Comissão de estética

António Costa pretende constituir na autarquia de Lisboa uma "comissão de estética", formada por técnicos, com a incumbência destes se pronunciarem sobre propostas de ocupação do espaço público, para evitar que a cidade seja contaminada por "mamarrachos". Costa abordou este tema na sequência de uma votação que ocorreu na Câmara, quanto à doação de uma escultura à autarquia, com a condição desta ser instalada a frente da sede dos doadores. Se a exigência por si só é estranha, cria obviamente precedentes complicados. Esta polémica medida foi aprovada porque a grande maioria dos deputados se absteve. Helena Roseta chegou mesmo a classificar a situação de "abusiva", como que se de uma "privatização de espaço público" se tratasse. Se cada um que doe uma obra à cidade a exija à sua porta, a cidade ia ficar muito sui generis, comentou-se pelo PSD.
A escultura de Rui Chafes destina-se à Av. da Liberdade, à frente do nº 224, e terá cinco metros de altura. O vereador Manuel João Ramos (Cidadãos por Lisboa) já anunciou a intenção de doar à cidade uma obra, de sua autoria, com cinco centimetros, intitulada "Quero ser como tu", para colocar ao lado da obra polémica.
No mesmo sentido, também a Câmara Municipal da Figueira da Foz decidiu impôr critérios de qualidade estética, ao nível da forma e dos materiais utilizados, nos 54 painéis publicitários que possui na zona urbana da cidade. A decisão da autarquia já vigorou no concurso de concessão daqueles espaços publicitários.
Isso faz com que «todos os painéis publicitários tenham de cumprir critérios de qualidade estética. Vão desaparecer aqueles ferros enferrujados do tipo 'carril de comboio', todos vão ser revestidos a alumínio com um caixilho em redor», afirmou Lídio Lopes, vereador do pelouro. Mais interessante ainda será saber que a receita com os painéis publicitários aumentou cinco vezes, passando dos 31 mil euros arrecadados em 2007 para cerca de 151 mil em 2008.
Pensando nas atitudes das autarquias, quer na Figueira, quer em Lisboa, por motivos diferentes, e reportando-me ao Seixal, sinto que neste concelho há uma gritante falta de preocupação pelo plano estético urbano. Há constantes atropelos paisagisticos e estéticos sem que nada seja feito para mudar, ou alertar quem mal procede. Mas, uma coisa é certa, a autarquia tem de olhar primeiro para si mesma. Antes de poder exigir...
A criação de uma comissão de estética no Seixal parece-me uma boa ideia.

6 comentários:

Paulo Edson Cunha disse...

Samuel, pertinente este post.

Um desafio: passem pelo blogue "Revolta das Laranjas " e:
Vejam e comentem em
http://pauloedsonc.blogspot.com/
requerimento apresentado pelo deputado do PSD para Círculo de setúbal, sobre Sapal de Corroios

aldeia pp disse...

Esta proposta da comissão municipal de estética urbana foi uma proposta apresentada pelo vereador da CDU Ruben Carvalho e que António Costa acolheu ao bom estilo do PS, o que à partida foi uma boa ideia, na prática foi completamente desvirtuado, pois dessa comissão municipal de estética urbana fazem parte o Presidente da CM de Lisboa, 3 membros dos serviços da CM Municipal de Lisboa designados pelo Presidente da CM de Lisboa, 3 cidadãos de elevado mérito (o que é isso?) designados pelo Presidente da CM de Lisboa e depois outros três membros designados por outros organismos, por isso digo o que à partida foi uma boa proposta por parte da CDU, foi desvirtuada pelo PS e é agora demagogicamente aproveitada por António Costa, pois é fácil verificar que dos dez elementos que compõem a dita comissão 7 são nomeados pelo presidente e os partidos que estão na oposição em Lisboa são colocados à margem desta comissão, uma vez mais a deprimente propaganda socialista ao seu melhor estilo, como tal para ter uma comissão faz de conta como a de Lisboa é preferível não ter nenhuma no Seixal, mas continuo a achar que uma comissão de estética como órgão consultivo fará sentido se na sua composição se reflectir as diversas sensibilidades da região em causa, à partida continuo a achar uma boa ideia do Ruben de Carvalho, mas se for para fazer uma fantochada à António Costa parece-me uma má ideia, que não passa de um organismo para dar umas senhas de presença extra, existe certamente sítios mais importantes onde gastar o dinheiro dos lisboetas, do que numa comissão feita à medida pelo Presidente da Câmara.

Anónimo disse...

É o PS ao seu melhor Nivel.

Propaganda Propanganda Propaganda

Ponto Verde disse...

A ideia é do ponto de vista filosófico arquitectónico, discutível, porque tem a ver com a definição de estética e com o medo que muita inteligência tem de modelos tipo Raul Lino - Estado Novo...

Definir o que é boa ou má arquitectura também dava pano para mangas, mas isto é uma questão para países sérios em que só Arquitectos assumem obra de arquitectura...

A grande questão é que em Portugal se bateu no fundo e a questão nem é de boa ou má arquitectura, trata-se sim de espaço habitável ou não e a maioria do concelho do Seixal é francamente MAU!!!

Há as questões dos clandestinos dizem-me à partida...mas o que se tem feito em volumetria e mau gosto tem a ver sim com obra assinada e autorizada pela autarquia...onde reina o "kitch"...

Esta obra oficializada abunda por aí, tropeçamos nela a toda a hora... e depois há também ilegalidade reinante a que ninguém põe cobro como por exemplo a anarquia da Estrada de Sesimbra entre a Flor da Mata e o Marco do Grilo. Quem autorizou tudo aquilo ?
Não me vão dizer que os fiscais não viram ????

Tudo se vende, até o corpinho, com entrada directa para uma estrada nacional, apesar da autarquia a ter baptizado de Avenida, depois há a anarquia dos cartazes e as roulottes, dois pontos em que se poderia começar para pôr ordem neste caos inestético!!!

Curiosa a teoria do comentador Aldeia, ao admitir uma comissão de estética para o Seixal está a reconhecer o falhanço da estética de trinta anos CDU!!!

Ponto Verde disse...

É curioso ver o "Aldeia" que pela sua definição é "Não sou deputado, não pertenço a nenhum executivo autárquico, não sou funcionário público, sou habitante da Aldeia de Paio Pires e militante do PCP" não descartar uma comissão de estética Seixal...

É honesto reconhecer o caos urbano e ambiente feio que nos rodeia.

A ideia é excelente e como sou um pragmático não um comunista embrenhado em aspectos formais, achando no entanto que há questões do foro estetico-filosofico-arquitectónico... qualquer pessoa de bom senso e com o minimo de bom gosto e formação reconhecida na área faria um trabalho critico enriquecedor comparativamente ao mundo que se foi construindo á nossa volta nos ultimos trinta / quarenta anos...

Zé Alfacinha disse...

caro amigo Samuel, já lá vão uns anitos ... desde aqueles tempos intempestivos da UM ;)
Estimo ver-te de plena e activa saúde e militância, nesse "nosso" Deserto da Margem Sul, por onde atravessei vezes sem conta, tal qual camelo ou dromedário, em busca do conforto do oásis e da serenidade marítima ...

um abraço amigo, vêmo-nos por aí ...
www.estalisboaqueeuamo.blogspot.com
:+:

Google