Fazer parecer o que não é














Recentemente vi circularem pelo Seixal uns panfletos da CDU/Seixal com a denominação: "Freguesia do Seixal - Presta contas!"

Desfolhando o colorido - e de aspecto dispendioso - panfleto, de boa qualidade quer gráfica quer fotográfica, vemos que a Freguesia do Seixal, pela mão da CDU, procedeu a várias acções em determinadas áreas sociais.
Curioso é, contudo, quando chegamos à parte da reflexão, como forma de prestar contas pelo feito e pelo que ficou por realizar. A certa altura pode ler-se que "com a aprovação da nova Lei das Finanças Locais, o Governo introduziu uma limitação preocupante à capacidade administrativa e financeira das Autarquias, tornando assim mais problemática a concretização das obras necessárias ao bem-estar das populações".
Acontece que, este blá blá blá, num panfleto entregue a pessoas pouco informadas pode surtir o efeito pretendido, isto é, pode fazer com que as pessoas acreditem que a Junta do Seixal só não faz mais porque os maus senhores do Governo não deixam. Contudo, eu como gosto das coisas claras como a água que bebo, tenho de aqui dizer claramente que a Nova Lei das Finanças Locais, aqui no Seixal, permite, e de facto realiza, uma maior transferência de verbas para o munícipio! Havendo mais dinheiro do que aquele que estava estipulado de início isso permitiria a concretização de bastantes mais iniciativas em prol da população, ao contrário do que o panfleto erroneamente quer fazer parecer.
Mais uma vez e para que fique bem explicito, o Seixal foi beneficiado com a Lei das Finanças Locais do Governo, obtendo bastante mais dinheiro do que o inicialmente esperado. Portanto, a limitação preocupante de que o panfleto CDU fala deve ser uma limitação de má fé. Quem tem elevadas responsabilidades na gestão deste munícipio não pode ignorar o que aqui é dito, se o faz é porque é MENTIROSO!

8 comentários:

outsider disse...

A culpa é sempre do poder central. A propósito... o tempo de Verão está hoje uma desgraça.... sim, sim, a culpa é do poder central...

Anónimo disse...

Pois amigo Samuel não foi só nessa freguesia que esse planfeleto apareceu pois em Paio Pires também apareceu com o mesmo apresentar contas por isso foi chapa dos comunistas que não têm mais nada que fazer que é gastar mais e mais de todos nós.

aldeia pp disse...

Parece que quem não gosta de deixar as coisas claras e costuma enveredar por um caminho menos verdadeiro, para não dizer de mentira é o senhor vereador, em 1º lugar se é um presta contas de Freguesia, pouco ou nada tem a ver com o município, embora no Concelho do Seixal a Câmara Municipal transfira mais verbas para as freguesias do que o governo, quando nada a obriga a isso, no que diz respeito a Lei das Finanças Locais pelo menos na Freguesias da Aldeia de Paio Pires existiu uma redução em 2006 a verba transferida pelo orçamento de estado foi de 121 538€, em 2008 a verba transferida foi de 118500€, como se pode constatar houve uma diminuição e se isto somarmos o aumento dos encargos com os trabalhadores, o aumento brutal dos preços a que todos temos estado sujeitos nestes últimos anos verificamos que existe menos recursos na freguesia, má fé e tentar fazer parecer o que não é, foi o que o senhor vereador tentou fazer uma vez mais, nada de novo também.

Jorge Pieta disse...

A campanha já comecou. O panfleto vai ser igual para todas as freguesias. Fica a dúvida de... quem paga esta publicidade enganosa. Quando não se tem capacidade para se cumprir as promessas feitas aos municipes a culpa é... imaginem... do governo.
Onde é que eu já ouvi isto?

Anónimo disse...

Ao aldeia pp
já agora pode nos indicar o montante da transferencia do governo central para a freguesia de Paio Pires em 2007?
Se não se importa pode esclarecer o porquê de a camara municipal não estar obrigada a aumentar a delegação de competencias para Paio Pires, quererá iso dizer que o municipio Seixalense não acredita na descentralização? ou a Junta já realizou tudo o que havia para realizar, até o que é competencia da cãmara? ou cãmara já realizou tudo, até o que é competencia da freguesia?
já agora também esses aumentos com os encargos dos tarbalhadores foram superiores aos aumentos da função pública e assim tão acima da taxa de inflacção que esse grande patrão( que é a Junta de freguesia de Paio Pires) não consegue cobrir os custos de pessoal , entre as tranferencias do governo central e da camara municipal do Seixal, realizadas para, entre outros motivos, para esse mesmo efeito conforme a lei das finanças locais?
Como é possível terem a capacidade de escrever tamanhas falácias, incoerencias, senão mesmo mentiras caro partidário da cdu seixal?!?
Começa a cair por terra o mito das camaras comunistas serem as maiores e melhores gestões autárquicas, as máscaras ficam rachadas e por baixo v~e-se a falta de infraestrutura para suportar toda essa supra estrutura,em linguagem que compreenderá melhor do que eu, a propaganda é uma maquilhagem que, como todas as outras, acaba por se esvanecer!!!
ACORDA SEIXAL!!!!!!!!!!!!!!!
HS

aldeia pp disse...

Em 2007 o valor foi de 118500 ou seja desde 2006 que as verbas têm diminuído e os encargos têm aumentado, mesmo sendo aumentos de miséria os que os funcionários têm tido a verdade é que a freguesia da Aldeia de Paio Pires neste caso tem menos verbas para fazer face às suas competências, engraçado desde que este governo do PS assumiu funções o estado passou a arrecadar muito mais receitas pois os impostos para todos nós subiram e ao mesmo tempo reduz as verbas a transferir para as autarquias, ou seja cada vez mais concentram nos ministérios as verbas dos nossos impostos.

Quanto ao restante do que escreveu foi muita coisa sem pés nem cabeça, ninguém disse que a Junta de Freguesia não podia cobrir as despesas com pessoal, mas se as verbas que recebia via orçamento de estado diminuíram e os encargos com os trabalhadores aumentaram e a taxa de inflação tem disparado é obvio que os recursos disponíveis por parte da Junta de freguesia da Aldeia de Paio Pires são agora menores, acho que a maioria dos paio pirenses independentemente da sua cor política no mínimo achará esquisito que pagando cada vez mais impostos para o estado, a Junta de Freguesia tenha cada vez menos recursos.

Quanto à descentralização existem muitas Câmaras Municipais por esse país que não as fazem, a do Seixal sabe da importância da mesma e transfere para a Aldeia de Paio Pires uma verba superior à que o governo transfere e essas verbas aumentaram no último ano, na minha opinião essa descentralização deverá ser ainda um pouco mais ambiciosa, mas isto provavelmente já será conversa que não lhe agrade, pois a resolução dos problemas das populações e a melhoria da qualidade de vida das mesmas presumo que seja algo que não lhe interessa.

Anónimo disse...

Exceptuando a construção... pergunto, o que se tem feito na Aldeia de Paio Pires ?

Anónimo disse...

AO ALDEIA PP
POIS É!!! DESCERAM DE 2006 PARA 2007 , MAS PELOS SEUS DADOS MANTIVERAM-SE DE 2007 PARA 2008 LOGO CAI POR TERRA A QUESTÃO DE MENOR FINANCIAMENTO DEVIDO Á NOVA LEI DAS FINANÇAS LOCAIS. MAIS UMA VEZ MENTIA!!!!
ACORDA SEIXAL!!!!!!!!

Quanto ao resto a confusão é sua porque mistura financiamento do governo central, com financiamento através da delegação de competencias, com inflacção e despesas com funcionários. ora vejamos:
despesas com funcionários- tiveram aumentos da função pública, de acordo com a cdu deveriam ter sido mais aumentados pois foram-no abaixo da inflacção.Quem paga esses aumentos? e esses custos o orçamento geral do estado através da transferências directas para as juntas de freguesia e do financiamento aos municipios.
delegação de competencias meu caro sr. é um instrumento que deve ser utilizado pelo municipio para permitir ás juntas de freguesia realizarem as suas actividades e em comum acordo entre os executivos, daí ser o municipio a contractualizar com a junta valores e actividades a realizar, o estado nada tem a ver nem interfere nesse campo, e depois há ainda as receitas próprias que as juntas podem realizar ou não, mas que aí apenas dependem da sua própria gestão.

Com isto quero apenas dizer que se a junta de freguesia de paio pires pouco ou nada faz deve falar com a camara para delegar mais competencias e procurar realizar mais receitas directas sem culpar o estado que ainda lhe dá dinheiro que chegue para pagar aos funcionários.
ou seja fale aí com o presidente da camara, seu correlegionário para não o enganar e fazer mais obra em Paio Pires já que não dá competencias á junta para o fazer e secalhar também lhe retirou algumas fontes de receita como as taxas de ocupação da via pública, e outras!
HS

Google