101.º aniversário da morte de Buiça

Nem todos os homens são iguais. O testamento que a seguir publico foi redigido em 28 de Janeiro de 1908, tendo vindo o seu autor a falecer quatro dias mais tarde, faz hoje 101 anos.

"Manuel dos Reis da Silva Buiça, viuvo, filho de Augusto da Silva Buiça e de Maria Barroso, residente em Vinhaes, concelho de Vinhaes, districto de Bragança. Sou natural de Bouçoais, concelho de Valpassos, districto de Vila Real (Traz-os-Montes), fui casado com D.Herminia Augusta da Silva Buíça, filha do major de cavalaria (reformado) e de D.Maria de Jesus Costa. O major chama-se João Augusto da Costa, viuvo. Ficaram-me de minha mulher dois filhos, a saber: Elvira, que nasceu a 19 de dezembro de 1900, na rua de Santa Marta, número... rez do chão e que não está ainda baptisada nem registada civilmente e Manuel que nasceu a 12 de setembro de 1907 nas Escadinhas da Mouraria, número quatro, quarto andar, esquerdo e foi registado na administração do primeiro bairro de Lisboa, no dia onze de outubro do anno acima referido. Foram testemunhas do acto Albano José Correia, casado, empregado no comércio e Aquilino Ribeiro, solteiro, publicista. Ambos os meus filhos vivem commigo e com a avó materna nas Escadinhas da Mouraria, 4, 4o andar, esquerdo. Minha família vive em Vinhaes para onde se deve participar a minha morte ou o meu desapparecimento, caso se dêem. Meus filhos ficam pobrissimos; não tenho nada que lhes legar senão o meu nome e o respeito e compaixão pelos que soffrem. Peço que os eduquem nos principios da liberdade, egualdade e fraternidade que eu commungo e por causa dos quaes ficarão, porventura, em breve, orphãos.
Lisboa, 28 de janeiro de 1908. Manuel dos Reis da Silva Buiça.
Reconhece a minha assignatura o tabelião Motta, rua do Crucifixo, Lisboa".
Servem de testemunhas Aquilino Ribeiro, publicista, e Albano José Correia, empregado de comércio.


O Rei D. Carlos também morreu neste dia.
E claro...
Viva a Carbonária!

4 comentários:

Anónimo disse...

"É preciso erguer Portugal acima dos interesses financeiros obscuros, contra o conformismo e o interesse do dinheiro"

Citação de Manuel Alegre,(PS) neto do Carbonário Manuel Alegre.

Não foi ontem que o disse na TV referindo-se ao Freeport.

Foi em 23 de Novembro de 2006 na apresentação do lvro "D.Duarte e a Democracia".

E esta Hen?!

João Afonso disse...

Falar em Carbonários é falar em primos...e lá vem esta coisa do Freeport à baila com primos e tios.
E viva a Carbonária, à fartazana.

Pensar o Seixal no Século XXI disse...

Não consigo entender esta ideia da defesa da Carbonária! Creio que já aqui escrevi o ano passado sobre este tema. Acho ofensivo a defesa de terroristas!

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Anónimo disse...

http://markonzo.edu Good crew it's cool :) ashley furniture price [url=http://jguru.com/guru/viewbio.jsp?EID=1536072]ashley furniture price[/url], awasg, allegiant air verdict [url=http://jguru.com/guru/viewbio.jsp?EID=1536075]allegiant air verdict[/url], ;-), pressure washers info [url=http://jguru.com/guru/viewbio.jsp?EID=1536078]pressure washers info[/url], nxeal, dishnetwork blog [url=http://jguru.com/guru/viewbio.jsp?EID=1536080]dishnetwork blog[/url], hxmbtvr, adt security preview [url=http://jguru.com/guru/viewbio.jsp?EID=1536076]adt security preview[/url], 0622,

Google