As eleições autarquicas de 1908

Hoje queria-vos aqui deixar a acta das eleições autárquicas de 1908... Infelizmente não consigo transformar o pdf em imagem editável pelo blog (aceito conselhos). Assim deixo-vos aqui apenas algumas curiosidades extraídas desse documento.
Estas eleições foram as primeiras em que os Republicanos elegeram representantes para os executivos municipais. Dada a relevância histórica do acontecimento no Montijo, à imagem de outros pontos do país, foi organizada uma exposição alusiva ao tema. No Seixal, e na restante peninsula de Setúbal, já se sabe, não se comemora a Revolução Republicana porque foi feita por burgueses... Assim não vale a pena contar com nenhum evento que nos ajude a compreender esta época tão rica.
Nestas eleições, que se realizaram nos paços do concelho a 1 de Novembro (Domingo)votaram setecentos e trinta e cinco eleitores.
As urnas abriram pelas três da tarde, depois de já ter sido escolhida a Mesa, pelo curioso método de votação, que foi quem vota a favor vai para a direita da sala, quem vota contra para a esquerda.
Os grandes vencedores foram Carlos Vieira de Matos, proprietário, e José Polycarpo Ferreira, carpinteiro, ambos com seiscentos e vinte e dois votos.
A eleição tinha por objectivo escolher cinco Vereadores efectivos e cinco suplentes, o décimo e último vereador eleito foi Alfredo dos Reis Silveira, carpinteiro com quatro votos.
O Edital foi afixado na porta da igreja e, logo de seguida, na presença de todos, as listas de votação foram queimadas.

P.S: A imagem é do comício de apresentação dos candidatos Republicanos em Lisboa, penso que o local retratado é a actual Praça do Chile.

2 comentários:

Anónimo disse...

será que eles se esqueceram que Marx era Burguês?

Anónimo disse...

Uma mentira, por mil vezes repetida, continua a ser apenas uma mentira, "Sr." Samuel Cruz.

Google