A segurança de quem não quer ver

Seixal: Pânico em farmácia. Assim intitula, o Correio da Manhã, mais uma notícia de um assalto, ocorrido terça-feira à tarde, no Concelho do Seixal. Desta vez, o alvo foi uma farmácia em Vale de Milhaços.
Eu estou realmente preocupado com a segurança no nosso concelho. É que, ao passo que o presidente de Câmara, Alfredo Monteiro, vem várias vezes afirmar que não há insegurança no Concelho do Seixal, o facto é que, um crescente avolumar de situações de violência mostram precisamente o contrário. E eu estou preocupado. Pela inactividade, pela ineficácia das forças de segurança mas, acima de tudo, pela indiferença e ligeireza com que o sr. presidente trata este grave problema.

15 comentários:

Anónimo disse...

O Sr. Presidente da Câmara Alfredo Monteiro nega as evidências da falta de segurança no concelho do Seixal porque sabe que pelo menos metade da culpa é dele e do seu partido. Isso está à vista nos bairros da Cucena, da Jamaica, da Qta da Princesa, da Boa-Hora, da Qta da Vinha Grande, Amora, Paivas nas construções projectadas e construidas pela administração CDU ou mesmo nas construções ilegais que nesses nalguns desses sitios foram crescendo ou como o bairro da jamaica que já deveria ter sido demolido e continua lá.
O Sr. Presidente da camara até pode negar mas as pessoas que vivem neste concelho sabem que não podem sair à rua depois de escurecer que têm medo, sabem e sentem que a qualquer hora que estejam a tomar um simples café podem ser vitimas de assalto mesmo dentro do estabalecimento. A população sente toda a insegurança do seixal mesmo que Alfredo Monteiro Presidente da Câmara por curto prazo negue a realidade.

administrativo disse...

SR.Presidente da Câmara Municipal do Seixal,venho por este simples post dizer-lhe o seguinte:não estando de acordo, com a pressa com que tenta concretizar algumas obras em fim de mandato,esbanjando dinheiro a torto e a direito,não deixo de concordar que o mesmo se passa por esse país fora, com todas as forças políticas que governam as diversas autarquias.Só que no nosso município,algo de muito grave se está a passar, que não se compadece com despesas eleitoralistas.É o caso da oficina do Parque auto.Está o Senhor Presidente ao corrente da seguinte situação?Na oficina não existe há vários dias, um único litro de óleo,tal como não existe, um único litro de valvolina.Como é que é possível isto suceder, num universo de cerca de trezentos veículos.Uma frota como a da Câmara do Seixal,quase toda ela renovada recentemente,não pode estar ao deus dará,não concorda Senhor Presidente? Agradeço que tome providências urgentemente e antes de esbanjar olhe pela casa de todos nós, para que não se possa aplicar o velho ditado que diz:"em casa de ferreiro,espeto de pau".

Anónimo disse...

Se não fosse o Sr. presdidente da Camara a GNR não tinha posto em Fernão Ferro e a PSP não tinha aDivisão do Seixal.
O governo pouco tem feito cá na terra pela segurança, desça à terra homem.
Seja sério.
Mais cego é aquele que não quer ver, se não fosse a Câmara e os comunistas o concelho ainda tinha mais insegurança, você sabe muito bem o que se tem feito, ou come muito queijo ou tem amenésia.
Fica-lhe mal Sr. Dr. !
E quer o Sr. atraves das mentiras ser presidente do 10 municipio do País.
Ganhe juízo mude de vida que de politicos desonestos, virtuias, já está o povo farto.
Viu os 200 mil na maifestação de lisboa?? Não foram passear a Avª da Liberdade. Foram dizer aos seus camaradas que basta de maltratarem o Povo.
E o Sr. Dr. quer o quÊ? Favas com chouriço!!
Dedique-se mas é aos caes abandonados que andam em mantilha pelo concelho e você não faz nada.
Deixe-se de conversa fiada, é novo ainda está a tempo de endireitar a sua vida.

Anónimo disse...

Diz que nasceu no concelho, que conhece, que é de cá.
Até parece que não se lembra do que a Cãmara e os comunas têm feito pela qualidade de vida.
lembra-se, sim...
Mas, é pouco honesto e não admite, porque gosta de málingua, é a sua forma de fazer politica.
mais parece uma comadre...a diferença é que em vez de ser da janela encontra-se a fazer má lingua escondido atras do seu blog

Anónimo disse...

Ainda esta semana, em fernão ferro, mais uma casa contígua à do presidente da junta foi assaltada e por pouco a do carlos pereira não o foi também, o que já seria a 2ªvez. Pergunto portanto se isto não é INSEGURANÇA? Se não é então o que é? E não venham com desculpas esfarrapadas do governo, isto tem a ver com vontade de mudar e com idiossincracias e dificuldades dos guetos criados no seixal. E quem é o responsável? É o governo? Ora deixem-se de disparates e criem a policia municipal como já é exigida há tempo q.b. Isto faz-me lembrar a história do Hospital no Concelho Seixal, fala-se, fala-se, reivindica-se, protesta-se, mas acções ZERO. Se as casas dos responsáveis da Camara fossem visadas, não faltariam criticas e daqui d´EL-Rei. Por isso basta de demagogia e prepotência assumam as vossas responsabilidades pois é para isso que o nosso dinheiro de contribuintes serve, para aplicarem e gerirem da melhor maneira e não ser esbanjado em propaganda municipalista.

Ana disse...

Não percebo e possivelmente nunca virei a perceber as coisas da politica, especialmente as de cá da terra que são as que presencio a “vivo e a cores”. Nos outros sítios ouço dizer mas não vejo o que se passa na prática, aqui pelo contrário tenho acesso ao que se diz e ao que acontece e confesso que só posso dizer que no meu entender e após ter meditado profundamente no assunto só me leva à seguinte conclusão:
Não existe diferenças substanciais entre os comunistas no poder e um qualquer outro partido.
Senão vejamos em Lisboa responsabiliza-se a autarquia pela insegurança em um qualquer bairro, aqui silencia-se os problemas existentes quer em bairros problemáticos quer em qualquer outro lugar como agora a farmácia, e enaltece-se o paraíso do concelho do Seixal, só falta iniciar-se visitas guiadas aos diversos bairros seguindo o exemplo da “favela da Rocinha”.
Por mim que tenho idade para ser mãe do Samuel que nasci cresci, trabalhei e sempre vivi neste concelho abstenho-me de falar da qualidade de vida, não sou fundamentalista ecológica para vos dizer como eram as quintas paradisíacas deste concelho até porque sou adepta do desenvolvimento, mas de um desenvolvimento sustentado com equilíbrio entre os diversos reinos da natureza não o “REINO DO BETÃO ARMADO DO PARTIDO COMUNISTA”.

Anónimo disse...

Vejam este blog :http://cdudelisboa.blogspot.com/2009/03/sessao-de-24-de-marco-dia-da-juventude.html

O Grupo Municipal do PCP na Assembleia Municipal leva a votos na próxima terça-feira, na sessão deste órgão, os seguintes temas:

1. MOÇÃO POR MEDIDAS URGENTES CONTRA A INSEGURANÇA E A VIOLÊNCIA EM LISBOA

- Considerando a crise económica e social (…) aumenta situações de insegurança, que o governo tem agravado a situação, encerrando esquadras da PSP em Lisboa (…), considerando a ocorrência recente de explosões de violência em bairros de Lisboa (…), o PCP propõe que a AML manifeste preocupação séria com o assunto, condene as omissões da CML, reclame uma política de apoio nos bairros, reclame do governo uma política de passos concretos no sentido da abertura de esquadras de bairro e em zonas residenciais.

J. Marques disse...

Se toda a gente fizesse o seu trabalho e registasse e documentasse todos os crimes e acções violentas que ocorrem no concelho, tenho a acerteza que se chegaria à conclusão que certos tipos de crime têm aumentado no Seixal. O sentimento de insegurança, esse nem falo, porque só não vê quem não quer. Seria também muito nteressante comparar concelhos, Distritos, etc, para vermos que talvez em certos concelhos (como me parece que talvez seja o caso do Seixal, é esse o meu sentimento como morador), que deve ter havido um maior crescimento de crimes violentos. Será que tudo é culpa do Governo?? Não me parece. Talvez se olharmos para dois factores preponderantes nestas matérias (política de urbanismo e de acção social), talvez cheguemos à conclusão que a CM Seixal não tem tido as melhores opções e os resultados parecem estar à vista. Ainda hoje me interrogo o que aconteceu no Bairro da Jamaica (já para não falar de outros).

Anónimo disse...

Muito bem anónimo das 2:40 estes delinquentes nunca vão pôr o rabo na cadeira da camara.

Anónimo disse...

O anónimo das 2:36 é burro ou é,
pois não sabe que a autarquia só dá oa terrenos, o resto é com o poder central, se a Câmara dispender alguma verba virá a ser resercida da mesma, quanto ás duzentas mil pessoas na manifestação, diga-me quantas estavam da nossa autarquia presentes na m pois é! a mantilha comunista anda á solta neste concelho e você não faz nada, deixe-se de conversa fiada, ainda está a tempo de endireitar este concelho.

Anónimo disse...

Sr. Vereador Samuel, uma vez que está tão preocupado com a insegurança porque não pede ao seu camarada sócrates que mande masi efectivos para o concelho, mais viaturas, mais dinheiro para gasolibna e gasóleo??'
O Seixal agradeçe a sua preocupação, porém imputa rsponsabilidades a quem não tem competência nesta matéria. A SEGURANÇA pública é da competência das entidades policiais, i.é. da PSP e da GNR.

Anónimo disse...

Então a Segurança é com o Governo? Certo e não é obrigação do poder local, Câmara alertar as entidades, poder central para o que está péssimo?
Então porque alertam para a necessidade de um Hospital no Seixal? Se não é da vossa competência alertar porque o fazem? Ou é só quando dá jeito?

Tenham respeito por quem tenta fazer o melhor pelo país!!!

Anónimo disse...

Pergunta-se ao Sr. Presidente da Câmara os que estão a fazer dezenas de fiscais municipais fechados nos serviços? Estes fiscais não se lhe conhece trabalho, porque não integrarem uma policia municipal? Porque toda a população tem de lhes pagar os ordenados para não fazerem nada? A população quer a polícia municipal e os eleitos estão na camara não para fazerem o que lhes apetece mas para responderem aos anseios da população. A PSP tem feito no concelho um trabalho de muito mérito a parte do governo funcionou as esquadras estão a funcionar bem, agora a parte da camara é que é só conversa mas obra não se vê. Policia Municipal SIM.

John Wayne disse...

Samu, tira dai a pistola.
Olha que ela pode disparar.
Cuida-te.

Anónimo disse...

Policia Municipal para quÊ? As estat´siticas dizem que Lisboa e Porto, que têm policia municipal, tem os indices mais elevados de criminalidade.
Então? se Têm a Policia Municipal Lisboa e POrto deviam ser Concelhos Paraísos.
LOL!!! Porque não são??
José

Google