Ah pronto assim estou mais descansado...


Recentemente o estádio do Bravo (o estádio do Seixal Futebol Clube) foi a hasta pública em virtude das dividas fiscais do Clube.
A hasta pública ficou deserta e logo, diligentemente, a CMS, pela voz do Vereador Joaquim Santos, veio anunciar o facto como se tivesse algum mérito nisso. Não tem, aconteceu assim, a conjuntura económica não é favorável e ninguém quis investir no local, nada mais - ganha o Seixal perde o estado que não consegue reaver o que lhe é devido, tão simples quanto isso.
O que já é extraordinário são as declarações de Joaquim Santos, Vice-presidente da autarquia à Lusa,diz ele: O Seixal Futebol Clube atravessa «uma
fase boa em termos da formação de atletas mas vive uma situação complicada a nível patrimonial. Foi uma situação originada por direcções anteriores do clube que conduziram a esta situação difícil.»
Até aqui tudo bem não fora o responsável (presidente) dessas direcções anteriores, que o Vice-Presidente da Câmara acusa de má gestão, aliás acusação corroborada pela actual direcção, ser justamente o director financeiro do município.
Haja decoro, como se atreve o sr. Vice-presidente da Câmara a acusar o Dr. Leonardo Carvalho de não saber gerir, depois do ter escolhido para responsável financeiro da autarquia. É que assim de repente pôs-lhe nas mãos a módica quantia de cem milhões de euros!

6 comentários:

Anónimo disse...

Senhor Veraedor Samuel tem toda a razão no que diz, a juntar a tudo isto, poderia-nos esclarecer sobre as fundações ou associações que gerem a Quinta da Fidalga e afins? Penso que tb tem dedo do senhor Leo.

PS: No seu título, deve escrever-se " Ah, assim" e não "Há" de haver.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Pois é, em Português, não é " barra", a menos que tenha querido usar a expressão "Ah !" , mas devia tê-lo escrito de outra forma. A Tia Edite, pode fazer a revisão, on-line, dos textos, mesmo lá do Paraíso de Bruxelas. Também lá está outra, que em vez "do" devia ser "de o" (último parágrafo). Acho que o Acordo Ortográfico não admite erros de tamanho quilate. Passando do Português ao que interessa, foi agora denunciado um verdadeiro "filão" ou "vilão". Uma ajuda, e como "Pato Bravo", e a construir clandestinamente. Explorem e investiguem, sai jackpot de certeza.

Anónimo disse...

Mas alguém tem coragem para atacar frontalmente o Leozinho?
Ele tem muitos trunfos e sabe das negociatas todas, por isso é intocável.

Anónimo disse...

à mulher de césar não basta ser séria tem de parecê-lo...

OFLAMINGO disse...

Para terminar bem o Domingo, riam com a moral e bons costumes da Teixeira/ferreirinha
ai a bicha !!!!
http://oflamingomentiroso.blogspot.com

J.S. Teixeira disse...
Não admito que ninguém especule, sequer, acerca da minha família."Fique claro este facto.Quando entramos no debate político é normal que nos ataquem, mas que o façam de forma honrada e visando apenas a nossa figura e não a de quem nos é mais próximo.Com certeza que não gostaria que se desse uma situação semelhante relativamente à sua família.É uma regra elementar do civismo .

Samuel Cruz disse...

O que se passa com a Quinta da Fidalga é que a Câmara para comprar a quinta, aceitou, em vez de comprar o imóvel, comprar uma empresa (a Ferimo) cujo único activo era este imóvel. Com esta "jogada" o antigo proprietário ficou isento de pagar imposto sobre as mais-valias, como sabemos o PCP é contra estas coisas...
Actualmente o Dr. Leonardo de Carvalho é membro do conselho de administração da Ferimo mas penso que não é remunerado por isso.

Google