Mensagem enviada por ocasião do lançamento de candidatura a Presidente da Câmara Municipal do Seixal


Ao amigo e companheiro Samuel Cruz;
Aos amigos e cabo-verdianos do Seixal, Portugal

Nesta ocasião especial, gostaria de enviar, directamente da cidade da Praia, esta brevíssima mensagem, a todos os cabo-verdianos do Seixal e, particularmente, ao meu amigo e companheiro SAMUEL CRUZ, colega de Universidade e de Curso, desde muito cedo brilhante dirigente associativo e político, com muito futuro para dar, ao Seixal e a Portugal.

As largas milhas que me separam neste momento da Quinta da Fidalga, uma ou duas horas de diferença no fuso horário, são apenas barreiras físicas e temporais. Sinto que, neste preciso momento, temos coisas em comum, pelo menos, Uma Pessoa e alguns Motivos.

Há pessoas que, cedo, revelam a arte para que estão predestinadas. Nos cerca de cinco anos que convivi com o Dr. Samuel Cruz, se há coisa que tenho por certa é a de que a arte dele é fazer política. Fá-lo naturalmente, com gosto e talento, às horas que for, pelo tempo que for. Corre por gosto e por vocação de ser lider, antes de mais. O seu percurso de líder associativo na Universidade e na Academia de Lisboa, foi ímpar, variado, dedicado. O destino de presidente lhe é familiar. Presidente de associação de estudantes na Universidade, Presidente de federação de associações de estudantes, presidente, presidente, presidente…

A liderança é a mesma arte, no início ou no meio da carreira, quem sabe não a esquece, pelo contrário, desenvolve-a. Mesmo à distância, acompanho o percurso brilhante do nosso vereador e candidato RUMO AO BOMBORDO. Ele tem tudo do seu lado, para ser o próximo Presidente da Câmara do Seixal. Do vosso lado, apenas deixou a decisão, a escolha. Essa vão ser vocês a tomar, do resto tratou ele, com mestria e sabedoria de campeão: tem a visão, está na idade ideal, tem energia, tem novas ideias, tem a nova geração com ele, e tem quatro anos de caminho feito na Câmara Municipal.

Porém, a minha mensagem, não se esgota na Pessoa. Sinto que tenho Motivos comuns convosco, com o Presidente Samuel e com o Seixal. Em primeiro lugar, porque, cá para mim e para nós cabo-verdianos, Cabo Verde já perdeu a conta das ilhas que têm. Tem estas Dez, no Atlântico, e mais outras quantas comunidades (ilhas) de cabo-verdianos no Mundo. Nesse sentido, o Seixal, é Portugal, mas é também Cabo Verde, mais uma das nossas ilhas: a Ilha do Seixal. Em todas as nossas ilhas, viver cada dia-a-dia é terefa árdua, que exige trabalho, engenho, luta, poupança, investimento, sacrifícios e um combate contínuo à pobreza material ou intelectual, pela dignidade de cada pessoa humana e de cada cabo-verdiano. Sei que a ilha do Seixal não foge à regra nesse aspecto. Sei que, muitos companheiros nossos vivem ai em situações difíceis de pobreza e insegurança.

A eles deixo uma saudação de coragem, porque sei que o cabo-verdiano e o português, mesmo nas dificuldades, são povos de luta, de trabalho, de dignidade e de conquistas. Ao Presidente Samuel, peço para que tenha uma atenção especial à comunidade cabo-verdiana da Ilha do Seixal. Para que, juntos, possam erguer o Seixal do futuro, a ilha do futuro.

Não me restam dúvidas: o Futuro já tem um nome, já tem uma cara, já tem ideias novas, tem talento, só falta colocar a CRUZ (inha) em SAMUEL, para Presidente.

Viva o Seixal do futuro
Viva Portugal
Viva Cabo Verde

Praia, 28 de Junho de 2009


Milton Paiva (Vereador da Juventude, Desportos e Formação Profissional da Câmara Municipal de São Domingos) Blog Paiva-Politicoisas

7 comentários:

António disse...

Com todo o respeito ao sr. Milton Paiva, deixem que lhes diga que se há pessoa que deva conhecer pior o Seixal é ele mesmo, não obstante o facto de ter "privado" 5 anos com o sr. Samuel.

Mas este sr. Milton diz umas coisas "porreiras pah". Destaco o enaltecimento para a vocação de líder de Samuel Cruz. Realmente sempre tive a ideia que o sr. Samuel tinha vocação para o poder e sem o poder não era nada. Bem se viu no seu partido em que este grande líder secou tudo à sua volta, até mesmo as 2 vereações que foram atribuídas ao PS.

De resto, devo dizer ao sr. Milton que o executivo da Câmara Municipal do Seixal tem um grande respeito pela "ilha" cabo-verdiana no nosso Concelho. E a mesma foi reconhecida pelo Primeiro-ministro Cabo-verdiano, José Maria das Neves, aquando da sua visita ao Seixal no dia da Independência do seu país.

Também de revelar o grande apoio da comunidade cabo-verdiana manifestada pela sua representante no Seixal à lista da CDU, aquando do jantar de apresentação. Esta sim, uma pessoa que conhece bem o nosso concelho e os esforços da CMS para promover um política de inclusão para todas as comunidades estrangeiras do Seixal.

Veja lá se publica este.

Pedro Afonso disse...

Alguém sabe do candidato do PS a Fernão Ferro? Nas festas populares dessa freguesia, o condidato do PS não deu sinal de vida. Terá vergonha do PS ou é o PS que tem vergonha dele?

Anónimo disse...

Mais um REPER
ja hoi meu tudo bem lá no sal meu tou na onda yeh.

Só faltava cá este cromo.

Anónimo disse...

Grande Milton

As saudades são muitas e a tua presença não se esquece, realmente as lideranças boas, o companheirismo e as lutas justas deixam marcas e rastos que a distãncia e o tempo não conseguem apagar, e mostras isso com a elegãncia que sempre te foi peculiar. Um bem haja para ti e para os teus, não ligues nem fiques triste com estas reacções,o preconceito ainda existe e a luta política faz também com que alguns se vejam obrigados a deturpar algo de tão pessoal como este teu testemunho para nós, teus amigos, e para aqueles que consideras teus irmãos.

Um enorme abraço de saudade

Hugo Serejo

Anónimo disse...

Conheces o Milton da Moderna Serejo?

Estou-me nas "tintas" disse...

Olá Hserejo, também conheces o Milton? Parece que sim.

O homem é mesmo popular para os mininos do PS.

Anónimo disse...

Conheço sim senhor, e com muito gosto!

Mas por acaso a leitura não deve ser o seu forte e ainterpretação ainda menos pois teria conseguido ir um pouco mais além do que essa conclusão evidente...

Deve ser a toxicidade das Tintas... turvam-lhe o pensamento!

Hserejo

Google