Os vampiros

Os Vereadores Socialistas na CMS, no actual mandato, preocuparam-se desde a primeira hora em comunicar com os trabalhadores.
Tal desiderato foi perseguido, entre outras acções, através do envio de e-mails, aos funcionários municipais dando conta das nossas tomadas de posição.
Deve ter entendido o Sr. Presidente da Câmara que tal consistia uma perigosa ameaça à democracia, tal como ela é entendida nesta Margem Sul do Tejo...
Por isso, sem qualquer contacto prévio ou informação, foram as contas de utilizador do sistema informático da Câmara dos Vereadores Socialistas canceladas e substítuidas por outras novas, desta vez já sem acesso ao sistema de e-mail do município...


16 comentários:

Hugo disse...

CURIOSA ESSA DEMOCRACIA PATENTE AÍ NO SEIXAL, QUIÇÁ UM POUCO MUSCULADA...ISTO PARA NÃO DIZER DÉSPOTA,HIPÓCRITA,CONTROLEIRA, PIDESCA E FAZENDO LEMBRAR AS VELHAS SOMBRAS DOS MÉTODOS REPRESSIVOS USADOS PELOS EXTREMOS O NAZISMO, O FASCISMO E O COMUNISMO ESTALINISTA E MAOÍSTA.

Absolutamente vergonhosa essa atitude, vedar o contacto directo e sem custos com os funcionários, em vez de ser vedada essa via de comunicação deveria sim ser enaltecida e ser retirada a lição de como bem utilizar as ferramentas positivas e com menos custos que esta aldeia global nos traz.
Hserejo

outsider disse...

Pergunto-lhe ?

É legal ?
É possível barrar a utilização de recursos públicos por um "eleito" (Terminologia Eufraziana) para esse órgão de poder ?

Como pensa comunicar enquanto eleito da CMS, utilizando uma conta de correio "alheia" !?

Tendo em conta o passado "alegre" entre o Presidente Monteiro e os tribunais... não haverá aqui algo a explorar...

Saudações democráticas

Velas do Tejo disse...

importa a lista de endereços da câmara para o teu gmail....

Velas do Tejo disse...

importa a lista de endereços da câmara para o teu gmail....

Os pontos nos is disse...

Que coisa lamentável!
Tiraram o biberão, o brinquedo caro, a Baby aos meninos.
Diria o "Calimero" nesta circunstância: É uma injustiça, não é? Pois é!
Então os srs. vereadores do PS, estavam a usar os sistemas informáticos, privativos da Câmara Municipal, para fins políticos e partidários, e queixam-se de estarem a ser descriminados, bem sabendo que estavam a cometer "CRIME"?
Com base em quê, com que fundamento, os srs. vereadores, se permitiram usar meios que não são do PS, nem de partido algum, mas sim meios públicos?
Naturalmente que os srs. podem e devem comunicar com os trabalhadores, entendo eu. Como vereadores, militantes do PS ou de qualquer outro partido legalmente instituído têm, em democracia, esse direito, senão dever. Acontece porém que existem regras. Enquanto vereadores têm o espaço e os meios que a lei define, enquanto militantes têm o trabalho de rua, de contacto, promovendo iniciativas de afirmação das vossas ideias clara e inequivocamente.
Mas isso significa enfrentar as pessoas, os cidadãos que também têm opinião. Aí terão de os ouvir também. Mas isso custa, não é verdade? É bem mais fácil falar dos outros sem o risco de enfrentar as suas reacções. Que belo "paraíso" este da internet. Que ousadia esta de usar os meios que são públicos, num ápice, dizendo o que de pior vai no seu intimo, mascarando ódios incontidos com o "exercício" do direito da liberdade de opinião.
Queixam-se os srs. de vos calarem a vossa voz? Que voz?
Entendo eu, pelas razões do vosso queixume, pena foi que não tivessem sido criminalizados pelas vossas cobaias, as vossas vítimas - os trabalhadores municipais.
A vossa iniciativa, no uso e usurpação de meios públicos para fins estritamente partidários, ainda que sob a capa falaciosa da condição de vereador deveria ter sido objecto de queixa junto do Ministério Público.
E sim, porque o fizeram duma forma consciente, bem sabendo, porque até são licenciados em direito, que o que estavam a fazer prefigurava condição de crime.
Lamentos? Vampiros?
Vossas Exas. estão falando de quem?
Do PS enquanto partido e dos seus membros em particular?
Eu chamar-vos-ia mais “aves de rapina”.
E que o digam as centenas de milhar de desempregados, pobres, reformados e vários milhões de portugueses em geral , espoliados por vossas exas. que, enquanto alcandorados nos órgãos do poder, governantes, nos roubam e sugam criminosamente através de politicas de baixos salários, altos impostos, enfim, assalto sem hipótese de defesa.
Afinal, de que direito divino se julgam os srs. investidos?
Que "política" é esta, executada com os srs. como interpretes, que apenas se baseia na prática suja, da canalhice?
Pretendem os srs. afirmar-se assim?
Triste "fado" o vosso!
Felicito a Câmara Municipal e os seus eleitos pela tomada de posição de vos colocar apenas no estrito e rigoroso lugar dos vossos direitos. Os meus sinceros parabéns, por mais uma vez, defenderem a instituição que é de todos, para servir todos e acima de tudo, excluir dela a tentação da sua apropriação por alguns. Neste caso concreto, pelos eleitos do PS.
Se bem me lembro, não passou no tempo de Ricardo Ribeiro o uso destes meios de contacto em massa, para fins pessoais, e pelo que vejo, não está a passar agora, para objectivos estritamente e confessados fins, partidários.
Que a Liberdade de opinião não seja confundida com o crime do uso e apropriação de bens públicos para fins pessoais e partidários.
Calimeros? Gosto deles, sim. Mas, em cenas de desenho animado. Em filme de gangster's, não! Muito obrigado, mas não estou interessado.
Não fazem parte das minhas escolhas!

M. disse...

Ó caro Pontos nos ii, e usar o dinheiro dos contribuintes para pagar um tapete de 126 mil euros para a nova cãmara, é o quê?

Pois, á muitos pontos que os seus patrões/apaniguados deveriam colocar, esses vampiros que tanto falam da democracia...

Leal Neto disse...

Olá sr. dr. lic. HSerejo,

Que saudades eu tinha do meu "querido" amigo, sr. dr. lic. HSerejo.

Que é feito de si? Tem estado doente? A azia tem-no incomodado muito? Compreendo. Aquilo foi cá "um terramoto". A "casa" ficou mesmo em fanicos, coitados. De repente, a "família" teve de ir viver para debaixo da ponte, não é verdade? Tantas aspirações, e nada. Tudo destruído. Até as amizades feitas no "entusiasmo" se foram.

Não desanime, sr. dr. lic. HSerejo. As coisas vão, com certeza recompor-se. Por certo, daqui a mais ou menos quatro anos, um prego aqui, outro ali, a "casa" fica mais composta e pronta a receber os "amigos" de ocasião, a pedir a todos os santinhos que não haja mais terramoto nenhum. Vamos ver.

Mas, o assunto que me trás hoje aqui sr. dr. lic. HSerejo, é mesmo o assunto do post do seu amigo e também sr. dr. e também lic. Samuel Cruz.

Quanto ao post, direi apenas que o seu amigo - e desculpe se o estou a ofender - fica muito mal na "fotografia" de menina chorosa depois de ter tido a sua "primeira vez".

Olhe, eu não acredito nessa choradeira. Está-lhe na cara que não foi a primeira vez. Ele chora, chora, mas gosta. Ele adora.

Aqui há dias, em conversa na tasca do "Ti Luís" aqui no bairro, falou-se do seu amigo, o sr. dr. também lic. Samu. Os meus amigos não são nada destas coisas da política, mas de "mulheres da vida" eles sabem. E sabe o que é que eles diziam? "Esse"? É cá uma p... "Ele" sabe-a toda. "Aquilo", diz que não gosta mas... é um "sem vergonha". E aí por diante, que eu nem quero aqui dizer, sem ficar coradinho de todo.

Aquilo que ele diz, é fingimento. Aquilo é ele a tentar fazer esquecer a razão da sua azia. Aquilo é o chamado "fogo de vista", como se diz lá na minha terra.

(continua, porque é grande…)

Leal Neto disse...

(continuando, para acabar…)

Então, não acha que a Câmara Municipal fez bem quando pôs termo aquela pouca vergonha do uso dos meios e equipamentos de trabalho ao serviço dos trabalhadores que estavam a ser usados pelos seus amigos vereadores do PS, apenas e só para política partidária?

O sr. dr. lic. HSerejo, vai ter de concordar comigo. Eles não podiam nem podem fazer aquilo, pois não? Já viu o que era a Câmara Municipal ser penalizada depois de uma inspecção de “rotina” lá dos ministérios dos seus amigos? Já viu o que é que depois iam dizer da Câmara? Do sr. presidente? Que toda a gente sabia que os seus amigos do PS, estavam a usar os meios do Estado a favor da politica partidária e que o sr Presidente não fez nada? O sr. dr. lic. HSerejo não ia ficar com remorsos? Claro que ía, eu sei.

Eu tenho um amigo, que também bebe, de vez em quando, uns copos na tasca do Ti Luis que trabalha lá na Câmara. Eu não sei bem, mas parece que é "assistente", não sei do quê. Ele aqui há uns tempos, chegou à tasca desatinado. Disse que os seus amigos, os vereadores do PS, lhe tinham enviado um, desculpe, não sei bem o nome, parece que era "meil", qualquer coisa de "correio", em que eles só falavam de "política". Que era de política para aqui e política para ali. Chamavam nomes ao sr. Presidente da Câmara, falavam do PCP, etc. etc. Foi mais ou menos assim.

Então o sr. acha que aquela "ferramenta" de trabalho deve servir para aquilo? Aquela "ferramenta" da Câmara, para o trabalho da Câmara, é para fazer política partidária? Parece-me bem que não e também acho que o sr. dr. lic. HSerejo, depois de se "inteirar" da coisa, vai concordar comigo e vai também achar que aquela "choradeira" é apenas "faz de conta". Aquilo é só para disfarçar.

"Aquilo" faz lembrar aquela história... do fulano que fugiu, desculpe, que se foi embora, quando estava a começar uma zaragata e que depois quando lhe perguntaram porque é que fugiu, desculpe, se foi embora, ele disse que "se foi embora" porque senão, matava-o. O homem, veja lá, para além de "valente" também tinha sentimentos.

Percebeu, sr. dr. lic. HSerejo? Sei que percebeu. Afinal o sr. dr. lic. HSerejo é um dr. e por isso percebe tudo. Direitinho.

Pronto, e com isto me despeço de si, “contente” por verificar que afinal ainda está vivo e deu notícias. E que fez uma grande consulta ao dicionário dos palavrões do PS. Caramba, aquilo é que é conhecimento, sr. dr. lic. HSerejo. Aquilo é comunismo, fascismo, maoísmo e até estalinismo. Aquilo é que é. Só um sr. dr. lic. HSerejo e talvez também um sr. dr. também lic. Samuel é que conseguem “saber” tanto e em tanta profundidade. Aquilo é que é conhecimento em “profundidade”. É tanta “profundidade” que a gente olha para o buraco e só vê uma luzinha, muito pequenina, mesmo muito pequenina lá no fundo do “buraco do conhecimento” dos srs. drs. lic's HSerejo e Samuel Cruz.

Pudera!

Hugo disse...

pois pudera caro desleal avô!
Essa sua verborreia escamoteia, para não variar, a verdade dos factos e até a lei, porque se por cada tinteiro que a CMS já "forneceu" para campanha do PCP eu tivesse um Euro já tinha ganho vários jackpots do Euromilhões!
Mas mais por cada hora de utilizição de serviços e meios da CMS para serviço directo ou indirecto Á FESTA DO AVANTE, eu só queria 1 eurito e ficava bem de vida!

No entanto a questão não se prende aí a questão prende-se na lei e aí o Sr. está mais uma vez a aldrabar e lançar areia para os olhos dos outros.
Ora o meu amigo diz que os e-mails foram utilizados para fazer política partidária não referente á cms? porque só aí é que pode provar uma ilegalidade, pois se foi referente a autarquia e á cms então está previsto na lei que o podem e devem fazer desde que em exercício de funções!!!!

Enfim triste fado o seu de tentar ocultar a verdade!

vá ler , informe-se e prove o que diz caso contrário avôzinho gosto sempre de falar consigo mas de preferência sem o alemão está bem?!?
HSerejo

Hugo disse...

pois pudera caro desleal avô!
Essa sua verborreia escamoteia, para não variar, a verdade dos factos e até a lei, porque se por cada tinteiro que a CMS já "forneceu" para campanha do PCP eu tivesse um Euro já tinha ganho vários jackpots do Euromilhões!
Mas mais por cada hora de utilizição de serviços e meios da CMS para serviço directo ou indirecto Á FESTA DO AVANTE, eu só queria 1 eurito e ficava bem de vida!

No entanto a questão não se prende aí a questão prende-se na lei e aí o Sr. está mais uma vez a aldrabar e lançar areia para os olhos dos outros.
Ora o meu amigo diz que os e-mails foram utilizados para fazer política partidária não referente á cms? porque só aí é que pode provar uma ilegalidade, pois se foi referente a autarquia e á cms então está previsto na lei que o podem e devem fazer desde que em exercício de funções!!!!

Enfim triste fado o seu de tentar ocultar a verdade!

vá ler , informe-se e prove o que diz caso contrário avôzinho gosto sempre de falar consigo mas de preferência sem o alemão está bem?!?
HSerejo

Os pontos nos is disse...

Pois é, caro M.,

Como a inteligência não parece assistir-te, falas de... "tapetes".

Mas também não ficas sem resposta se é isso que pretendes.

Então aqui vai:

Não sei se o tapete executado por Manuel Cargaleiro - "figura incontornável no panorama de pintura contemporânea e com uma obra extensa, é uma personalidade de renome cujo valor artístico é reconhecido internacionalmente" - custou ou vai custar os tais 126 000 euros.

Não sei se o "tapete" vai ser colocado ou não no espaço central do novo edifício municipal.

O que sei, é que, se tal acontecer, só enriquece e valoriza o nosso concelho. Uma obra de Manuel Cargaleiro colocada no excelente edifício municipal que a todos nós munícipes nos deve encher de orgulho, é algo que transcende a tua inteligência e gosto.

Meu caro "analfabeto" as obras deste grande vulto das artes de Portugal, não conhece fronteiras. Paris conhece-o e admira-o.

Esse homem ímpar que pretendes desvalorizar apenas por razões mesquinhas, merece estar presente, independente do valor da obra, num espaço de referência no nosso município. Devemos-lhe tanto isso, como ele tanto nos tem dado e demonstrado na sua relação com o município que escolheu para viver desde muito cedo.

E não tem sido apenas este município de Abril a referenciar e orgulhar-se deste homem que tem projectado o Seixal e Portugal no mundo.

Outros e outras entidades, nacionais e internacionais têm-no feito, um pouco por todo o lado.
Exemplos? Alguns: "A sua obra dispersa-se pela cerâmica, pintura, gravura, guache, tapeçaria e desenho, tendo executado painéis cerâmicos para o Jardim Municipal de Almada, fachada da Igreja de Moscavide (1956), fachada do Instituto Franco-Português de Lisboa (1983), estação do Metro de Champs Elysées-Clémenceau, de Paris (1995), painel para a escola com o seu nome no Seixal (1998), estação de serviço de Óbidos na auto-estrada do Atlântico (2000), fonte do Jardim Público de Castelo Branco (2004) e estação de metro de Lisboa Colégio Militar/Luz (Metro de Lisboa)".

É claro que isto não te diz nada. O teu interesse é mais em "desancar" nas opções dos comunistas. Mas, quanto a isso já estamos esclarecidos porque a isso já nos vens habituando. Outra coisa porém é pretenderes que sejamos "amantes" das tuas opiniões da "caixa".

Entendes a tua pequenez?

Anónimo disse...

Muito bem feito!

Usavam os mails dos trabalhadores para fazer politica.

Querem fazer politica, usem os meios do PS, vão pras feiras, mercados, façam jornais, etc...

Façam como fazem os outros partidos, façam campanha politica com os meios do prório partido.

Chega de abusos e de pensarem que os trabalhadores são tolos.

Sempre desrespeitaram os trabalhadores da Câmara em vários post's aqui no blog e nas vossas intervenções e depois têm a lata de lhes dirigirem mails, usando ferramentas de trabalho, com propaganda politica de baixo nível.

Srs do PS vão mas é ao médico!!!!

Hugo disse...

a pequenez do M é igual á tacanhez do pontos nos iis e porquê?

Porque a questão não está no obra ser ou não do Cargaleiro, mas sim na BUÇALIDADE que é impedir que políticos façam política, que nem sequer tinha uma vertente apenas político-partidária, alegando que estão a utilizar meios do erário municipal.

Gostaria que me explicasse qual o meio, que tem menos encargos que o e-mail, pelo qual os vereadores eleitos podem comunicar com os funcionários da CMS, no exercicío das funções e direitos que a população lhes conferiu?

Percebeu agora a imensa aldrabice e tacanhez das suas palavras?

HSerejo

M. disse...

Caro Pontos nos iii ou risos ou flamingo, etc, porque o vosso discurso é sempre o mesmo.

É mesmo muito curioso que digas que não sabes nada sobre o tal tapete... Afinal, assim só desmentes a inteligencia que pretendes ter.

É que tal dado está bem visivel no site camarário, basta uma pequena pesquisa nas Grandes Opções do Plano para 2010.

Mas isso seria pedir demais, não era?

Não coloco em causa a obra de Cargaleiro, para quem até está prometido á vários anos um museu, ali para os lados de uma quinta comprada também com dinheiro dos contribuintes, mas que até agora, não passa de mera propaganda (vês, até disto eu sei).

O que coloco em causa são os 126 mil euros dos meus impostos para um luxo, sim, um mero luxo, de uma cãmara que se diz tão preocupada com a crise.

Mas para calhaus como tu, tudo o que tenha o carimbo da foice e do martelo, está correctissimo. é pena, porque o que o país precisa sao de pessoas válidas, e não de ovelhas.

Cumprimentos

samu disse...

acho piada que os srs. sucialistas usem uma música como os Vampiros desse insigne cidadão que se chamava José Afonso formada a um dia de semana en Histórico Filosóficas, e numa Universidade e sério. Entenderam?????
A 2 ª questão é que se sentem tão indignados com a "censura" mas são cúmplices com a bufaria que aquela vaca da DREN impôs no último governo do vígaro de Vilar de Maçada, esse o Pinto de Sousa.
Tenham vergonha.
A cdu faz o que faz, mas comparada com vocês são uns santinhos.
escutem o vosso ministro da defesa Augusto SS e comparem.~
Vão dar banho ao cão.
Viva o BE.

Só Riso disse...

Meu caro M.

Não acrescentaste nada que altere a minha certeza de que és um analfabeto. Aliás, se dúvidas tivesse apenas as anulaste.

A Quinta da Fidalga, a tal que não dizes o nome, para mostrares o quanto parvo és com a expressão que usas, vai efectivamente ter lá dentro o Museu Oficina Manuel Cargaleiro e a obra não demora muito a começar.

Depois, a Quinta é um excelente espaço municipal que valoriza o município e engrandece o seu património.

O "tapete" é uma obra de um grande homem das artes, grande amigo do nosso concelho e os tais 126000 euros que te fazem comichão, certamente valorizarão, por isso até o posso entender como, investimento.

Mas depois, apenas, e para terminar, esse "gasto" que te incomoda as entranhas, afinal só desmente aquilo que vocês anteriormente apregoavam que a Câmara Municipal do Seixal estava à beira da "bancarrota".

Como é que ficamos, meu caro analfabeto? Ah, já sei, vais dizer que vai ficar mais "endividada" não é? Pois é, mas mais rica, direi eu.

Sim, adoro foices e martelos. São excelentes instrumentos de trabalho para os profissionais que honradamente os usam, tal como os email da Câmara o são para o trabalho diário de numerosos funcionários municipais.

Certo? Não? Não consegues atingir, não é? Bem, pede contas aos teus paizinhos que não souberam fazer melhor apesar do esforço que devem ter feito. É caso para dizer: a "encomenda" ainda saiu pior do que a amostra.

Paciência! Talvez na próxima reencarnação!

Google