Não te mexas…


Com as eleições passadas, e finda a natural azáfama própria dos períodos eleitorais, vive-se um (merecido) período de acalmia nos escribas cá do burgo. Para a semana, com a instalação dos diferentes órgãos autárquicos o corrupio irá, naturalmente, recomeçar.
Até lá há tempo para as coisas mais mundanas da vida, discutindo-se na blogosfera local, por exemplo, se quem assina, nos espaços reservados aos comentários dos Blogues, HSerejo sou eu ou não.
Já tive oportunidade de esclarecer que por uma questão de princípio não me escondo em qualquer tipo de anonimato ou pseudónimo, penso que o próprio Blogue e os temas tratados são prova suficiente disso mas, além do mais, o Hugo Serejo (HSerejo) foi candidato efectivo à Assembleia Municipal nas listas do PS e as mesmas são públicas, pelo que persistir no erro apenas pode ser atribuído à má fé de quem assim age.
Será, porventura, a mesma má-fé com que agem alguns dos meus adversários quando, esses sim, comentam e escrevem nos blogues a coberto do anonimato: É que somos todos pessoas inteligentes, e sabemos que determinado nível de profundidade de análise só está acessível a quem, não só está devidamente documentado (documentos esses que na sua maioria não estão disponíveis para livre consulta), como também investiu boa parte do seu tempo no estudo dessas matérias, duas condições que imediatamente excluem qualquer cidadão não eleito, ou funcionário municipal, da discussão.
Ora o que não entende quem assim age, porque as suas motivações radicam apenas na manutenção dum status-quo existente (e decadente atrevo-me a acrescentar) são os valores da defesa dum ideal e, acima de tudo da amizade. A este propósito permito-me contar uma história que se passou connosco.
Ambos estudámos na Universidade Moderna (apesar de eu não me ter licenciado lá), quando rebentou o escândalo que envolveu esta Universidade o Hugo já se tinha licenciado e eu era Presidente da Federação Nacional das Associações de Estudantes do Ensino Superior Particular e Cooperativo. De entre as várias peripécias deste caso houve um dia em que nas notícias se repetiram os pedidos de demissão, Reitor; Vice-Reitor, demais membros dos órgão académicos e membros da direcção da cooperativa que titulava a Universidade. A Associação de Estudantes, com grande coragem, tendo em conta os contornos da situação, tomou a medida que julgou ser correcta, e que a meu ver, ainda hoje, se impunha, fechou a cadeado a Universidade até que alguém assumisse o poder, já que, como um grande professor de Direito disse noutra ocasião, o Poder não pode cair na rua.
E esta história continua mais ao menos um ano depois com a chegada dum postal da Polícia Judiciária - Direcção Central de Combate ao Banditismo, pasme-se, para o Rui Pedro se dirigir lá, era arguido e a acusação usurpação de imóvel!
E logo o Rui que até estava comigo em Leiria quando as correntes foram postas disse que tinha sido ele quem as tinha colocado, é que não interessava quem tinha sido, o importante é que ele concordava com o que tinha sido feito.
Depois disto cerca de duas dezenas de jovens foram voluntariamente (não havia notificações quem prestava declarações combinava com a inspectora quem era o próximo) a ir à Gomes Freire - eu fui o último. E foi a própria Inspectora que me confidenciou nunca ter visto nada igual, é que quem se senta naquelas cadeiras faz de tudo para sair de lá testemunha e não arguido, e nesta situação era exactamente ao contrário, todos queriam ser arguidos.
Mas o melhor ainda estava para vir, é que o Hugo Serejo por sua auto-recriação foi bater à porta da Policia Judiciária, literalmente, a pedir para ser arguido, era verdade que ele nem tinha estado lá mas também concordava com o que tinha sido feito, e por isso entendia que se os amigos fossem considerados culpados de alguma coisa ele também deveria ser…
É pois natural que quem não saiba o que é ser Homem, porque não sabe o que é lutar pôr convicções e pôr acima destas apenas o nobre valor da amizade, não compreenda o Hugo, mas olha Hugo: Perdoa-lhes, eles não sabem o que dizem.

P.S: O título pode não parecer mas é sobre politica e cabe nesta história, a sua explicação fica para uma próxima, até lá…

Este post pode ser comentado para o Jornal Comércio do Seixal e Sesimbra, aqui ou no Blog Revolta das Laranjas de Paulo Edson Cunha,

14 comentários:

Novo Rumo! disse...

Fontes próximas do Ex-Presidente da mesa da Assembleia de Freguesia de Fernão Ferro asseguraram-me que o candidato do PS a essa freguesia (Manuel Chora), no seguimento do vexame de que foi vítima pelo seu partido, apresentou uma carta ao presidente da câmara municipal indigitado referindo que não iria tomar posse.

Entretanto, e certamente devido a coacções por parte dos agentes fiscais do costume, Samuel Cruz e Nuno Tavares, deu o dito por não dito e fez anular a sua decisão anterior.

Resta saber que promessas lhe foram feitas para que este senhor mudasse tão rapidamente de opinião.

Entretanto, um recado para a CPC PS Seixal:

Estamos a construir uma alternativa credível que tem como objectivo colocar por terra todos esquemas que favores mútuos que foram montados pelas personagens acima mencionados.

A alternativa já está a mexer e ninguém a pode parar.

Na altura certa irá dar a cara.

Novo Rumo Já!

Anónimo disse...

Samuel

Um abraço sincero e amigo, e vê lá se não és muito explícito em relação ao título, é que já deu para perceber que por estas bandas blogosféricas existe alguma dificuldade de percepção!!

;)

Anónimo disse...

Este Novo Rumo soa-me àqueles Rumos antigos, travestidos de novos, que trocaram os seus principios e convicções por negociatas menores com o município e que necessitam a todo custo de manter o seu status quo para perpetuar e esconder os "pequenos" compadrios em que andam ou andaram metidos.

O VERDADEIRO Novo Rumo é o que está a ser seguido pela actual concelhia, um rumo de trabalho e de oposição consciente a nível autárquico, onde não há espaço nem lugar para atitudes mesquinhas, hipócritas que metem uns favores menores para as marquises e quintalecos á frente do bem comum que o Partido Socialista preconiza e pretende num Seixal do futuro.

Já o disse e volto a dizer não é na blogosfera nem em praça pública que se faz oposição interna a uma liderança do Partido, existem espaços próprios para isso nas Secções e nas Cpc's, por forma a não desvirtuar o PS! Se continuam assim mesmo que façam prevalecer as vossas opiniões vão herdar um Partido desfeito e moribundo no Concelho que foram vocês mesmo que destruíram através desta forma de ser oposição internamente!

HSerejo

Anónimo disse...

Nem mais,este NOVO RUMO, é o Velho RUMO, que todos os socialistas conhecem.

H.Teixeira disse...

O novo rumo, como querem transmitir, mais não é, como o referem, os mesmos do costume, ou seja o EX. Presidente da assembleia de freguesia de Fernão Ferro, e os seus ídolos da Freguesia.
Ou seja, aqueles que se dizem socialistas, mas que no fundo são é oportunistas, os que fazem acordos com os executivos da CDU, a fim de manterem o poder nas associações a que presidem, mesmo não cumprindo os mais elementares requisitos, como por exemplo, assembleias gerais a fim de apresentar relatórios e contas.
Vamos ver aonde vão estacionar estes peixes miúdos.
Até porque o tempo das sardinhadas já passou, mas o destino mais certo será em cima de um grelhador qualquer, por aí.

Mário Raposo disse...

Meu caro dr. Samuel,

Essa ideia redutora de que só uns "privilegiados" eleitos e funcionários municipais têm conhecimento, têm informação e têm acesso a documentos que a maioria não tem, é para rir ou ficar invejoso?

Não duvido que esses que citou, tenham acessibilidade, mas, meu caro, está a esquecer-se duma multidão que com esses se relaciona. Veja o exemplo dos comentários do seu amigo HSerejo. Ele não é funcionário municipal. Não reside nem trabalha no concelho. Também não é eleito (embora tenha sido candidato) em nenhum órgão autárquico. Não ocupa, que se saiba, quaisquer funções políticas nos órgãos dirigentes do PS no concelho. Porém, só por ser seu amigo e consigo privar, não deixa de mostrar conhecimento substancial sobre questões variadas da vida política e municipal.

Pois é dr. Samuel, é que para além das entidades que cita existem muitas outras que com eles contacta, que troca informações, participa em reuniões, debates, etc, etc. Existem também as estruturas partidárias que analisam e debatem os assuntos. Vê?

É o meu caso. Não sou eleito, não tenho relação familiar com eleitos nem sou funcionário municipal ou público, todavia, naturalmente, tenho e obtenho informação quando a procuro e o assunto me interessa.

Passar-se-á o mesmo, certamente, com muita boa gente.

Quanto ao resto, e aquilo que é o fundamental do seu post, percebe-se que nutre muita simpatia e amizade pelo seu amigo HSerejo. Quanto a isto nada tem de anormal e até posso considerar saudável. Mas também não é novidade essa comunhão de interesse “partidário”.

Também não era preciso tanto. Ou pretende, começar a justificar alguma coisa? Serão alheias as circunstâncias de, no actual estado em que o PS se encontra a nível local, apenas o seu amigo HSerejo estar a dar a "cara" na sua defesa?

É caso para acompanhar no futuro breve.

Anónimo disse...

SEIXAL - PÁGINAS NEGRAS EM LIVRO


Sofia Pinto Coelho, jornalista da SIC especializada em questões da Justiça acaba de publicar um livro sobre as páginas extraordináriamente negras da Justiça em Portugal.

O Seixal, a sua autarquia , os seus tribunais estão em destaque em algumas páginas desse livro, com o terrivel caso do pequeno Ruben, a criança que há dez anos morreu afogado em plena via pública após ter caído numa caixa de esgoto aberta, como é ilustrado pelo vídeo acima.

A Jornalista Sofia Pinto Coelho só falta referir que nesse caso negro, trabalhou em defesa da autarquia uma advogada paga a peso de ouro , pelo que foi alegadamente mencionado pela DGF «... esteve em causa o "pagamentos [150 268 euros] no âmbito da realização de trabalho em dias de descanso semanal, de descanso complementar e feriados" entre Janeiro de 2003 e Julho de 2007 - "abrangendo praticamente todos os sábados, domingos e feriados desses anos"»...leram bem ... todos os domingos e feriados do ano...tendo assim sido justificado o seu trabalho , generosamente pago pela autarquia.

Uma vergonha que fica para a história negra da justiça neste país !
posted by Ponto Verde

Anónimo disse...

Ele há cada coisa ! então não é que o Candidato do PS por Fernão Ferro com o seu slogan de campanha , "Fernão Ferro - Novo Rumo" fez com que existisse mesmo um novo rumo nesta Freguesia . Começando já a dar os seus frutos iniciando-se um novo ciclo de mentalidade na oposição .Sim !porque a oposição também sabe fazer democracia, senão vejamos .
Na 1ª reunião para tomada de posse dos eleitos e na constituição das personagens para o executivo da Junta , a proposta da CDU (Presidente Carlos Pereira) foi rejeitada pela oposição , PS , PSD ,e BE tendo sido a mesma votada 3 vezes , e no fim teve de se encerrar a assembleia por não haver consenso , cabendo agora o Governo Civil decretar novo acto eleitoral .
Será que Fernão Ferro vai tomar mesmo Novo Rumo ao Seixal do Futuro , esperemos que sim para bem dos Cidadãos descontentes com a inércia da CDU nos últimos anos .
Daqui envio os meus parabéns a todos os elementos da oposição e em especial ao candidato Manuel Chora do PS que soube escolher a sua equipa e principalmente o seu
slogan para levar a Freguesia a bom porto .

Mário Raposo disse...

Caros amigos,

É necessário denunciar os propósitos da desmedida ambição, da falta de cultura democrática e falta de respeito pela vontade soberana da população de Fernão Ferro.

Transcrição do comunicado da CDU distribuído, hoje, 31.10.09:

"À POPULAÇÃO DA FREGUESIA DE FERNÃO FERRO

OPOSIÇÃO INVIABILIZA ELEIÇÃO DA JUNTA DE FREGUESIA

Das eleições Autárquicas do dia 11 de Outubro resultou uma clara vitória da CDU, traduzida na condição de força mais votada, com mais votos e maior percentagem, conseguindo o melhor resultado de sempre na Freguesia de Fernão Ferro.

Foi à CDU que os eleitores da nossa Freguesia reforçaram a confiança, acreditando nas suas propostas, nos seus projectos e nos seus candidatos, sabendo que os mesmos continuarão o trabalho e a dedicação que sempre demonstraram na construção de uma vida melhor, de progresso e desenvolvimento para a população e para a Freguesia.

A obtenção de 39,36% da votação para a Assembleia de Freguesia, ficando cerca 14 pontos percentuais à frente do PSD e cerca de 20 pontos percentuais à frente do PS deixa clara a intenção da população de continuar a confiar na CDU e nos seus eleitos para gerir os destinos da Freguesia. Com a votação obtida, a CDU teria condições para continuar e aprofundar o seu trabalho em prol da qualidade de vida das populações e do desenvolvimento da Freguesia.

Mas infelizmente a oposição – PSD, BE e PS – coligou-se para impedir a CDU de cumprir o seu programa eleitoral e estar à frente dos destinos da Freguesia como a população maioritariamente escolheu.

Com esta coligação a oposição demonstrou que não lhe interessa o bem-estar da população nem o desenvolvimento da Freguesia, apenas se motiva com a baixa política, o ódio pessoal e o impedir a concretização do programa eleitoral da CDU.

Inviabilizando a eleição do executivo a oposição obriga a que a Junta de Freguesia fique em gestão corrente impedindo a concretização das obras necessárias ao desenvolvimento da Freguesia.

Nós estamos de consciência tranquila, certos de que tudo fizemos para que as soluções fossem as que melhor servissem Fernão Ferro, mas não é isso que, infelizmente, a oposição demonstrou querer. Chegados a este impasse, e se a oposição – PSD, BE e PS – continuar a inviabilizar a eleição da Junta, demonstrando não respeitar a vontade da população, outra solução não haverá, na defesa dos interesses da Freguesia de Fernão Ferro, que não seja a população demonstrar, uma vez mais e de forma expressiva que quer que a CDU continue à frente dos destinos da Freguesia, cumprindo o seu programa eleitoral."

O que não ganharam nas urnas, querem estes srs. do PSD/BE/PS, coligados, ganhar na secretaria com o acordo que estabeleceram entre si.

A população de Fernão Ferro não vai perdoar esta tentativa de usurpação, pela força, do mandato que soberanamente atribuiu à CDU.

Estaremos atentos!

Mário Raposo disse...

Do BE, costumam eles dizer que são a "esquerda de confiança".

Que esquerda é esta que em nome de interesses que não são os da população de Fernão Ferro se alia, coliga e concerta posições políticas com o PSD e com o PS?

Quem andará "distraído"?

Será que esta "esquerda de confiança", de tão cega pelo ódio à "esquerda consequente" corporizada pelo PCP, já nem se enxerga nos "meios" quando conspira, se alia, e se junta ao PSD e PS para combater a CDU e acima de tudo, representar o papel principal na penalização dos cidadãos de Fernão Ferro?

É caso para concluir: O BE - Bloco de Esquerda, no seu melhor!

Novo Rumo! disse...

Este novo episódio a que temos vindo a assitir em Fernão ferro só é demonstrativo da forma vergonhosa como o PS está a ser dirigido no nosso Conselho. Todo este processo tem a conivência da Comissão Política Concelhia do PS que é dirigida pelo Nuno Tavares.

É uma vergonha que um partido como nosso, o partido de Mário Soares e de Manuel Alegre, esteja a alinhar neste tipo de estratégias que só sujam o nome da democracia em Portugal. O PS tem uma responsabilidade moral que não pode ser posta de lado, especialmente quando é claro que há uma manipulação por parte do PSD. Apesar disso, Samuel Cruz mantém-se calado, aparentemente de férias, possivelmente à espera de receber o seu pelouro para depois dar o seu voto de apoio a todos este processo congeminado pelo PSD de Fernão ferro. É uma tristeza a forma como o PS se deixa manipular por outros partidos políticos do panorama concelhio em vez de criar condições para ter discutido resultados com os comunistas.

No Concelho do Seixal urge uma nova vaga de democracia para o Partido Socialista e isso só é possível com o afastamento compulsivo dos culpados por toda esta destabilização: Nuno Tavares e Samuel Cruz.

É urgente um NOVO RUMO para a CPC do PS Seixal que acabe com as mordomias entre estes dois incompetentes.

Novo Rumo JÁ!

Anónimo disse...

Caro Samuel
Está tudo louco.
Acabo de saber que o nosso PS acordou com o BE e o PSD não viabilizar o Executivo proposto pela CDU para a JUnta de Freguesia de Fernão Ferro !!!?
Não estamos em condições de ser arrogantes nem fazer acordos com os nossos inimigos. Transporta esta situação para a Assembleia da República. O que seria do Camarada José Sócrates se incluísse no Governo alguns ministros do BE ou da CDU e já agora diversos Secretários de Estado ?
Deixa a CDU governar a Freguesia, porque nós lá estaremos na Assembleia de Freguesia para defendermos os nossos objectivos. Pensava que o reunado da CDU terminaria com a saída daqui a 4 anos do Carlos Pereira, mas assim estamos a perpetuar a continuação da CDU para além do Carlos Pereira.
A realização de eleições intercalares só favorecem a CDU, porque esta saberá aproveitar a vitimização de não poder governar por causa do PS e aliados.
Muito mal vamos no Concelho do Seixal, omnde estamos a regredir.

António Cardoso disse...

Sábado, dia 07 de Novembro, pelas 09h00, Marcha Cívica da População do Pinhal do General

Sem cariz político, religioso, ideológico, Vamos Alertar para a situação desta pequena localidade limite do Concelho e talvez por isso tão esquecida. O percurso passará por alguns dos Pontos Negros do Pinhal do General e termina no Mercado de Fernão Ferro.

Participa!

D + pelo Pinhal do General!

www.viverpinhaldogeneral.blogspot.com

António Cardoso disse...

Bom Dia,

Ninguém Pára(ou) a Marcha Cívica da População do Pinhal do General!

D + Pelo Pinhal do General!

Um Bem-haja.

www.viverpinhaldogeneral.blogspot.com

Google