Liberdade Sindical - Câmara Municipal do Seixal impede Sindicato de reunir com trabalhadores

A Câmara Municipal do Seixal, desde 2006, que não responde aos pedidos de autorização feitos pelo SINTAP para realizar plenários para os trabalhadores da autarquia.
Assim sem a devida autorização, o SINTAP – sindicato dos trabalhadores da administração pública, fica impedido de reunir com os trabalhadores.
O último plenário que o SINTAP realizou com os trabalhadores foi em Dezembro de 2005, no auditório do estaleiro municipal na Cucena, com grande participação dos trabalhadores.
Na altura foi fácil constatar a necessidade premente que os trabalhadores da autarquia do Seixal, tinham de informação credível e actualizada em matéria sindical.
Esta tomada de posição por parte da Câmara Municipal do Seixal é uma clara violação da liberdade sindical estabelecida no decreto-lei n.º84/99 de 19 de Março.
Mas o que é mais estranho, é que este procedimento é só para o SINTAP, porque para outra força sindical, a Câmara não tem o mesmo trato.
Será que o comportamento da Câmara Municipal do Seixal, tem a ver porque o SINTAP é um dos maiores sindicatos nacionais, e também um dos com maior representatividade na UGT?
Esta atitude da Câmara, nada lhe fica bem, porque assim, revela, que tem preferências sindicais, e com esta fórmula, pretende, controlar os trabalhadores.
O SINTAP vai voltar a insistir no pedido de autorização de plenário para os trabalhadores da autarquia do Seixal, no mês de Fevereiro de 2008.
E caso o Senhor Presidente não responda ao nosso pedido, não nos resta alternativa senão realizar um plenário com dirigentes e activistas sindicais á porta dos paços do concelho do Seixal.

Aníbal Moreira
Coordenador do SINTAP*/Almada
*Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública

Artigo Jornal Comércio do Seixal edição de 2008.01.11

4 comentários:

Paulo Edson Cunha disse...

Samuel, Isto sem polémica não tem piada.
Assim sendo vejam "jamais" em
"A Revolta das Laranjas"
http://pauloedsonc.blogspot.com/
Um abraço.
Quanto a este post:oportuníssimo

Velas do Tejo disse...

Afinal os gajos sempre aprenderam alguma coisa com os fascistas!

Isto está bonito! Ai está, está!

Anónimo disse...

Nem imaginam o que o Xôr Presidente da CMSeixal, diz e decide.
Os trabalhadores, andam bem controlados.
Brevemente mais noticias, fesquinhas.....

hkt disse...

Os trabalhadores da CMS não podem?... Então no "concelho de Abril" os trabalhadores não podem? será caso para dizer:
"Bem prega Frei Tomás...". Um tema a seguir com interesse.

Google