Uns fazem outros falam…

Já muitas vezes afirmei que a Câmara Municipal do Seixal (CMS) faz do embuste a sua arma de combate político. Na realidade, através duma aprimorada (e cara) máquina de propaganda a CMS quer-nos fazer crer que tudo o que de bom se faz no Seixal é da sua responsabilidade e que tudo o que falta fazer é da responsabilidade do Governo Central.
Vem isto a propósito do último número da revista Metrópoles (revista da área metropolitana de Lisboa) que escolheu como tema de capa: Mobilidade e Transportes na Área Metropolitana de Lisboa.
Vários municípios foram convidados a participar, a Câmara Municipal de Almada fala-nos do novo Flexibus (miniautocarros eléctricos destinados a circular nas áreas antigas) que foram inaugurados com um mês de utilização gratuita. A Câmara do Barreiro traz-nos sete projectos diferentes na área da mobilidade de que destaco a rede de percursos cicláveis e o projecto linha Azul (uma espécie de táxi colectivo mas com horário e percurso fixos).
A Câmara de Lisboa mostra-nos os projectos Lisboa porta-a-porta (transporte gratuito para pessoas com deficiência e crianças) e o projecto Pedibus, que cria percursos pedonais de acesso às escolas.
A Câmara de Loures por sua vez destaca o projecto rodinhas (mini-bus que fazem a articulação intermodal e asseguram as deslocações de proximidade) e também o projecto a pé para a escola.
Também com as características de servir as populações sénior e jovem nas suas deslocações, em especial nas zonas antigas (retirando daí o automóvel) e assegurar o acesso aos equipamentos de utilização colectiva surge-nos o projecto linha azul da Câmara de Odivelas.
Já com o objectivo expresso de complementar a oferta de transporte colectivo existente foi criado em Oeiras o Oeiras Combus, projecto que a Câmara de Oeiras destaca.
Por fim a Câmara do Seixal, pela voz do seu Vereador Joaquim Santos, não nos fala de nenhum projecto (até porque não os tem), mas brinda-nos com a sua foto (caso único na revista) e um artigo sob o título: O passe social deve ser alargado a todos os operadores da AML e não limitar-se às deslocações pendulares casa/trabalho.

2 comentários:

Seixalense desiludido disse...

A Câmara do Barreiro realizou projectos para a zona ribeirinha de praias.

A Câmara do Montijo realizou projectos para a zona ribeirinha de praias.

A Câmara de Alcochete realizou projectos para a zona ribeirinha de praias.

A Câmara da Moita realizou projectos para a zona ribeirinha de praias.

A Câmara do Seixal promete á 36 anos e ainda não fez nada.
Mas a culpa é do governo e do Porto de Lisboa.

Anónimo disse...

ah mas claro que é culpa do governo tudo o que não se faz, já " o avante" só no Seixal e mais ninguém tem e só se faz porque a CMS é magnanima!!!

Google