O smart-xerife

O rockeiro Ozzy Osbourne ganhou fama, além da música, por muitos actos irreverentes. Entre eles, pelas várias formas de insultar a polícia, quando por eles era abordado, por uma qualquer razão. Agora, a polícia, quiçá relembrando-se de Ozzy, decidiu-se por fazer algo inédito. A ideia partiu do xerife da cidade de Cass County (Minnesota), que resolveu montar uma festa falsa antes de um concerto de Ozzy Osbourne, em Fargo. Sabendo que grande parte dos frequentadores do concerto de Ozzy são apreciadores de festas, o xerife teve a brilhante ideia de mandar 500 convites em nome de uma empresa fictícia a 500 indivíduos procurados pela Justiça. O balanço não podia ser mais positivo: 36 detenções e 46 notificações judiciais foram entregues, estas na sua maioria por crimes menores como o não pagamento da pensão de alimentos e a não comparência em Tribunal para julgamentos.
Ozzy é que não gostou que o xerife o tivesse usado como isco e já exigiu que este venha a público pedir desculpas pelo seu procedimento. Ozzy afirmou mesmo que a atitude do xerife "foi insultuosa" para ele e para os fãs e que só mostrava "o quão este xerife é preguiçoso" para fazer o seu trabalho como deveria.
Ele há com cada artista...

1 comentário:

Velas do Tejo disse...

Ora aqui está uma excelente ideia para a PGR apanhar a rapaziada dos apitos dourados... Nada que não se resolva com o protocolo com o "Perola Negra" a norte ou com o "Elefante Branco" a sul.

Garantidamente que o termo "ser-se apanhado com as calças na mão" faria sentido.

Google