IMI - Preservar é Ganhar

Quem circular pelo concelho de Almada notará que aí decorre uma campanha denominada "Habitar é Conservar". Esta campanha consiste em bonificações em sede de IMI, a quem em várias zonas do concelho proceda à realização de obras de conservação, e isso pode significar uma redução em 30% do Imposto Municipal sobre Imóveis. Os 30% de redução do IMI decorrerão em 2009, para aqueles proprietários que até 30 de junho de 2008 comprovem ter realizado obras de beneficiação de Julho de 2000 para cá. Em contrapartida desta beneficiação, para todos os edifícios considerados degradados o IMI será agravado, ou seja, "aqueles que face ao seu estado de conservação, não cumpram a sua função satisfatoriamente, ou façam perigar a segurança de pessoas e bens".
Por outro lado, para combater a desertificação dos centros históricos, e incentivar à colocação no mercado de arrendamento das casas devolutas a CM Almada concede uma redução de 20% no IMI.
Estas majorações e bonificações estão previstas no Código do IMI e visam justamente incentivar o mercado de arrendamento e evitar o abandono dos núcleos históricos, assim como a recuperação do património edificado. Há dois anos que venho dizendo isto sempre que nas reuniões de Câmara se discutem as taxas de IMI a aplicar pelo Municipio, infelizmente sem resultados práticos...

1 comentário:

josé Assis disse...

Continua o massacre chinês no Tibet , com os comunistas a defender o que apelidam de "estabilidade" .

o nosso lamento para uma visão completamente contrária aos valores da Liberdade e da auto determinação dos Povos, defendida pelo PCP .

José Assis

Google