Seixal falha mais uma candidatura por erros processuais

«Como habitante do concelho do Seixal, era com estas palavras que me apetecia começar este texto, após aquilo que acabei de ter conhecimento e que abaixo explicarei: Irresponsabilidade; Leviandade; Má gestão.
Portugal tem, actualmente, uma taxa de 78% de cobertura da educação pré-escolar (dos 3 aos 6 anos de idade). Nas crianças com 5 anos de idade, a taxa de cobertura é de 96%, uma das mais elevadas da OCDE. Onde a taxa de cobertura é baixa é nas crianças de 3 anos de idade (77% de cobertura) e na faixa etária dos 3 meses aos 3 anos de idade. O Governo lançou o Programa de Alargamento da Rede Pré-Escolar com o objectivo de elevar esta cobertura para os 82%. Nesse sentido, estão previstas mais 524 salas de pré-escolar, capazes de receber mais 12.938 crianças. As regiões metropolitanas de Lisboa e Porto são as que têm mais falta de novas salas, sendo onde a taxa de cobertura é menor.
Assim, incidindo nas duas áreas metropolitanas, através deste programa e da construção de Centros Escolares, a área de Lisboa beneficiará de mais 356 salas, correspondente a 8.738 vagas para as crianças entre os 3 e os 5 anos e, o Porto, mais 168 salas permitindo criar 4.200 lugares. É conhecida a existência de uma relação positiva entre a frequência de uma pré-escola de qualidade e o aproveitamento escolar no 1º Ciclo do Ensino Básico, sendo que essa relação é ainda mais positiva nas crianças oriundas de meios desfavorecidos.
Ora, pertencendo o Seixal à área metropolitana de Lisboa, era grande a curiosidade em saber o que tinha calhado ao concelho. Desilusão. No Programa de Alargamento da Rede Pré-Escolar a Câmara do Seixal, ao seu melhor estilo, voltou a fracassar, aliás algo que já nos vem habituando há algum tempo, a última delas quando falhou a candidatura ao QREN por uns quantos minutos. Desta feita no processo de candidatura ao Programa de Alargamento da Rede de Educação Pré-Escolar, houve uma instituição – o Jardim-de-Infância de Vale de Milhaços - que não foi seleccionada. Tudo porque a candidatura não foi entregue com a respectiva documentação necessária ao efeito. Assim, mais uma vez, se nota a brincadeira que é, para estes senhores da CDU, gerir os destinos da Câmara. Com este constante somar de irresponsabilidades, parece que para eles a gestão da Câmara não é mais que um simples acto de brincadeira. Quem para tudo isto olha, tem a sensação do fazer das coisas em cima do joelho. Como é possível que uma Câmara não consiga uma candidatura a que concorre por falta de documentação? Má gestão, quer-me parecer, mas acima de tudo uma grande dose de irresponsabilidade!
Mais grave tudo isto se torna, quando a Câmara do Seixal deliberou para o ano de 2009 uma Taxa de Derrama de 1,5% sobre o lucro tributável em IRC, sendo que esta decisão teve o pressuposto político de essa verba ser alocada ao investimento da Rede Pública de Jardins-de-Infância, no âmbito do programa de alargamento do Pré-Escolar. Caricato, no mínimo.
Que dizer de quem gere as contas do nosso concelho com esta leviandade?»

Comente para o jornal Comércio do Seixal e Sesimbra.
Esta é uma rúbrica conjunta com o Blog Revolta das Laranjas de Paulo Edson Cunha.

19 comentários:

GATO GIL disse...

Tal como na candidatura ao QREN, o actual Presidente da Câmara Municipal do Seixal, Alfredo Monteiro, encontrará uma qualquer desculpa pouco credível para mais este erro da sua administração autárquica, revelando que não tem capacidades suficientes para gerir uma Câmara.
Chegou a altura de inverter este estado de coisas e esperemos que os munícipes do Seixal saibam inteligentemente utilizar o seu voto nas próximas eleições.

João Afonso disse...

Se falaharam uma candidatura não sei, o que sei é que no concerne às candidaturas ao QREN o concelho do Seixal tem sido dos concelhos com mais candidaturas aprovadas, o que demonstra a competência dos nossos autarcas. Aliás o número de candidaturas aprovadas do Seixal é superior à dos concelhos da área metropolitana de Lisboa geridos pelo PS, pelo que se os nossos autarcas são incompetentes, então os do Partido Socialista são o cumulo da incompetência, pelo que votarmos no PS nas próximas autárquicas era andarmos de cavalo para burro!
Já sei que este comentário se for publicado no blog, o que duvido, não será publicado no Jornal, pois há censura prévia.

Anónimo disse...

João Afonso,você gosta mesmo de protagonismo,agora até já quer sair no jornal.Deixe que lhe diga,que eu saiba e salvo as excepçôes,já bastas vezes explicadas pelo autor do blog,não há comentários interditos.Ao contrário, o seu amigo Aldeia LÁPIS AZUL pp,no blog Seixal Sim,cortou um esclarecimento que eu pretendia dar ao Daniel Geraldes,a propósito de ele ter escrito que " não era dificil numa câmara com 1700 trabalhadores,quase todos comunistas,juntar 1000 num almoço",escrevi eu na altura mais ou menos o seguinte:Daniel está enganado, se pensa que quase todos os trabalhadores da câmara do Seixal são comunistas,nem metade deles vota PCP/CDU,o que se passa com as percentagens divulgadas de aderentes às greves,são publicidade enganosa,pois o que na realidade se passa é que,centenas deles para não perderem o dia metem um dia de Férias,outros tantos ficam em casa e perdem o dia,porque sabem que se forem trabalhar,são Humilhados e ameaçados pelos delegados sindicais,que se encontram à porta dos diversos serviços.Com as manifestações é a mesma coisa,os trabalhadores se estão no turno em que se realiza a manifestação vão,se estão em turno diferente do horário da manifestação não metem lá os pés.Não tenha dúvidas,se não fosse a proibição imposta aos delegados sindicais do Sintap,para acederem aos trabalhadores,outro galo cantaria.Daniel e João Afonso,já agora e para que saibam o nível da comissão sindical na nossa Câmara anotem esta:um dos argumentos usados para intimidarem um trabalhador que queira aceder ao seu local de trabalho em dia de greve é este:" se entrares e desaparecer alguma coisa és tu o culpado".Quer dizer em dia de greve quem quer trabalhar é ladrão.O que vale é que Outobro está à porta.Vai ser giro,ver os ratos a fugir pelo cano;os Directores de Departamento e de Divisão a jurarem que são PS ou PSD desde pequeninos.

Anónimo disse...

Este João Afonso é um cromo, mas que senhor cromo! Por muito que te custe o Seixal vai mudar de cor. Vale uma aposta? Basta que a abstenção desça para valores razoáveis.

Amorense de Gema disse...

Ó Joaozinho Silva, agora queres aparecer no jornal, pede aí ao vaidoso do Alfredo, que te ceda um pouco da galeria dele no boletim minicipal.
Ja reparaste que nem a exorbitançia de horas extras que consedem aos trabalhadores, realizam trabalho, ou será por nem sequer aparecerem lá?
Cheira-me que isso ainda vai dar raia, e da graduda.

Anónimo disse...

SPORTING 1 - BAYERN 12

Anónimo disse...

Se falaharam!?
ó Senhores não é que ele está mesmo nervoso, o que será que pretende? Olha! Não é que ele quer mesmo sair no jornal.

Samuel Cruz disse...

Caro João Afonso,

Já me tá a irritar com essa história da censura, se volta a por aqui um comentário com essa conversa, fica já prometido que não é publicado mesmo.

Anónimo disse...

Até que enfim assumiu....

Manuel Dias disse...

O Senhor vereador Samuel demonstra neste ultimo comentário o seu conceito de democracia, ameaçando quem o contraria e não diz amen a tudo o que vossa excelencia diz! Sendo este o seu conceito de democracia, imagino o que sofreriam os funcionários da Câmara se você algum dia fosse Presidente da Câmara!

Samuel Cruz disse...

Caro João Dias,

Comigo os trabalhadores da Câmara não têm que se preocupar, defendo a justiça e todos sabem o que penso, como ficou demonstrado neste caso. Disse o que ia fazer, porque acho que o Sr. João Afonso tá a querer fazer e mim parvo e isso não lhe admito. Eu explico NUNCA aqui no Blog um comentário postado por este Sr. foi recusado, apesar disso de cada vez que deixa um comentário aqui no Blog faz estas afirmações, que são naturalmente caluniosas, qual é o objectivo?
Já no Blog Seixal Sim está lá escrito que comentários deste Sr. Foram recusados. mas ai nem uma palavra acerca de censura, porque será?
Mas se mesmo assim algum trabalhador ficar com dúvidas sobre a minha forma de relacionamento com os funcionários municipais pergunte aos qe colaboram comigo, são o meu melhor e mais fiável cartão de visita.

Manuel Dias disse...

Um pequeno reparo; não se diz "tá" mas "está" e o meu nome não é João Dias eu chamo-me Manuel Dias.

Anónimo disse...

Eu sei quem é o João Afonso, mas não digo quem é.
Vai um cheirinho ele anda doindo para ir para a Câmara,mas coitado não consegue porque será ? Eu digo porque o conheço ele é muito mas mesmo muito burro.

Anónimo disse...

Os trabalhadores não estão com medo do Vereador Samuel pelo contrario estão a torcer para que ganhe a presidência da camara municipal do seixal. Os trabalhadores da camara do seixal sabem que nas camaras socialistas os trabalhadores que estavam em condições de serem promovidos até ao final de 2008 antes da lei nova entrar em vigor que as camaras socialistas abriram concursos para estes trabalhadores e subiram de categoria não foram prejudicados. Na camara do Seixal não foi assim na camara CDU que passa a vida a fazer manifestações contra o governo e gritam tanto a dizer que estão preocupados com os trabalhadores mas não abriram os concursos para promoverem os trabalhadores que estavam em condições de subir apenas escolheram alguns uma meia duzia que tinha os olhos mais bonitos para serem promovidos os outros foram discrimimados é assim a democracia do PCP. Os trabalhadores querem o Vereador Samuel na presidência. Os trabalhadores sabem que se a camara fosse socialista não tinham sido prejudicados e poderiam ter tido uma melhoria económica nas suas vidas porque com o partido socialista não há as discriminações vergonhosas que o PCP faz. Vamos todos votar em Outubro queremos a CDU fora da Camara do Seixal.

JS Seixal disse...

Enfim, mais do mesmo... vergonhoso.

Vergonhosas são também certas reacções. Aliás, de tipos reactivos que se dizem democratas e extremos defensores da liberdade... demagogos!

Anónimo disse...

Chamo-me Joaquina e trabalho na Cãmara e sem medo digo, que os trabalhadores da Câmara deviam ter medo do Sr. Vereador Samuel, porque se ganhar a Câmara fará o mesmo que os camaradas do PS tem feito. Aumentar os deveres e tirar os direitos, ou seja, escravatura sec. XXI.
Por mim estamos melhor assim ou menos sabemos com o que contar e não temos mais porque o Governo todos os dias nos tira, a nós e aos outros que trabalham.

Anónimo disse...

sou trabalhador da Câmara.Nâo estou satisfeito com a sua gerencia, mas acredito que se o Senhor Samuel Cruz for para a Câmara (o que eu não acredito), as coisas não vão ficar melhores, antes pelo contrario. Ainda gostaria de falar com os seus colaboradores, para ver se efectivamente é assim tão bom chefe como apregoa, se calhar não.... mas o melhor é ser o senhor o perguntar-lhes

Samuel Cruz disse...

Comigo os trabalhadores da CMS têm duas garantias: os que trabalham por turnos vão voltar a receber o subsídio de turno no subsídio de férias e de Natal, e todos vão passar a ter chefias nomeadas em função da competência e não da sua fidelidade à CDU.

Anónimo disse...

Pois é mas a Câmara está a construir no Seixal masi uma escolabásica com jardim de infãncia.
Deixe-se de lérias, que é vergonhoso não ser sério com coisas boas que se fazem neste concelho. Não sou comunista, antes pelo contrário, mas admiro a capacidade de trabalho que os comunistas tenm tido neste concelho.

Google