Concurso para arquitectos?

Uma coisa boa de ser Vereador no Seixal (das poucas) é que não paro de me surpreender...
Desta vez o motivo chega-me via o insuspeito Diário da República, 2.ª série de 14 de Junho. A Câmara abriu concurso para admitir 5 arquitectos, no âmbito do processo concursal há que prestar provas que, naturalmente, assentam numa bibliografia, ora vejam lá esta pérola... Aposto que se quisessem contratar advogados era-lhes pedido para fazer um desenho.

"Referência n.º 04/PCC/2010 — 5 Postos de Trabalho para Técnico
Superior (Arquitecto):
Bibliografia: Lei n.º 60/2007, de 4 de Setembro, que alterou e republicou
o Decreto -Lei n.º 555/99, de 16 de Dezembro; Portaria n.º 232/2008,
de 11 de Março; Decreto -Lei n.º 163/2006, de 8 de Agosto; Decreto -Lei
n.º 38 382, de 7 Agosto de 1951, com a redacção actualizada; Decreto-
-Lei n.º 220/2008, de 12 Novembro; Portaria n.º 1 532/2008, de 29
Dezembro; Portaria n.º 64/2009, de 22 Janeiro; Decreto -Lei n.º 234/2007,
de 19 Junho; Decreto -Lei n.º 259/2007, de 17 de Julho; Decreto -Lei
n.º 329 -C/2000, de 22 de Dezembro; Decreto -Lei n.º 105/96, de 31 de
Julho; Decreto -Lei n.º 106/96, de 31 de Julho; Decreto -Lei n.º 39/2001,
de 9 de Fevereiro; Código Civil (Secção IV — Construções e edificações);
Plano Director Municipal do Seixal — ratificado pela Resolução
do Conselho de Ministros n.º 65/93, publicada em 11 de Novembro, no
32520 Diário da República, 2.ª série — N.º 113 — 14 de Junho de 2010
Diário da República, 1.ª série B, n.º 264, pode ser consultado no site da
Câmara Municipal do Seixal — http://www.cm -seixal.pt; Plano Regional
de Ordenamento do Território da Área Metropolitana de Lisboa (PROT-
-AML) — aprovado pela Resolução do Conselho de Ministro n.º 68/02,
publicada em 8 de Abril, no Diário da República, 1.ª série B, n.º 82,
processo de alteração aprovado pela Resolução do Conselho de Ministro
n.º 92/08, publicada em 5 de Junho, no Diário da República, 1.ª série,
n.º 108; Lei n.º 48/98, de 11 de Agosto, alterada pela Lei n.º 54/2007,
de 31 de Agosto; Decreto -Lei n.º 380/99, de 22 de Setembro, republicado
pelo Decreto -Lei n.º 46/2009, de 20 de Fevereiro; “Servidões e
Restrições de Utilidade Pública” — publicação da Direcção -Geral do
Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano (DGOTDU),
4.ª edição; Plano Estratégico para o Desenvolvimento da Península de
Setúbal (PEDEPES), pode ser consultado no site http://www.pedepes.
com; “Seixal em Números”, “Seixal Boletim Municipal” e “Agenda
Municipal” podem ser consultados na Biblioteca Municipal do Seixal
ou em qualquer um dos Pólos e pontos de acesso da mesma, assim como
no site da Câmara Municipal do Seixal — http://www.cm -seixal.pt."


P.S: Requinte de malvadez: o exame é feito sem consulta.

Sem comentários:

Google