Como poupar 450 mil euros

Há coisa básicas para as quais a atitude de passividade da Câmara Municipal do Seixal não se entende. Caso houvesse interesse por parte da Câmara em poupar dinheiro, há medidas que quando nos surgem os números à frente, mereceriam um esforço de melhoria (neste caso redução de custos). A mim surgiu-me um papel na minha secretária, referente a uma "proposta de autorização de procedimento para a realização de despesa pública para o licenciamento de software microsoft". Esta proposta foi levada à reunião de Câmara, mas logo à partida os números que apresenta são de chamar a atenção ao mais incauto: um contrato cujo valor por três anos, sem iva, é de 450.000,00 (quatrocentos e cinquenta mil euros) - 90 mil contos na moeda antiga - para obter as licenças para poder usar Software Microsoft. Pois bem, se não houvesse solução, que haveriamos nós de fazer. Teriamos de pagar por muito que isso custasse. Contudo, há solução muitissimo menos dispendiosa. Chama-se LINUX. E em tempo de crise...

25 comentários:

Anónimo disse...

http://www.jornaldoseixal.blogspot.com/

Silva disse...

Há sujeitos que se queixam de existir censura, de não publicarem os seus comentários na integra, que usam pseudónimos, heterónimos e
agora surge uma novidade para combater tudo isto.
O Jornal do Seixal para publicar um comentário solicita ao comentador:
Nome
Morada
Telefone
Contribuinte
NIF
Sexo

Anónimo disse...

~Surgiu mais um local de Blasfémia no Seixal.

Jorge disse...

Sexo?
Será verbal ou por estrito.
Por mim com vendidos niquels.

Seixalense Atento disse...

O Jornal do Seixal agora é órgão do PC!
O seu proprietário vendeu-se ao PC, com a garantia de anúncios da câmara, pagos por todos nós.
Como contrapartida o João Afonso escreve lá, e todas as semanas é entrevistas e reportagens exclusivas de propaganda do PC, como foi o caso desta semana com a reportagem do jantar dos acólitos comunistas.
Vou é ficar atento, se o dito cujo vai utilizar as verbas para pagar as dividas, contraídas a particulares.

Figueiredo disse...

O capto do jornaleiro já tem blogue? Deve ser para agora esse vendido insinuar que é a vez de o PS e o PCP fazerem uma coligação pré-eleitoral ou que o presidente da concelhia é candidato a ministro.
Valha-nos Deus

Anónimo disse...

Não pode ser!! Então o JHS não é o tipo mais idóneo do concelho??
Ou será para depois fazer a lista negra para os agora amigos da câmara, e chibarse sobre os antigos aliados?
Naaaaaaa, ele nunca!!!
Maria

Ana disse...

Tenho alguma dificuldade em compreender muitas das atitudes do ser português, por vezes pergunto-me a mim mesma em que planeta terei nascido, isto para chegar a uma coisa muito simples que tem muitos anos (eu pelo menos já o conheço à muitos) e que se chamam "savings", no campo profissional uma das coisas básicas é que cada departamento deve apresentar anualmente um programa de redução de custos que devem de ir de coisas tão simples como o papel até tudo aquilo que seja possível, e devo dizer que tudo é possível em quase tudo.
Mas é com algum espanto que vejo que tal não acontece nunca, nem em tempo de crise nem em tempo de não crise, é mais o gastar até haver, e, quem vier atrás que feche a porta ou a luz não sei bem como é o dito ditado.
É uma constatação que faço diariamente.

GATO GIL disse...

Quando crescer e me tornar um gato adulto, quero também ter uma publicação igual à do Jornal(?) do Seixal, se o ti Alfredo me apoiar.
Prometo que só digo bem dele e dos seus camaradas, mesmo que salte à vista de todos as tremendas asneiras a que já nos habituaram.
Mais prometo impedir que os rapazinhos do PS e do PSD tenham qualquer hipótese de aceder às páginas do Jornal, pois o PCP/CDU é intocável.
Mas fica já o aviso: se falhar o apoio (publicidade) viro logo a casaca para o outro lado.

A BEM (DA NAÇÃO) DO MUNICÍPIO...

Anónimo disse...

Esta dica para poupar dinheiro pode ser dada ao Camarada Socrates e seus amigos.
Porque a Câmara está muito bem de finanças não precisa de liçoes de jovens pouco corajosos e de má lingua, que fazem politica pela net.
José, Seixal

Anónimo disse...

Esta dica para poupar dinheiro pode ser dada ao Camarada Socrates e seus amigos.
Porque a Câmara está muito bem de finanças não precisa de liçoes de jovens pouco corajosos e de má lingua, que fazem politica pela net.
José, Seixal

Almasud disse...

Este gato não é um gatinho, é um gatão.
Se continuas assim passas a ser apelidade de gato persa, seu taliban...

Samuel Cruz disse...

Caro José,

Faço politica pela net, na Câmara, nos jornais e no meu di-a-dia, aceito todas as criticas, mas há algumas que penso que são injustas. Acusar-me de ser pouco corajoso é justamente uma daquelas que acho injustas.
De qualquer forma, aceite os meus cumprimentos e obrigado por ter participado.

Maria disse...

tem piada, quando o outro jornal teve uma página de pub sobre estradas vieram logo dizer que era a prova de que pertencia ao PS.
Numa edição do Jornal do Seixal, a mesma com o artigo do amigo Paulo Silva, vem uma pagina inteira da Câmara e fez-se silencio.
Assim se vê a verdade do PC...
Maria

Arlindo disse...

Samuel é claro que és pouco corajoso, onde esteve a tua tomada de posição sobre as falcatruas dos teus camaradas de partido. Essas falcatruas foram todas bastante participadas aqui na net. Onde estavas, não ouvimos um unico pio da tua parte. Tu tens de se coerente com as tomadas de posição, não pode ser facadas para o PCP e depois quamdo olhas para dentro de casa é bico calado.
Tens muito que apreender com o Manuel Alegre. Pensa nisto que te faz bem de certeza.

Arlindo II disse...

O Dr. Arlindo aqui de cima é que é mesmo um corajoso - não se identifica.
É que Arlindo, Godofredo, Adalberto, Leôncio, qualquer um pode lembrar-se de escrever ao "assinar" um comentário...
Eu agora apetece-me ser o Arlindo II.

Arlindo III disse...

Se há algo que me provoca alergia é o facto de os comentários serem escritos durante a hora de serviço.
Não entendo, num mundo em crise ou estão desempregados e passam o dia a escrever balelas ou então somos mesmo um pais de calões.
Trabalhem, produzão criem riqueza se faz favor.

Arlindo IV disse...

Concordo com o Arlindo III mas o Samuel contimua a não responder.
Será assim tão incómodo tomar uma posição?

Anti Arlindo disse...

Quem és tu ò Arlindo !?, serás um novo sistema operativo !?, Open-Source !?, ou és mais um dos controleiros desinformadores do partido NEON à beira rio.

Qualquer coisa é melhor que esta coisa. É urgente pô-los na rua...

P.S. Sr Vereador já tentou inquirir o porquê dos custos da licenciamento !? e a sua justificação ?

Arlindo V disse...

Eu sou o Arlindo e vou-me multiplicando porque para vós é a unica maneira de vos derrotar.
Na altura do juizo final veremos que não hé empates.
P.S. vocês nunca perdem nem quando apanha goleadas.

Já agora Samuel continuas de bico calado ou também usufruistes do graveto?
Quem cala consente, digo eu.

Anónimo disse...

Esta técnica é boa, para não ser acusado de censura lá vai publicando os comentários, mas a ideia é deixar cair no esquecimento.

O ratinho engana-se.

Anónimo disse...

Parece o Gato Fedorento, "Fala, Fala mas não diz nada".

Anónimo disse...

Este ultimo anónimo tem toda a razão. O Samuel está a tentar novamente sair de fininho.

Samuel Cruz disse...

Caro ou Caros anónimos,

Importam-se de dizer sobre o que é que querem que eu me pronuncie, é que aqui não está nada escrito, e não me lembra de haver alguma polémica sobre a qual não me tenha pronunciado.
Se for sobre a associação do Pinhal do General ou sobre a ADUFF que querem que me pronuncie, já escrevi que uma das diferenças entre o PS e o PCP, é que nós não interferimos no funcionamento de instituições privadas. Estas têm a sua autonomia e assim se devem manter. E para provar que é assim que penso, têm o exemplo da Cruz Vermelha Portuguesa - Núcleo do Seixal, cuja direcção ainda recentemente foi subtituida pela direcção nacional dessa instituição, sendo a sua anterior presidente eleita pela CDU e ninguem ouviu um comentário meu sobre o assunto.

Anónimo disse...

Tenho pena que o Vereador Samuel critique sem saber do que fala. Quando se diz, de animo leve "vamos mudar para Linux" demonstra um desconhecimento da realidade da C.M. Seixal que me assusta, pensando que prende ser Presidente desta Autraquia.
Será que o Sr. Verador realizou um levantamento das aplicações utilizadas na Autarquia? Será que correm em Linux?
Quanto custaria à autarquia ter os trabalhadores sem trabalhar vários dias, quer porque teria de se substituir o sistema operativo e em muitos casos verificar a compatibilidade de todos os documentos de Processamento de Texto, Folhas de Cálculo, etc.
Qual seria o custo da formação para os utilizadores? É preciso relembrar que nem todos têm conhecimentos avançados que permitam essa transição de forma pacifica.
Será que a quantidade de técnicos seria suficiente para dar resposta ao apoio requerido pelos utilizadores.
Será que se conseguiria viver sem um contrato de manutenção com uma empresa como a RedHat a Suse ou outra de forma a dar suporte a problemas de sistema operativo?
Será que o hardware dos muitos computadores da C. M. Seixal serão completamente suportados pelo Linux?

Resumindo. Pensar numa migração a larga escala de Linux para Windows é um pouco utópico.
Existem uma série de razões que poderiam continuar a ser enumeradas que tornam o custo efectivo de uma solução Linux tão grande ou até superior à solução Microsoft.

Não me leve a mal, eu até sou entusiasta de Linux, mas acima de tudo, sou realista.

Google