Comunicado do Secretariado da Comissão Politica Concelhia do PS Seixal


Acidente nas Antigas Oficinas CMS

Teve o Partido Socialista informação que faleceu por electrocussão um cidadão que alegadamente andaria a retirar cobre nos terrenos agora abandonados pela Câmara Municipal do Seixal) que foram em tempo as Oficinas da Câmara. Toda esta lamentável situação tem da parte do PS uma abordagem de reprovação: Reprovação porque antes de mais, a CMS não deveria, não poderia, abandonar um terreno com estas características e como foi evidente esse abandono verificou-se com o retirar da vedação e da empresa privada de segurança que assegurava a vigilância do local. Foi um alegado ladrão, não sabemos! E pela envolvente Urbana, se fosse uma criança? O que diriam agora? O mesmo que disseram no passado? O terreno está ao abandono numa zona nobre do Município, pois é a “sala de entrada” do nosso Concelho e neste momento mais parece com aquelas sucatas que proliferam ainda um pouco por todo o Concelho. Obviamente que entendemos o porquê desta situação, é que a CMS e o seu Presidente, pretendem ali construir mais um novo loteamento, mais casas, mais betão, mais alcatrão. E como é sempre pouco terreno para fazer mais habitação, até estenderam o Plano Inicial Fogueteiro - Torre da Marinha até á Arrentela. O PS há cerca de 4 anos que tem vindo a denunciar esta perversão do uso daquele solo que claramente aponta para uma área de lazer e descontracção pois além de ficar situada numa zona de grande impacto de imagem do Concelho ainda fica junto à grande superfície comercial, permitindo criar sinergias de lazer que potenciariam uma actividade lúdica por parte da população. Condenamos por isso o abandono, o desleixo e o desmazelo em que CMS deixou toda esta zona! Acreditamos que as autoridades que certamente investigam as razões da morte daquela pessoa naquele terreno consigam apurar eventuais responsáveis. Mas o mais importante nesta altura é apelar à CMS que intervenha de forma urgente naquele espaço, da sua exclusiva responsabilidade para que situações destas não se venham a repetir, pois, independentemente das razões que levaram ali aquele homem, dúvidas não existem que era um ser humano, igual a todos nós. Seixal, 27 de Maio de 2008

Sem comentários:

Google