(Descarada) falta de vergonha!

Roubado à JS Amora:

"Acho que todos nos recordamos do núcleo de Amora da JS ter apontado “7 vergonhas na Amora”.
Ora, se bem se lembram, uma das vergonhas consistia no facto da Câmara ter prometido o alargamento da Ponte da Fraternidade, e ainda não ter feito a obra; infringindo os prazos que própria câmara indicava.
A verdade é que se continua esperar pela obra, mas curiosamente, o cartaz que a anunciava... desapareceu!
De uma forma mais simples, não realizaram a obra, mas fizeram desaparecer a prova que lembrava ás pessoas o não cumprir da promessa!

As pessoas não dormem, e sabem perfeitamente, que a única intervenção da câmara na ponte, foi a recolocação dos ferros que protegem as pessoas de cair ao rio (tinham sido derrubados), ou seja, a promessa de alargar a ponte continua adiada!

Para lembrar a nossa autarquia, achei importante deixar uma lembrança... a fotografia do cartaz em que anunciavam a obra:




4º trimestre de 2006....?
Continuamos à espera..."


Obrigado Luís.

9 comentários:

hkt disse...

O seu post fez-me lembrar uma velha piada do tempo da URSS:

Qual a primeira pergunta formulada aos candidatos a secretário-dactilógrafo do Comité Central do PC da União Soviética?

Resposta: "-Quantas palavras consegue apagar por minuto?"

Como vê há hábitos que se transformam mas não morrem.

Anónimo disse...

O que esta maioria CDU na camara do seixal não vai conseguir apagar é a vontade que a população tem de os tirar da camara.

Filipe de Arede Nunes disse...

Por acaso quem efectou o arranjo na Ponte da Fraternidade, segundo o Boletim Municipal, até foi a Junta de Freguesia de Amora!
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Anónimo disse...

Vereador Samuel precisamos da sua presença na camara do seixal precisamos da sua oposição a esta politica ruinosa da CDU continue terá o apoio da população em geral que está cansada de ser tratada com faltas de respeito como a que foi publicada no blog a sul sobre a ponta dos corvos promessas mentirosas como esta que publica agora aqui. Um abraço.

Anónimo disse...

O arranjo na Ponte da Fraternidade, foi feito pela Junta de Freguesia de Amora, sob sugestão de um militante do PSD no Conselho Municipal de Segurança do Seixal, enquanto a remodelação da mesma não se cumpre, no sentido de assegurar as condições mínimas de segurança aos automobilistas e peões.

Daniel Geraldes disse...

Neste caso, estou solidario com o Presidente da CM Seixal e o seu executivo, senão vejamos:

-ao preço do do barril de petroleo nos dias de hoje, o não alargamento da Ponte da Fraternidade, implica o não incentivo ao andar de carro, o que vai proteger o nosso concelho de mais Co2 e diminuir o trafego, o que indirectamente incentiva as pessoas a andar de transportes publicos e consequentemente amplifica as preocupações ambientais desta malta que nos (des)governa, não cedendo aos interesses capitalistas do imperialismo americano...........

Gramsci disse...

Já ouvi coisas estupidas, mas esta última ultrapassa, em muito, os limites da estupidez. Boa, continuem o bom trabalho.

Anónimo disse...

Será que o presidente da CMS também é contra a travessia rodoviária na futura ponte Chelas-Barreiro para não ceder aos interesses do capitalismo americano.
Onde é que este proleta engoliu a cassete?

Luis Pedro Gonçalves disse...

Eu é que agradeço pela divulgação.

um abraço

Google