Deixe os seus comentários relativamente aos Temas da Semana para o jornal "Comércio do Seixal"


Caros leitores,
Conforme o que já foi feito na passada semana, deixo-vos os temas da semana, para poderem escrever os vossos comentários, que serão publicados no jornal "Comércio do Seixal" após análise editorial.

Os temas da semana são:

Tema Local: Vencimentos dos adjuntos, assessores e afins na Câmara Municipal Seixal. Tachos ou necessidade?

Tema Nacional: Crise - Crise no Imobiliário, Petróleo e Juros. Quais os seus efeitos nos "bolsos" dos Portugueses?

Apenas os comentários inseridos até quinta-feira de manhã poderão ser tidos em conta para a próxima edição.

--------------------------------------------------------------------------------P.S. 1: A Internet é antes de mais um espaço de partilha e informação, será que algum dos meus leitores me pode ajudar, e enviar uma foto da assinatura do protocolo, entre a Câmara Municipal do Seixal e a Urbangol Limited (empresa sedeada no off-shore de Gibraltar e dona do Bairro da Jamaica - uma das maiores chagas sociais do concelho), onde intervieram em representação desta última o Sr. Gomes Alho e o Sr. Carlos Ramildes, ex-deputado do PCP e membro da Comissão Política e do Comité Central do mesmo Partido?


----------------------------------------------------------------------------------P.S. 2: Hoje tropecei neste blogue que sugiro que vejam. É de uma vizinha nossa e fala dos problemas de quem nos rodeia.
Afinal, a vida é feita de pequenas coisas e às vezes vale a pena parar para pensar nisso.

17 comentários:

Ponto Verde disse...

"O destino das 150 famílias não recenseadas no Plano Especial de Realojamento (PER) está por decidir"

Ora aqui está uma questão a responder e URGENTEMENTE ou temos de novo a Flôr da Mata na LUTA!

Anónimo disse...

Ningém melhor para responder á pergunta do tema local que o Sr. Vereador Samuel Cruz.

Rogério R. disse...

Caro anónimo, para responder a esta questão, melhor que o Sr. Vereador Samuel Cruz, responderia o Presidente da C.M.Seixal e Senhores Vereadores que detêm os pelouros que tratam destas questões, mas esses "népia" como é apanágio!

Anónimo disse...

É impressão minha ou o Sr. Rogério r.é assessor do Sr. Vereador Samuel Cruz?
Talvez candidato ao lugar...

Rogério R. disse...

Fique descansado que não sou assessor de ninguém, nem candidato a tal, é algo que não passa neste momento pelos meus projectos pessoais! A minha guerra neste momento é outra.
Mas confesso, que gosto muito de trabalhar com gente honesta e séria, e estou perfeitamente convencido de que o Sr. Vereador Samuel Cruz o é!

Ana disse...

TEMA LOCAL
Relativamente aos vencimentos dos adjuntos, acessores e afins no Seixal ou qualquer outro lugar sou da opinião que tudo depende do valor acrescentado que cada um possa trazer, não tenho bases para dizer se o Senhor em causa com os seus 4.400 €uros está muito bem ou muito mal pago, não conheço as suas competências, não sei do que é capaz de fazer pelo Seixal.
As questões relacionadas com o que cada um ganha são sempre muito subjectivas, pode ser que o referido Senhor mereça o que ganha e quem sabe até mais, é preciso saber sim quais as funções que lhe foram atribuidas, os objectivos que lhe foram estipulados e o seu grau de eficiência. Só depois poderemos avaliar o seu vencimento.
Mas na minha opinião o que está mal e me faz estar completamente contra é como decorreu o processo.
O Senhor foi "saneado" da camâra de Setubal, estava cansado, havia que dar lugar aos novos, precisavam-se de novas ideias, enfim tudo leva a pensar num processo escurissimo muito pouco transparente, com muitos "rabos de palha".
Pergunto o que não é bom para Setubal serve para o Seixal?
O Senhor era credor de algo por parte do PCP?
O Senhor fez alguma recuperação em um qualquer SPA e encontra-se agora no auge das suas competências?
Penso que o que aconteceu demonstra um total desrespeito pelos munícipes do Seixal, que o não merecem.
TEMA NACIONAL
Os efeitos nos bolsos dos portugueses serão mais do que muitos, não é por acaso que sempre se disse que quando os Estados Unidos espirram a Europa já está com uma pneumonia, agora imagine-se os desgraçados dos portugueses.
Penso que embora com muito atrazo há que reflectir no que realmente queremos para nós, especialmente no que à nossa auto suficiência diz respeito. Vi no decorrer desta crise algumas notícias sobre o que consumimos, o que produzimos e o que importamos, os números são para mim assustadores, há que criar um maior equilibrio entre os dois primeiros para que possamos reduzir as importações.
Utupia, dirão, concordo, não somos competitivos os custos de produção são o que são, mas, e há sempre um mas, não somos melhores nem piores que os outros, e se quizermos seremos capazes.
QUERER É PODER

Anónimo disse...

Mas há gente do comité central do PCP em todos os lados em posições privilegiadas? Um partido da classe operária não se percebe o que faz um menbro do comité central do PCP a ssinar um protocolo com o grande capital? Na camara a recibo verde também há um dirigente que é do comité central. Todos em grandes lugares. Eles comem mesmo tudo e não deixam nada.

Anónimo disse...

"O mal-estar começa a instalar-se entre os assessores dos gabinetes da vereação, em causa, para além da falta de orientação a discrepância entre salários. Contratados a prestação de serviços 3.750€, do Quadro entre os 1.000 e os 2.500 euros. Os curriculae falam por si, nos primeiros encontramos experiência partidária, nos segundos experiência profissional.
A quantidade de uns e outros também varia, começando pelo presidente com 1 do Quadro para 11 externos (incluindo os 2 adjuntos e o chefe de gabinete), o vice com 2 do Quadro e 6 de fora, Cardoso da Silva com 2 do Quadro, Rosalia Vargas com 4 de fora e 1 do Quadro, Sá Fernandes o recordista com 14 prestadores de serviço, só precisando de 2 motoristas e um auxiliar do pessoal da CML
E a oposição ?
Bem comecemos pelo ex, o Carmona, por lá vão passeando 4 do Quadro, 1 da EMEL e 4 CPS; os exes companheiros do ex, o PSD, tem 2 do Quadro e 5 de fora; a Helena Roseta tem 1 de dentro e 6 CPS; a CDU com 4 de CPS devido ao tempo de permanência em funções os 4 CPS até já poderiam ser do Quadro bastava que ganhassem um bocadinho menos."
(o revoltado em 6 e Abril de 2008, in cm-lisboa /cadavezmenoslisboa)

Pois é eles comem tudo e não deixam nada, é um facto.

Velas do Tejo disse...

O "Acessorismo" e o "Gabinetismo" são, por tradição, o lugar daqueles que nas universidades carregavam as pastas ao reitor. Nunca se sabe muito bem a que lobby estão agarrados, de que construtor são filhos(as) mas eles existem... e muitos... para fazerem muito pouco!

No entanto, não me preocupo com o que ganham. Sou mais preocupado com aqueles que trabalham e não ganham. O resto... é um mal que temos de suportar pelo calvário dos impostos.

Anónimo disse...

Sinceramente discordo de todo do chamado tema local, pois restringir ao munícipio do Seixal uma conversa sobre assessores e afins e tachos, acho algo despropositado. O que se esperava deste tema? Que o cidadão comum viesse para a praça pública falar sobre algo que é feito, sem muitas vezes o conhecimento dele?
Quantas nomeações para jobs já foram feitas pelos governos socialista e social-democratas?
Quanto se tem telhados de vidro (PS e PSD) porquê atirar pedras ao vizinho?
Claro custa-me entender que o senhor Aranha venha de Setúbal para aqui. Tal como me custa ver a nomeação do ex-presidente da junta de Corroios que abandonou a o mandato a meio para um trabalho na CM do Seixal.
Mas se até o seu colega de discussão no comércio do seixal nhor Doutor Paulo Cunha foi nomeado para um desses "cargos" por um governo social-democrata, nomeadamente para o centro de emprego de Amora? Certo? Isso visto de uma forma, algo ignóbil, poderia também ser visto como um tacho, devido ao facto de ter chegado a tal por nomeação.

Com os melhores cumprimentos "Paulo Assunção"

Anónimo disse...

...no caso do ex-presidente da junta houve apenas uma substituição de um assessor...

Anónimo disse...

Os vencimentos dos adjuntos assessores e afins na CMS são verdadeiros tachos. A Lei prevê um adjunto por vereador. Cumpra-se a lei. Não faz sentido que seja de outra forma. Um Vereador com competência para fazer um bom trabalho em prol da população precisa de apoio de fazer equipa com alguem que lhe assegure alguns procedimentos disponibilizando-o para se empenhar nas decisões politicas. O que acontece na camara do seixal é que os adjuntos e afins são tantos que se atropelam uns aos outros. No edificio dos Paços do concelho ninguem sabe ao certo quantos são, é um prédio cheio. Ninguem sabe o que fazem. Num municipio em que a competência quer do presidente quer dos vereadores é tão baixa, e isto não é calúnia, constata-se num breve passeio pelo concelho, os projectos inexistentes, o trabalho realizado pouco e mau para que são tantos assessores e afins se não for pelos tachos? Que assessoria prestam? E mais grave ainda há alguns que ninguem os vê mas sabe-se que recebem todos os meses de vencimento um euromilhões. Isto tudo num municipio em que há muita gente pobre, numa camara individada, em que as taxas de IMI são altas, as taxas em geral também e a água é cara.Tão elevado numero de assessores e afins e os chorudos vencimentos que ganham em comparação com a obra que a CDU devia ter feito e não fez é verdadeiramente escandaloso.

Anónimo disse...

anónimo das 11:28,por acaso sabe qual a causa da substituição,ou não quer dizer, que o doutor Pauleta ficou sem trabalho subitamente, a partir do momento em que vamos lá saber porquê,o trabalho dele fou desviado para a jurista Dra Manuela.Sabe quem é esta senhora?Ou tambem não quer dizer?

Anónimo disse...

Qual lei?

Conte-os na CMLisboa :

"A quantidade de uns e outros também varia, começando pelo presidente ( António Costa) com 1 do Quadro para 11 externos (incluindo os 2 adjuntos e o chefe de gabinete), o vice com 2 do Quadro e 6 de fora, Cardoso da Silva com 2 do Quadro, Rosalia Vargas com 4 de fora e 1 do Quadro, Sá Fernandes o recordista com 14 prestadores de serviço, só precisando de 2 motoristas e um auxiliar do pessoal da CML"

Lei? Qual LEI? Quantos contabilizou?

Anónimo disse...

O comentário do anónimo das 13.02 é um claro atestado de incompetência ao responsável deste blog, pois o Samuel Cruz é vereador na Câmara Municipal do Seixal com "competência baixa"...

Anónimo disse...

Não é preciso esclarecer para que se perceba que a falta de competencia está nos vereadores da maioria CDU que é quem tem o poder de aprovar projectos e quem tem os pelouros com maiores verbas para gastar e para receber. Parabéns ao Vereador Samuel que feito um trabalho exemplar apesar dos poucos apoios e apesar disso não lhe é dedicado nenhum espaço no Boletim Municipal. A falta de qualidade da gestão CDU que se vê no concelho não é da responsabilidade do Vereador Samuel é da responsabilidade da CDU/PCP em maioria na camara há 34 anos. O senhor anónimo já sabia que eu falava da CDU mas gostava de ver por escrito já lhe fiz a vontade.

Anónimo disse...

...gostei da análise editorial...que seleccionou os comentários publicados...tal como tinhamos combinado.
Parabéns, camarada!

Google