Quadratura do Círculo

A expressão é antiga, mas ouve-se mais agora devido ao programa da Sic/Notícias. É um problema muito interessante e um dos primeiros a abordá-lo foi Anaxágoras há 25 séculos, numa altura em que a amizade com Péricles lhe proporcionou o estatuto de preso político. Esse tempo foi aproveitado para pensar no modo de construir um quadrado cujo perimetro fosse igual ao de uma circunferência. Para o fazer tinha somente régua e compasso. Durante séculos os gregos tentaram resolver o enigma sem sucesso. Depois os matemáticos, dos medievais aos modernos. Tal ficou conhecido como um desafio inultrapassável, não que fosse impossível de realizar, mas vago. Voltaire nas suas" Cartas de Inglaterra" fala da «quadratura do círculo impossível em qualquer geometria», descrevendo-o como «um inútil objecto de procura dos Antigos». O filósofo que tanto fazia o elogio do empirismo não achou a solução. Porque de facto o problema não tem solução. Lindemann, um matemático alemão, demonstrou-o em 1882. Uma rara ocasião em que a matemática reconhece os seus limites.
Vem isto a propósito da minha reflexão de fim-de-semana, terá o Seixal ainda solução?

5 comentários:

luis lopes disse...

è dificil seres mais feliz num post,como foste neste.A analogia é espectacular.Parabens.

Anónimo disse...

Receio que a destruição seja demasiado profunda que já não tenha retorno pelo menos por uma geração senão por mais. O tempo que se perdeu ainda que fosse possível levaria muito tempo a recuperar.Èm desordenamento do território só com implosão da alguns prédios ou talvez não. Mas apesar do estado a que as coisas chegaram eu acredito que sem a CDU é possível ainda fazer do concelho do seixal um lugar minimamente aprazível. Para isso só é preciso que o Sr. Vereador Samuel não desista de lutar pela mudança e que a população seja informada do que poderá ganhar se deixar de se abster e for votar. Os actuais politicos da cdu estão rançosos, fora de prazo, é preciso virar uma página de 30 anos e dar vida a este concelho de acordo com a nossa época e o nosso sítio e não como se estivessemos a viver na Sibéria. Cabe-lhe a si Sr. Vereador uma parte importante de responsabilidade para a mudança. Um abraço.

Velas do Tejo disse...

Claro que sim,
A solução está no fenómeno Tunguska, pulverizando tudo ao seu redor. Mais referências em: http://baiadoseixal.blogspot.com/2008/01/tunguska-catstrofe-ou-soluo-para-caos.html#links

www.jsdseixal.com disse...

PSD SEIXAL COLOCA OUTDOOR SOBRE DESTRUIÇÃO DO SAPAL.

VER TUDO EM:

www.juventudeseixal.blogspot.com

www.jsdseixal.com/blog

Filipe de Arede Nunes disse...

Exmo. Sr. Vereador,
Confesso que aguardei todo o fim-de-semana pela resposta à questão que coloca.
Confesso também que a questão induz em mim um misto de sentimentos: será que já desistiu?
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Google