Quem tem medo do Progresso?

A JSD veio insurgir-se contra a ideia da construção de um parque temático no nosso concelho que versasse a época dos descobrimentos.
Espantoso que tenham logo vindo a questionar os hectares a afectar ou a desafectar, com a especulação imobiliária que lhe poderia estar subjacente, com as acessibilidades, com os custos da sua construção, nada disso está em causa neste momento – não está definido o tamanho do parque nem onde deve ser instalado, como veremos adiante.
Parece que o que a JSD quer para o concelho é o imobilismo e a estratégia de desenvolvimento turístico preconizada pelos comunistas.
A JSD está satisfeita com a realidade que se vive no Seixal. Assistiu recentemente à ancoragem, com fins turísticos, de um barco na Baía do Seixal, mas que depressa zarpou ficando mais um cais para pousio de gaivotas. “Vivem” num concelho, que será quase único neste país; onde praticamente não há unidades hoteleiras, onde o comércio tradicional e a restauração esperam por clientela que se “acotovela” nas grandes superfícies.
Não descortina a JSD que não pode haver captação de receitas provenientes do turismo sem turistas e estes só visitam se houver motivos de interesse e, com todo o respeito que merece o património actual do concelho não é suficiente para atrair um nicho de mercado capaz de deixar receitas significativas e que possam contribuir para o desenvolvimento económico do concelho.
Ficamos todos a saber que os “laranjinhas” do nosso concelho querem viver em clausura e distantes do progresso. Há por aí uns mosteiros que têm falta de ocupantes; mas o que eles não nos dizem é quantos parques temáticos já terão visitado por essa Europa fora ou até noutros continentes e onde terão deixado parte do seu pecúlio.
Quanto ao lugar onde poderia ser implementado, refiro apenas a título de exemplo, Fábrica de Lanifícios da Arrentela e antigas oficinas da Câmara Municipal, Parque Industrial do Seixal ou mesmo pode um Parque ser desenvolvido por pólos que se espalhariam por diversos pontos do concelho.
Um parque temático não tem que ser um projecto megalómano; tem, isso sim, de ser atractivo e bem desenhado em função do público-alvo que se quer atingir.
Não seria interessante o concelho do Seixal ser capaz de potenciar a visita de milhares de turistas que circulam por Lisboa e linha de Cascais, mas que nunca ouviram falar do Seixal?
Saberá porventura a JSD que Portugal tem apenas cerca de 10 parques temáticos, dos quais uma parte assenta em parques zoológicos; a Espanha tem mais de 180, onde, por exemplo, a Catalunha tem perto de 40, as Canárias têm cerca de 30 e Madrid tem cerca de 15? No Reino Unido há cerca de 55, na Holanda 44, na França mais de 40, na Bélgica mais de 35, assim como idêntico número na Dinamarca, para não me alongar em mais números?
Pode a JSD ficar deleitada com as propostas que o PS faz, mas a população do Seixal sabe que o futuro se cria com dinamismo, assente em ideias e projectos alternativos aos que nos são apresentados pelos comunistas no poder, mas que cada vez mais deixam o nosso concelho na cauda dos melhores padrões de desenvolvimento e qualidade de vida.


Acorda Seixal

Fonseca Gil, Presidente da CPC do PS Seixal

5 comentários:

Filipe de Arede Nunes disse...

JSD Seixal responde ao Exmo. Sr. Dr. Fonseca Gil, presidente do PS Seixal.
Ver em:
www.juventudeseixal.blogspot.com
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Anónimo disse...

Podem pagar-te outdoors
Podem-te fazer assinar cartas q não são tuas
Mas dificilmente te ajudarão a raciocinar.

Não lhes leves a mal.. é simplesmente falta de hábito....

André

Pina Martins disse...

Caros Bloogers,

Enquanto Presidente da JSD Seixal, queria deixar aqui algumas notas importantes para esta questão:

Primeiro ponto: Não somos contra um parque temático sobre os descobrimentos ou sobre qualquer outra coisa no nosso concelho por princípio.

No Post feito pelo companheiro Filipe Daniel Nunes, apenas surgem algumas questões que gostaríamos de ver respondidas por parte do PS Seixal. Não diz que somos contra nem deixamos de ser, o que me deixou indignado pela posição assumida pelo Dr Fonseca Gil, partindo do princípio que a JSD estaria contra esta proposta do Parque Temático.

Em segundo, a JSD não concorda que no PDM do Seixal devesse estar presente/previsto um local (que afinal de contas ninguém na realidade sabe onde) para fazer um suposto (pois penso não existir nenhum projecto nesse sentido) parque temático.

É uma ideia que até pode ser interessante, mas só poderei afirmar tal coisa depois de ver o projecto, que afinal não existe.

Para terminar, não irei responder a qualquer acusação feita à JSD Seixal, pois penso que todos conhecem as posições assumidas aqui, na Assembleia Municipal e nos cartazes espalhados por todo o Seixal contra a governação comunista e a favor do desenvolvimento do nosso concelho.

Obrigado pela atenção de todos,

Anónimo disse...

Fechamos SAP e abrimos um Parque Temático?? Onde?? No local do futuro hospital

Ponto Verde disse...

Bom, já percebi que abriu a pré campanha eleitoral...

Google