Comunicado do Grupo Flamingo

Pela gravidade da situação relatada, transcrevo o comunicado difundido pelo Grupo Flamingo (Associação ambientalista do concelho do Seixal).
Esclarecendo ainda que sobre esta matéria pedi esclarecimentos ao executivo comunista, ontem em sessão pública de Câmara, sendo que me foi confirmada a situação aqui relatada. Dizendo o Sr. Presidente da Câmara que não poderia aceitar esta situação por ser comparável "a uma mulher que dá facadas no matrimónio", uma vez que a organização do evento se fazia num quadro de parceria e o Vereador Carlos Mateus afirmado que "tal era como se me convida-se para sua casa e eu disse-se mal dos cortinados". Sem mais comentários!




Retirado e proibido abaixo-assinado pela preservação do Sapal de Corroios na Feira da Terra

O Grupo Flamingo – Associação de Defesa do Ambiente foi convidado a participar, por um grupo de finalistas universitários, na Feira da Terra, que se realizou nos dias 7 e 8 de Junho na quinta da Fidalga no Seixal, a cuja organização também pertencia a Câmara Municipal do Seixal.
No stand atribuído à Associação, foi exposta diversa informação relacionada com as actividades desenvolvidas por esta nos últimos anos, merecendo particular destaque pela sua importância um abaixo-assinado que apela ao Senhor Presidente da Câmara Municipal do Seixal para que não licencie um estabelecimento para a engorda artificial de peixes que uma empresa privada pretende instalar no Sapal de Corroios, e para que seja preservada esta zona húmida que é a mais bem conservada de todo o estuário do Tejo, a sul de Alcochete, abrangida pela legislação da Reserva Ecológica Nacional.
Foi com espanto e indignação que no passado Domingo, 08 de Maio de 2008, recebemos, de uma técnica superior da Câmara do Seixal, a notícia que, aquando da visita do executivo camarário à Feira, este viu foi com desagrado o abaixoassinado exposto, razão pela qual a organização daquele evento retirou abusivamente aquele documento do stand do Grupo Flamingo. A ser verdade o que nos foi transmitido pela já referida técnica, esta atitude inqualificável demonstra a intolerância em aceitar posições e pontos de vista diferentes ou não estivéssemos num Regime de Estado Democrático, onde a liberdade de expressão é um direito de qualquer cidadão e de qualquer Associação conforme consagrado constitucionalmente.

9 comentários:

JS Seixal disse...

Não me espanta, embora queira acreditar que tal não se passou... Vindo de quem recusa ouvir a oposição em Assembleias Municipais estas atitude vem sublinhar a arrogância desta maioria cega e surda face às preocupações da população e dos diversos grupos cívicos e apartidários que se têm vindo a manisfestar!

Filipe de Arede Nunes disse...

A JSD Seixal manifestou também - no seu blog - preocupação face a este assunto!
Estou chocado com a confirmação - desavergonhada - dos factos descritos pelo comunicado do Grupo Flamingo.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Orwell disse...

Sr. Vereador
Seria interessante ouvir as declarações do Sr. Presidente da Câmara do Seixal relativamente à piscicultura no sapal de Corroios, declarações essas transmitidas no praça pública da SIC durante uma campanha autárquica.
Quanto à JS Seixal, acredite que é verdade. Se não acredita estude um pouco de história e perceberá que em nome do socialismo científico vale tudo, inclusivé admitir o capitalismo selvagem, como na China, tendo por fim último a prossecução do socialismo científico, seja lá o que isso for.
E já agora nunca se esqueça da máxima que Todos somos iguais, mas uns são mais iguais do que outros.

Anónimo disse...

Vale tudo...conheço bem esta pseudo associação ambientalista.
São hilariantes os seus textos iniciais sobre o sapal...depois lá foram aprender um bocadinho sorripiando aqui e ali alguma informação válida sobre o mesmo.
Mas o que ainda não percebi é se este flamingo mantém a sua tonalidade rosa inicial ou se terá já sofrido alguma mutação genética e tem agora também uma tonalidade laranja bem acentuada dada por mui nobres cidadãos apartidários...

Anónimo disse...

Se um falmingo incomoda muita gente...
Dois flamingos incomodam muito mais...

E se dois flamingos incomodam muita gente...
Três flamingos incomodam muito mais...

E se três flamingos incomodam muita gente...
Quatro flamingos incomodam muito mais...

E se uma população de flamingos incomoda muita gente...
UMA COMUNIDADE DE FLAMINGOS incomoda muito mais...

Os flamingos podem adquirir muitas cores, branco, rosa, laranja, vermelho... mas neste caso a tonalidade resultante da associação dos flamingos é neutra...

E se quatro flamingos incomodam muita gente...
Cinco flamingos incomodam muito mais...

Trálá lá lá...

Anónimo disse...

Um cidadão para intervir na sociedade tem de ser obrigatoriamente debaixo da capa de um partido? Uma visão destas chama-se sectarismo político primário. Ou seja ter duas palas e só ver o que lhe convém. Não conhecia o abaixo assinado mas por curiosidade fui lê-lo e não vi nada que ferisse a Câmara do Seixal. As acções não matam mas doem.

Anónimo disse...

A este tipo de censura chama-se fascismo, parece que a censura vem agora de quem no 25 de Abril a combateu.
O Povo unido já mais será vencido

Anónimo disse...

neutra?neutra?neutra?
Não as cores são rosa e laranja e têm nomes...

Anónimo disse...

Um não se espanta...o outro está chocado, estes comentários são de ir às lágrimas...ou não fossem os objectivos iguais e ignóbeis.

Google