Os valores irreais da CM Seixal

Hoje vou voltar, aqui no blogue, a falar das Receitas do Orçamento para o ano de 2009 do Município do Seixal. Olhando para essas receitas atentamente, repara-se que as grandes verbas aparecem ligadas ao imobiliário, tal como já havia mencionado - a execução orçamental é grandemente dependente do mercado imobiliário.
Em quase 124 milhões de Orçamento total – 123.979.880€ para ser exacto -, cerca de 28% vem do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), em 19.500.000€, e do IMT - Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas Imóveis, no valor de 14.900.000€.
Depois há os impostos indirectos sobre a construção onde o RMTEU e o TRIU, referente a fases de loteamento, de onde a Câmara consegue ir buscar mais de 9% da Receita - 2.601.000€ e 4.681.800€, respectivamente.
Com a venda dos terrenos das antigas oficinas, situadas no Fogueteiro, surgem mais 8,4% do Orçamento da Receita – 10.500.000€. Contudo, este afigura-se ser um negócio que, com a actual crise geral e do mercado imobiliário por arrasto e em particular, faz com que seja, a meu ver, uma venda pouco oportuna.
Ao referir aqui tudo isto, quero em primeiro lugar demonstrar que esta Câmara está refém do sector imobiliário, na realidade como podemos verificar quase 50% do orçamento municipal tem origem neste sector. É dele que o município retira os maiores dividendos.
Em segundo lugar, quero vincar aqui a absoluta irrealidade que é o Orçamento para 2009 da CMS, quase anedótico.
Sabe o caro leitor qual a diferença entre uma qualquer Agência Imobiliária e a Câmara Municipal do Seixal?
É que das duas, apenas a Câmara consegue calcular uma subida de lucros, provenientes do imobiliário, para o ano em curso.
Basta atentar nos valores orçamentados do IMT e no valor executado na mesma rúbrica, que foi bastante inferior no ano passado, para poder afirmar que falamos de valores fantasiosos. Se a venda de casas parou, a crise no imobiliário é algo generalizado, como é possível apresentar no Orçamento da Receita para 2009 valores crescentes em relação ao orçamento anterior? Irreal. A venda de casas parou, aqui no Seixal isso não é excepção. Então como se pode esperar que cresça o IMT tal como o Orçamento sugere? Algo vai mal, seguramente.
Perante todos estes valores e fracos argumentos apresentados, vê-se a necessidade e dependência que esta Câmara tem para com o sector imobiliário, o que não justificando nada, ajuda a perceber algumas opções...

Comente para o Jornal Comércio do Seixal e Sesimbra, e sobre o mesmo tema não deixe de consultar o Blog Revolta das Laranjas de Paulo Edson Cunha.

10 comentários:

Anónimo disse...

Samuel não tens fotografias do concelho?
És pró americano?
Porque é que publicas sempre fotografias dos coca colas?

Jorge Pietta disse...

Será que o orçamento para 2009 prevê a redução na compra de habitação e no pedido de licenciamentos para construção?

Miguel disse...

Ahahahahah... À falta de melhores argumentos, até com as fotografias que tu escolhes eles implicam.
Deviam querer fotografias "dos vodkas"...

Anónimo disse...

Porque não fala do Orçamento das Cãmaras PS Gostava de saber porque estão na falência técnica. Porque é que nós vamos ter que pagar a má gestão?
Si porque o seu Governo vai ajudá-las a pagar aos fornecedores com os nosso impostos.
Mas só vai fazer isso porque são os seus camaradas do PS que estão " à rasca".
Aprenda mas é a fazer contas e depois falem dos outros.
Mas falem verdade, basta de pinóquiaanos com as suas pinoquices. Porque não vão mas é dar pinocadas. Olhe o povo está fartos de pinoquices, deixe-se de lérias.

Anónimo disse...

Decididamente este blog tem a animação do costume. Faz falta este blog para fazer rir a malta.

Sr. Dr. Samuel, se o governo não responde com as verbas necessárias ao desenvolvimento do concelho, não acha que esse precioso pilim tem de vir de algum lado?

Mas diga lá o sr. que é candidato! Se estivesse o sr. no lugar o que é que faria? Como resolveria a situação? a que meio recorreria para formar o orçamento? Faria como o Governo redução na despesa com o pessoal? Despediria trabalhadores agora que o PS criou os instrumentos? Como governaria a casa municipal? Como continuaria a assumir as responsabilidades para com as necessidades dos municipes? Privatizaria a água que é de todos? Instituíria a privatização dos serviços de limpeza, dos espaços verdes, da manutenção e construção urbana, das infraestruturas? Tem respostas em que possamos acreditar para uma gestão melhor? Com que dinheiro? Ou será que com o PS no governo já seriam abertos os cordões à bolsa, coisa que até agora tem sido negado? Fale verdade e não iluda.

Anónimo disse...

Aos menos atentos

2007
99.807.000 foi o total de receitas previstas no orçamento.
82.890.063,60 foi o total de receita executada nesse mesmo ano

2008
111.600.000 foi o montante previsto para o total das receitas
Em relação ao executado vamos aguardar pelo relatório e Contas, que ainda não foi aprovado, mas duvido muito que o executivo CDU tenha atingido o montante previsto, pelo menos a julgar pelos números expostos.
Para os mais cépticos, se não acreditam nos números é só ir ao link http://www.cm-seixal.pt/NR/exeres/CD135356-4D13-4FFA-8BC2-F81FD079DD6B,frameless.htm?NRMODE=PublishedSante
e constatm a seriedade e o rigor com que esta câmara é governada.
Por falar em rigor, seria importante ter uma ideia das derrapagens no custo de obras como o Moinho de Maré de Corroios, que parece cada vez mais as obras de Santa Engrácia.
Rigor e verdade exige-se!
Vereador Samuel não tenha medo. O Seixal não pode continuar nesta demanda sem rumo e sem futuro.

Huxley

J. Marques disse...

Há certos comentários neste blog que me deixam perplexos e só descrevem a falta de ideias que vai em certas cabecinhas deste país! Um dos comentários (não interessa qual) diz que o Sr. Samuel não apresenta propostas sobre o orçamento: Tem que andar mais atento e verificar posts anteriores sobre estes assuntos, bem como as intervenções do Vereador na Câmara, para depois não fazer figuras tristes (não peçam para repetir todas outra vez! Quem é sério pode ir procurar e vai encontrar com certeza). Depois e para provar a mente pequena de certas pessoas, comparam sempre com outras camaras PS (daqui entende-se o idealismo politico destes comentadores), que não têm as contas em dia!!! Quer dizer: para estas pessoas, como existem outras camaras que têm más contas, tudo é desculpa para que a CM Seixal tenha boas contas (boas na opinião de alguns!!!). De uma vez por todas, penso que estas pessoas têm que se deixar de comparar com os piores e tentar atingir os objectivos dos melhores. Não estamos a falar de uma mercearia (sem desprezo pelos merceeiros), mas sim de uma Câmara municipal com um orçamento bastante elevado que ao fim ao cabo foi participado por todos nós - contribuintes. Devemos tentar aprender com as criticas que nos fazem de modo a criar a maior transparência e objectividade possível. Só assim é possível criar um serviço público de qualidade e de proximidade. Devemos ir buscar os melhores exemplos (Sim, a CM do Seixal não tem, na minha opinião, o orçamento mais transparente do país), e não estarmos constantemente a compararmo-nos com os piores (O nosso é mau, mas há quem esteja pior, por isso deixa estar assim que está bom!!!!!) Tenham paciência e aprendam a aprender com as criticas positivas que têm sido feitas. Só assim é possível aproximar os cidadãos do serviço publico.

Anónimo disse...

ué!!! mas são os dados do governo PS que dizem que a C.M.do Seixal está bem de sáúde financeira.
LOL!! não sabe ler? E já agora
vá ver também indíces de desenvolvimento social (IDS) e tira a conclusão que o concelho está à frente das Cãmaras PS.
Números são números, ciência exacta. Não me venha dizer que 1 + 1 não são 2, porque de certeza que chumba a matemática.

Anónimo disse...

O orçamento do governo finalmente vai dar 1 euro por habitante para o Seixal.
Ke espectáculo!!
Vamos enriquecer à pala dos vossos Socratianos. Com tanto dinheiro que o orçamento do PS nos vai tranferir (FFF e PIDACC)nem sabemos o que fazer! AH! AH! AH!

Anónimo disse...

O orçamento do governo finalmente vai dar 1 euro por habitante para o Seixal.
Ke espectáculo!!
Vamos enriquecer à pala dos vossos Socratianos. Com tanto dinheiro que o orçamento do PS nos vai tranferir (FFF e PIDACC)nem sabemos o que fazer! AH! AH! AH!

Google