucena até ao Pinhal de Frades e se calhar nem tinha de mudar de roupa eheheheheheh

Pois, como se a passarona fosse dar a cara!

fsr disse...

A Jamaica tem todo o direito e mais um para se intalar em P. de Frades.
Ou será que os Portugueses no Luxemburgo devem ser repatriados para o Seixal?
Qual é a diferença Sr. intelectual SAMUEL CRUZ.
Diga de sua justiça!
O que pretende sol na eira e chuva no nabal?
Tenha a coragem de se exprimir ou contua cobarde?
É fácil falar mal dos outros, em especial do Teixeira, não é?

Anónimo disse...

Lamento!
Apresento-me em DEFESA DA PASSAROCA....
Embora por vezes me enoge...tenho que reconhecer o direito à imbecilidade, admitindo até que isso seja tão sómente uma questão de forma.
Deixemo-nos de fantasias e resumindo factos:
-EstÁ sempre BEM DOCUMENTADO.
-Tem acesso a INFORMAÇÃO PREVILIGIADA.
-Antecipa o conhecimento público de muitos assuntos e comunica informação em TEMPO REAL.
-A informação transmitida tem ORIGEM que se pode determinar.
-A quem está à frente das organizações não basta livrar-se de RESPONSABILIDADES , sobre uma situação que é pública está na blogosfera há cerca de dois anos.
Não posso deixar de manifestar a minha indignação perante o RENEGAR-SE UMA VOZ seja ela qual for, muito menos quando em substância, possa tal facto acontecer À VOZ DO DONO.

Google