Dança de cadeiras ou Flexisegurança à moda do PC

Como já vem sendo discutido na blogosfera, o PCP parece que aderiu à Flexisegurança. Senão vejamos: o Vereador do Urbanismo que saiu da Câmara de Setúbal, com o anterior presidente, foi contratado por?... Pense lá bem... Hummm... Quem pensou Câmara Municipal do Seixal, acertou. É isso mesmo. É agora assessor do Vereador do Urbanismo. Este Concelho é um fantástico anfitrião. Mas não fica por aqui a Flexisegurança by PCP. Também o anterior Presidente da Junta de Freguesia de Corroios foi, a meio do mandato e sem que ninguém o fizesse prever, substituído. Aqui o caso é mais curioso, derivado do cargo que passou a ocupar: é agora adjunto do Vereador do Ambiente.
Já o anterior Chefe de Divisão de Recursos Humanos da Câmara Municipal saiu para ser presidente duma Junta de Freguesia, em Palmela (Quinta do Anjo, se não me engano), substituindo, desse modo, aquele que havia sido legitimamente eleito pelas populações.
Nada tenho contra as pessoas e não duvido da sua competência, até porque a maioria não as conheço. O problema é a forma de agir politicamente do PCP que faz eleger protagonistas, recolhendo com eles a confiança do eleitorado e depois os substitui, como se a célula do Partido detivesse maior legitimidade democrática que o voto das populações.
E não se fale em populismo fácil, por exemplo o actual presidente da Câmara Municipal de Sesimbra faz parte do quadro de arquitectos da Câmara Municipal do Seixal, nada tem extraordinário e não há motivo para criticar.
O que eu acho que está errado, é quem ocupa cargos conferidos pelo voto dos eleitores (depositário da sua confiança), quando sai, não dar qualquer prévia explicação aqueles que lhes possibilitaram a entrada nesses lugares.
O PCP com os seus jogos internos de poder, faz as mudanças que entende sem que os eleitores tenham uma palavra a dizer. Quando um eleito do PCP é mudado, os eleitores que podem apenas ter votado no PCP pela pessoa que estava à frente da lista, vêem assim perder aquele de quem gostavam sem qualquer possibilidade de acção contrária. Isto é subverter a vontade popular, o mesmo é dizer as regras da democracia.
Mas se tivermos em conta que na maioria dos casos são invocadas razões "pessoais" então ainda é mais estranho o que se passa, pois normalmente pouco tempo depois as mesmas pessoas já estão a desempenhar cargos de confiança politica do PCP mas agora nos bastidores.
O povo merecia mais consideração, mas afinal é isto o que se passa nos regimes totalitários comunistas, com a diferença que por lá não são obrigados a essa "chatice" das eleições, se calhar a surpresa nem devia ser nenhuma.
Ou então o PCP já aderiu à chamada Flexisegurança e não avisou ninguém: facilidade no despedimento e bons mecanismos de salvaguarda do camarada desempregado é isto a flexisegurança à PC!

23 comentários:

Velas do Tejo disse...

Não esquecer que em matéria de subversão da vontade popular, ainda há bem pouco tempo, na história da democracia portuguesa, um lunático chegou a primeiro ministro.

Anónimo disse...

Armando Vara, Jorge Coelho etc. etc etc etc

Anónimo disse...

António Costa ex- Ministro eleito e agora presidente da Câmara de Lisboa, alguèm conhece?

Samuel Cruz disse...

Ex-ministro eleito?
Sempre me há-de dizer quais são as eleições para ministro, que eu não conheço!...

Rogério R. disse...

Sr. ou Sra. Anónimo,
Santa ignorância! Ficamos á espera que nos informe que eleições são essas para ministros que também não tenho informação de que existam. Antes de escreverem o que seja, pensem bem antes de cometerem estas "bacuradas"!

Anónimo disse...

O PS é que é uma bacurada.
A questão essencial não é se foi ou não directamente eleito (realmente não foi), no caso pouco interessa que não tenha sido eleito...foi convidado pelo sr.1º ministro para nº 2

Anónimo disse...

O PS é que é uma bacurada.
A questão essencial não é se foi ou não directamente eleito (realmente não foi), no caso pouco interessa que não tenha sido eleito...foi convidado pelo sr.1º ministro para nº 2

Anónimo disse...

Ó companheiro de anonimato, vc não quer entender a diferença? Uma coisa é as pessoas votarem em caras, rostos, faces, e dps ficarem deturpadas com a saída dessas caras, rostos, faces lá do sítio pra onde foram eleitos.
Outra coisa é um tipo qq ser convidado pra um lugar e a meio apetecer-lhe sair. Ninguém votou nele, n vai defraudar o voto do eleitor!
Apanhou ou precisa que lhe faça um desenho?

rogerio r. disse...

Um desenho em folha A3, mesmo assim ...

Anónimo disse...

Aonde é que eu me posso inscrever para ser eleito ministro? Aguardo.

Anónimo disse...

O Presidente da Câmara de Sesimbra pertence aos quadros da Câmara? Em que Departamento é que trabalhou? Em nenhum que me conste. Nunca ninguém lá o viu. Flexisegurança no PCP ainda é mais interessante muda dum lado para o outro tira e põe sem o mínimo de respeito por ninguem.

Anónimo disse...

Façam lá o desenho.

Anónimo disse...

Para ser eleito ministro pode-se increver ou no PS ou agora tem uma boa oportunidade se se inscrever no PSD.
Percebeu ou tenho que lhe fazer um desenho?

Anónimo disse...

As pessoas votam em projectos e não em caras...caso contrário era mais um concurso de beleza.

Samuel Cruz disse...

Ao último anónimo:

Também acha que na URSS toda a gente gostava mesmo era de andar de Lada, não é?
Actualize-se homem, já estamos no sec. XXI.

Anónimo disse...

...à falta de argumentos é sempre a mesma cassete. Não, sinceramente não acho preferiam o seu ford fiesta.Quem parece necessitar de actualização és tu boy.

Anónimo disse...

Ao anónimo do concurso de beleza:
Qual era o projecto da CDU? Já estou mesmo a imaginar todos os vossos votantes a conhecer o projecto que vcs defendem... Mas olhe, se é por projectos, aconselho-o a, nas próximas eleições, concorrer como independente e sem fotografia, apresentando só o projecto que defende. Pela sua lógica irá ganhar de certeza!

Jorge Pieta disse...

Essa do voto em projectos e não em caras até parece de outro mundo! Qual é o projecto da CDU no Seixal? Em Lisboa votaram no António Costa ou no projecto? Qual o projecto da Dra Manuela Ferreira Leite?

Anónimo disse...

Senhor anonimo então a inscrição no PCP não é valida para ministro? Então o PCP é um partido zero à esquerda? Bem me parecia.

Anónimo disse...

eu bem me parecia que isto não ia lá sem o desenho...é claro que também se pode inscrever no PCP, BE,CDS-PP mas no seu caso não adiantaria muito a nenhum deles, devido ao tamanho das suas orelhas.

Orwell disse...

Cada vez mais a política não se compadece com práticas pouco transparentes e desonestas.
Cada vez mais as pessoas exigem seriedade intelectual e política.
Não querer ver isto é querer que a abstenção no Seixal aumente cada vez mais de 4 em 4 anos, nas sucessivas eleições autárquicas.
É claro que neste cenário o pseudo projecto da CDU é que sai beneficiado.
Porém, um dia o Bloco de Leste também se vai desintegrar no Seixal.

Anónimo disse...

Já agora o projecto ao qual se refere o ilustre apreciador de desenhos é aquele em que a CDU nos 32 anos que leva de poder autárquico devia ter construído cerca de 25 escolas do Ensino Básico de forma faseada, planeada e antecipada e não o fez?
Pois é, de facto é mais importante organizar manifestações, greves e outras acções de rua contra os Governos Centrais do que fazer aquilo que lhe compete enquanto poder autárquico.
Está visto o projecto.

funcionario da cms disse...

Infelizmente na camara do seixal mudam as pessoas do serviço para ficar pior veja-se a Divisão de Recursos Humanos donde tiraram um técnico com alguma experiencia para porem a incompetente que lá está agora. De tão incompetente que é não consegue chefiar a divisão de recursos humanos não consegue cumprir os seus objectivos nem fazer cumprir os objectivos dos outros. A sua incompetencia está a dar num prejuizo para os trabalhadores que não tem classificação de serviço e vão ser penalizados nas promoções por isso a responsabilidade é da chefe dos recursos humanos que é para isso que lhe pagam. Não tem competencia mas vai aos jantares do partido comunista. Outra substituição indecente foi a chefe das aguas trocada por outra incompetente.

Google