Quanto vale o seu voto?

Já aqui escrevi que, quem reside no Concelho do Seixal, é gerido por uma autarquia que exerce o poder em maioria absoluta PCP/ CDU mas apenas com o apoio duma minoria de eleitores e habitantes deste concelho.
É verdade que parece um contra-senso mas na verdade o PCP/CDU só teve nas últimas eleições menos de 20% dos votos dos eleitores recenseados (116.000) e se a percentagem fosse calculada com base no indicador de residentes do concelho (170.000) baixaria então para valores próximos dos 14%.

Eu sei que até custa acreditar como é que alguém tem o direito democrático de gerir anualmente um orçamento de 119.000.000€ (cento e dezanove milhões de euros) com um tão baixo apoio, de quatro em quatro anos, mas isto passa-se no Concelho do Seixal, por culpa de todos nós.

Em primeiro lugar por culpa das forças de oposição que não conseguem transmitir (por falta de meios) estes dados para a população e vivem assim numa permanente luta de David contra Golias.
E mesmo quando apresentei uma Proposta na Assembleia Municipal em Abril deste ano, apelar para a autarquia realizar (com o dinheiro de todos nós) uma campanha, envolvendo Outdoors, Cartazes e o Boletim Municipal para sensibilizar os eleitores do referido dever - direito constitucionalmente consagrado de sufrágio e muito especial no que refere aos recenseamentos dos novos moradores/eleitores calculam o que a maioria PCP/CDU fez... chumbou a proposta pois claro! Democratas sim, mas apenas se conseguirem controlar o universo eleitoral.

Em segundo lugar porque o executivo gasta Milhões de Euros, (distribuídos em subrúbricas no Orçamento Anual) em verdadeira propaganda de regime para alimentar uma imagem há muito sustentada em pés de barro.

E em terceiro lugar porque provavelmente o leitor enquanto eleitor nunca tratou de se preocupar com o que fazem com o dinheiro que também é seu! Mas será que apenas 24.293 votantes do PCP/CDU neste executivo tem o direito de condicionar a vida de mais 170.000 habitantes no Concelho do Seixal?

Não me parece! E o ingrato é sabermos que tudo se resolveria com um pequeno gesto, bastando para isso recensear-se ou actualizar o seu recenseamento.

E hoje tudo é mais fácil, para poupar tempo pode descarregar o formulário com os seus dados pessoais em www.stape.pt > recenseamento eleitoral > inscrição no recenseamento e quando chegar à Junta de Freguesia é só assinar.
Além disso por sms poderá até receber o seu número de inscrição no recenseamento eleitoral, veja como em www.stape.pt.

Afinal há 24.293 votantes (do PCP/CDU) que se preocupam em gerir 119.000.000€/Anuais, por mandato perto de 480.000.000€ é como se cada voto desses valesse 19.758€ (480.000.000€ / 24.293 Votos) e você com o seu direito de voto, vai continuar a valer zero?

Nuno Tavares
Presidente da Comissão Política do Partido Socialista

9 comentários:

Ana disse...

Talvez essa seja de algum modo a grande realidade, a falta de rigor com que tratamos tudo ou quase tudo.
Somos um país com fracos recursos, mas também a Suiça o é, e?
Embora tenha todo o orgulho em ser portuguesa, apagaria de boa vontade a fase do "Sebastianismo" porque para mim não dá para continuar com o lamento, somos um povo que só sabemos dizer mal de tudo e de todos, e como dizia um amigo meu quando esgotamos o assunto até de nós dizemos mal.
Sou adepta daquela frase do ex presidente Kenedy, "não perguntes o que a América pode fazer por ti, mas o que podes fazer por ela", não sei se são estas as palavras mas é este o sentido.
E é isso que se passa neste Seixal, é preciso dizer basta, é preciso dizer chega.
Sou natural e residente neste concelho e sinceramente doi-me ver como se encontra tão mal gerido. Doi-me ver-me governada por uma minoria porque há alguem, muitos alguens, que somos todos nós a maioria de mais de 80% que se encontra comodamente instalada a ver, sem nada ou quase nada fazer para mudar as coisas.
Já em tempos sugeri qualquer coisa como um movimento cívico, que honestamente fizesse qualquer coisa como um brainstorming, e em que alguem sugeriu algo como uns "Estados Gerais" do concelho, sem partidarites, sem interesses pessoais, sem carreirismos.
É preciso urgentemente um "25 de Abril no Seixal", a perpetuação no poder, não serve a ninguém, precisa-se tão sómente de renovar ideias.
Por vezes existem ideias tão simples, de resultados tão positivos que quem já está há muito tempo na função não vislumbra.
Precisamos de ser mais exigentes com quem governa com o dinheiro de todos nós, pois tal deve merecer para além do máximo de rigor, que este seja investido na qualidade de vida de todos os munícipes.
Não sei quais as obras deste concelho que são suportadas pela autarquia e gostaria de saber até porque tenho esse direito.
Tanto quanto me é dado observar umas são suportadas pelo "grande capital" dos hipermecados e as outras estão por realizar simplesmente porque o PCP propõe e o PS veta. Afinal qual a responsabilidade da autarquia? alguem me pode esclarecer?
Cumprimentos

Jorge Pieta disse...

Esta sim é preocupante. Penso que os partidos da oposição teem que abrir os cordões á bolsa de modo a criar formas de divulgação mais eficientes e que se aproximem dos meios pagos por todos nós que a CMS dispõe.

Pietra disse...

Esta pergunta também se coloca nas eleições para o PS em Fernão Ferro.
Lista A e Lista B?
Quais são os batoteiros?
Quanto valem os votos?

Não diga que não sabe do assunto?
Clarifique s.f.f.

Pietra disse...

Olá senhor vereador, as eleições estão a decorrer neste momento.
O sr não tem opinião formada sobre o assunto?
Não responde sobre a tão costumada BATOTA nessa freguesia?
O sr soube publicar este comentário, mas assumir uma posição agora, isso não.
Sabe sr vereador, este assunto não é de cães e gatos, é de Homens e com esses já se sabe, quer estar do lado dos vencedores. Não e?

Anónimo disse...

Nuno Tavares o meu voto vai continuar a valer zero ou não também depende muito de si e das iniciativas que o seu partido tomar. A ana no anterior comentário fala em algumas iniciativas que já foram anteriormente indicadas e que poderiam muito bem ser organizadas pelo seu partido. Estados Gerais Municipais uma iniciativa que me parece extremamente interessante. À semelhança dos Estados Gerais que o seu partido tem experiencia em organizar poderiam trazer para o debate dos problemas do concelho pessoas importantes do ponto de vista do conhecimento com filiação partidária ou não previligiando a competência o conhecimento o interesse pelos problemas do concelho. Estes Estados Gerais serviriam para debater e para levar ao conhecimento da população o levantamento dos problemas a sua discussão e incutir-lhes que é possível mudar e que para isso basta que a população assim o deseje. Ana obrigado pelo seu empenho na luta contra a ditadura comunista que tem destruido o concelho do seixal.

Anónimo disse...

Não sou da CDU, não votei neles, nem gosto deles, mas não estará este texto a resvalar para o fascizóide.
Isto é tão só a cultura do Povo Português e aplica-se ao País de Lés a Lés...

Anónimo disse...

Estados Gerais está na hora de começar a sua preparação. Estados gerais seria uma excelente ideia. Com a participação de pessoas que já deram provas de estarem interessadas em mudar o rumo deste concelho e que do ponto de vista da ética são irrepreensíveis. O Dr. Samuel Cruz o Dr. Paulo Edson O Prof Dr. Carlos Ribeiro o Engº António Marquês o autor do blog Velas do tejo e do A sul a ana que nos tem proporcionado no blog interessantes comentários e manifestado muita vontade de ver a CDU longe dos nossos destinos e muitas outras pessoas interessantes do nosso concelho. Sem preocupações de dar voz nesses estados gerais à maioria CDU que nos oprime, cuidando de evitar os infiltrados que costumam gorar as iniciativas.
E para terminar uns estados gerais que identificassem os problemas minuciosamente sem que apresentem para eles soluções porque as soluções serão da responsabilidade dos partidos que se candidatarem e forem eleitos. Uns estados gerais que proporcionassem o debate sério sobre os problemas que fossem um incentivo à população para votarem na mudança,motivando-os a participarem na vida civica do concelho. Alguem que dê o primeiro passo e os apoios não faltaram.

Anónimo disse...

Caro Dr. Samuel
Convem informar os bloguistas que o paladino do seu Blog, Fernando Reis,se demitiu de lider da secção do PS e suspendeu por um ano a sua participação na Assembleia de Freguesia de Fernão.
Agora quem vai reparar os estragos que fez no PS ?

Victor disse...

Olha este é outro não sabia que tambem escrevia.
Tomar posição sobre o sardinha não toma.
Não vai ter de esperar, vai levar a maior derrota de todos os tempos no seixal, á imagem do BENFICA.

Google