Serviço de Marinheiro no Seixal

"O Seixal conta com o Serviço de Marinheiro que permite transportar os nautas entre terra e a sua embarcação. A novidade foi dada a conhecer, durante o 3.º Seminário Internacional de Náutica de Recreio e Desenvolvimento Local.

Os nautas que se desloquem ao Seixal têm agora possibilidade de deixar os seus barcos ancorados na Baía e serem transportados para terra através de uma embarcação da Câmara Municipal do Seixal, que fará também o regresso dos passageiros. Os interessados podem requisitar este serviço através da frequência rádio – Canal VHS 9.

Foi também hoje apresentado o Plano de Valorização e Regeneração da Frente Ribeirinha do Seixal, que inclui diversos projectos, alguns dos quais já em andamento.

São exemplo o Museu-Oficina de Artes Manuel Cargaleiro, cuja empreitada começa ainda este ano, ou o Centro Internacional de Medalha Contemporânea. Estes dois equipamentos ficam instalados na Quinta da Fidalga e espera-se que recebam cerca de 200 mil visitantes por ano.

São também exemplo o Centro Integrado de Actividades Culturais; a Escola Conde Ferreira, um espaço de cultura e educação e o CINARTE – Centro de Integração pela Arte.

No espaço da antiga Fábrica Mundet surgirá o Parque Urbano Don’Ana. Também os passeios ribeirinhos serão recuperados. Prevê-se que estes dois projectos fiquem finalizados até 2011.

A recuperação de embarcações tradicionais faz também parte da Valorização e Regeneração da Frente Ribeirinha. A autarquia do Seixal conta com três embarcações. Neste momento está a navegar o Bote de Fragata Baía do Seixal e até final do ano conta-se com a presença do Varino Amoroso. Até 2011 espera-se que o Bote de Fragata Gaivotas volte às águas da Baía.

Neste momento está também em estudo prévio o projecto para o antigo cais da Transtejo e para o Cais de Pedra no Seixal. A Náutica de Recreio faz também parte dos projectos, enquanto produto âncora para a regeneração das Frentes Ribeirinhas.

Todos estes projectos contam com o apoio de um estudo sobre a caracterização da Baía do Seixal, que dá conta por exemplo da caracterização dos sedimentos, das comunidades biológicas, ou das características químicas das águas. Desta forma, os projectos serão desenvolvidos preservando os corredores ecológicos da Baía."

[Notícia: Jornal Rostos]

Serve esta notícia para aplaudir a primeira medida - o serviço de vai-vem na Baía é de facto uma necessidade. Quanto às outras medidas, pago para ver. É que, a avaliar pelo grau de incumprimento dos programas eleitorais da CDU no concelho, nada vai ser feito. Mas em breve voltaremos a esse tema, seguramente.

3 comentários:

Anónimo disse...

ALERTA AO INTERESSADO(A)

Tem sido prática, principalmente a determinadas horas, aquando da minha consulta a este blogue, tentativas de aceder ao meu computador.
Venho aproveitar o dia de hoje para fazer um AVISO MUITO SÉRIO ao possuidor do computador com o endereço IP 192.168.50.1,53 que não volto a tolerar novas tentativas de sabotagem.
Deixo o ALERTA, que da próxima vez que o amador tente violar a minha senha de segurança, eu apagar-lhe-ei todo o conteúdo da sua máquina, sem ressalvas e vá aproveitando a oportunidade para juntar alguns euros afim de proceder ao arranjo.
Para malandro, malandro e meio.
Fica aqui expresso o meu ULTIMATO.

Anónimo disse...

O Sr. Samuel deve ser distraído ou surdo. Então o Sócrates não disse no comício que Portugal não precisa de maldizentes, gente negativa, que só fala mal de tudo, blá...blá...blá...,
Então Samuel porque continua na mesma lenga lenga de dizer mal de tudo?
AH! já sei!
Só não se pode falar mal do Governo PS mas dos outros partidos já se pode.
ARRE PORRA! Que raio de Democracia é a vossa??
Que raio de exemplo querem Vcs. do PS dar?
Já mostrou o seu blog ao Sócrates?
Olhe que talvez ele o desaprove, porque por aqui, começando em si (Samuel), só se diz mal, mal e mal.

Samuel Cruz disse...

Caro anónimo, que parte do "Serve esta notícia para aplaudir a primeira medida", no texto que comentou, é que não percebeu?

Google