Rapidinha

Ontem houve reunião de Câmara. Ainda acerca da perda de fundos do QREN foi mais uma vez dito, pela voz do Sr. Presidente, que a Câmara não perdeu fundos nenhuns, porque vai haver outra candidatura.
Tive a oportunidade de lhe dizer, como já aqui tinha escrito, que certos argumentos utilizados pela maioria CDU melindram a minha inteligência, este é um deles.
É que afirmar que não se perderam fundos nenhuns é a mesma coisa que dizer: Eu esta semana não joguei no Euromilhões mas não perdi a oportunidade de ganhar, é que para a semana há mais...
Poupem-me!

11 comentários:

Anónimo disse...

Muito bem Samuel!

eles devem estar a pensar que estão a discursar para o comité central!!!

Anónimo disse...

Sr Vereador está preocupado com o quê?
Limpe a casa primeiro.
O PS do Seixal em particular os de Fernão ferro são uns BATOTEIROS.
Não bastava o problema do Pinhal General estar associado ao partido, agora estoirou outra granada.
Batota na candidatura á eleição do secretariado.
Militantes que são, que deixam de ser, que se passam para os anípodas que regressam enfim, só romances.
Então o que acha disto, também já deve ter recebido a carta. Prenuncie-se, também esteve envolvido da outra vez? ou não? ou foi algum amigo intimo?
Venha pronunciar-se e não se admire que o PSD e a CDU comentem esta novela até à exaustão.
É só asneiras, para ter votos e decidir quais são os delegados ao congresso...
Ainda bem que há Homens honestos como este senhor que veio repor a verdade.

Fernão Ferro a Ferro e Fogo disse...

Caros e amigos leitores,

Tendo em conta as carências existentes na Freguesia de Fernão Ferro, decidimos dar voz á população.
Nesse sentido criarmos um Blog, onde se pretende trazer á luz do dia, os variados problemas que afectam esta população.
Entendeu a equipa chamar-lhe
Fernão Ferro a "Ferro e Fogo" e passamos a estar disponível em:

http://fernaoferroff.blogspot.com/

Anónimo disse...

Com que então Rapidinha na Câmara.

Não há pudor.

Anónimo disse...

O problema não è a sua inteligência mas sim a inteligência (ou falta dela) dos ditos senhores.

Velas do Tejo disse...

Na minha industria se perdesse um concurso de 6 milhões por atraso na apresentação da proposta, garanto-vos que era despedido e por muitos, muitos anos não conseguiria arranjar emprego noutra empresa do sector.

Mas na minha indústria temos de apresentar resultados (€€€) ao conselho de accionistas... e... muito antes dos meus administradores justificarem falhas ao conselho, já rolaram muitas cabeças cá por baixo!

Sr. Vereador Samuel Cruz, se ainda não lhes gritou "-INCOMPETENTES" faça-o depressa, porque precisamos de alguém que o consiga fazer!

Anónimo disse...

Mais uma vez a resposta da Autarquia vai ser a gaveta.
Considero muito oportunas e sérias as últimas denúncias face ao atraso da candidatura da CMS ao QREN.
Só uma achega na sua rapidinha.
A presidente da CCR-LVT diz claramente que deverá haver nova fase de candidaturas ao QREN mas não garante que sejam para os Chamados " Bairros problemáticos" a que se referia a candidatura atrasada.
Mais uma vez a CDU pela voz do presidente Monteiro vem enganar o Zé povinho, tentando fazer crer que afinal haverá outra oportunidade, não sabemos é quando, ou se alguma vez irá ter lugar. Aliás pela argumentação de alguns comentadores comunistas estão mesmo a preparar-se para atribuir culpas no atraso da candidatura ao governo, minimisando mesmo o valor das tranches dizendo que a maior fatia do investimento é feita pela câmara.
È esta a tal forma de mentir do PCP, que ninguém mentalmente SÃO consegue entender.Faz lembrar as derrotas eleitorais sistemáticamente consideradas vitórias, e o pior de tudo é haver gente para alimentar estas insanidades.

Ana disse...

O Exmo. Senhor presidente deveria ter respeito pelo menos pelos cerca de 20% da população do Seixal que o elegeu, o que se perde, perdido está já não há recuperação, se efectivamente houver outras oportunidades deveriam ser para outros projectos que assim irão ficar para trás. No Seixal há muito para fazer, pelo que não se pode desperdiçar um cêntimo.

AMS disse...

Rapidinha é o veludo que andas a dar ao JS do Noticias do Seixal.
"Pelas minhas contas será
hoje que se assinala o aniversário
da saída do primeiro
número do Notícias do Seixal."

Ter em mente a data de um Jornalinho é mesmo escovaria. Isso certamente que se deve ao facto do Comercio estar a dar mais crédito ao Edson.

Agora já fizestes as pazes com o JS?

Anónimo disse...

Mais uma vez a CM Seixal prepara-se para fechar ao trânsito a ponte da fraternidade e a marginal do lade Arrehtela e Seixal, numa manobra de mera propaganda ... indo acarretar monstruosos engarrafamentos às pessoas que não querem ir ao evento da abertura da seixaliada e promovendo a poluição... vão ao local e registem os constrangimentos de transito provocados pela nossa própria autarquia... se puderem confirmem com fotos e filmes... isto sim é um atentado à qualidade do ar que resperiamos!!

Anónimo disse...

Aqui reproduzo com a devida vénia ao autor, vindo dum blog do Seixal, de um artigo que penso que o senhor ponto verde já conhecer, mas que é sempre bom relembrar, sobre um tema em tudo semelhante:
"Este domingo pela manhã foi levada a efeito, com organização da CM do Seixal, a iniciativa do Agita Seixal. Uma actividade que visa levar a população a praticar mais alguma actividade física, ao ar livre. Para tal efeito decidiu a CMS fechar o trânsito na ponte da Fraternidade e parte da Estrada Nacional 378, nomeadamente a que liga a rotunda da Torre da Marinha ao Seixal.
Apesar de todas as boas intenções, tal evento deve consequências não muito positivas, houve o reverso da medalha. Para as pessoas que não podiam ou não quiseram participar em tal evento, e no entanto, quer por necessidade quer por lazer, necessitaram-se deslocar no concelho do Seixal de carro, nomeadamente entre as freguesias de Amora e Seixal, viram a sua mobilidade deveras comprometida. Com a ponte da Fraternidade fechada ao trânsito, ficou a nu a deficiência e fragilidade de todo o sistema rodoviário do concelho do Seixal, a falência completa do mesmo. Com engarrafamentos monumentais e horas de espera nas filas de trânsito. Num dia em que se esperava defender a actividade física, a vida saudável, provavelmente foram feitas mais emissões de CO2, e gases perigosos para a saúde de que num domingo normal.
Tudo isto resulta de um sistema rodoviário frágil, deficiente e sem capacidade de resposta a qualquer eventualidade. Mais, demonstra também que o Município do Seixal não tem equipamentos necessários para levar a cabo este tipo de iniciativas, necessitando, de fechar estradas principais, para levar a efeito tais eventos. É clara e notória a insuficiência do Município no campo de equipamentos necessários para levar a cabo tais eventos.
Conclusão, tivemos um domingo de engarrafamentos no Seixal "


Hj por acaso aconteceu novamente mas num sábado.

Google