Escolas mais participadas, autónomas e com liderança


O Primeiro-Ministro apresentou as linhas do novo regime de autonomia, gestão e administração escolar no debate mensal, na Assembleia da República, em 11 de Dezembro. José Sócrates apontou três objectivos: «abrir a escola, reforçando a participação das famílias e comunidades na sua direcção estratégica»; «favorecer a constituição de lideranças fortes»; «reforçar a autonomia das escolas». Assim, a direcção executiva das escolas será assumida por um director - que terá de ser professor - responsável pela gestão administrativa, financeira e pedagógica e responderá «face às famílias e comunidades locais, através do conselho geral em que estas estão representadas».
Esta é uma boa notícia e um contributo importante no sentido de aproximar a comunidade envolvente do espaço escola, nomeadamente as autarquias. Os Sindicatos e os Pais concordam, a oposição está contra... É já um clássico!

5 comentários:

Ponto Verde disse...

A publicidade do BES é, quer queiram, quer não, arrazadora para o novo cálculo das pensões.

O Blogue da Aldeia pegou com oportunidade no assunto... e dou-lhe razão!

Conclusão , a inclusão de publicidade do BES é uma opção legítima é claro, mas permite alimentar uma também legítima associação de ideias que é pena, o blogue até estava a ser um bom blogue...

Anónimo disse...

Assim se vê a transparência de um vereador... Em 15 de Dezembro escreve um artigo num jornal local a defender as virtualidades dos PPR's. Na mesma altura, no seu blog, reproduz esse artigo... Como se não bastasse, insere no seu blog publicidade do BES aos PPR's. Não há dúvida transparência mais transparente não pode haver... E já agora senhor vereador, podia informar qual era a empresa que ia vender o barquinho para fazer de pousada na baia?

Samuel Cruz disse...

Caros,

A publicidade é do Google Ad Sense, não directamente ao BES, de qualquer forma não tenho a minima intenção de controlar os conteúdos publicitários. São feitios, eu sou assim, para o liberal...
Quanto à insinuação do barquinho, olhe: Vá à merda!

Anónimo disse...

Senhor vereador, vá lá não se chateie, não há razão para isso... Mas já agora depois de ter defendido o encerramento dos SAP's no concelho do Seixal, vai haver publicidade no seu blog a alguma clinica com serviços médicos de urgência, é que desculpe-me é a única explicação para a defesa que fez do encerramento dos SAP's...

Anónimo disse...

Por mais que cada um queira ter um posto médico à porta é preciso reconhecer que no concelho do seixal não se sente a falta do posto médico que fechou. E depois de passado algum tempo do posto médico fechar e porque já recorri algumas vezes ao SAP agora aberto verifiquei que não havia aglomerado de doentes como o PCP faz crer mão pioraram as condições de atendimento nem a espera. O serviço de atendimento melhorou na forma como os doentes são tratados e no tempo de espera. Começo a dar razão ao governo por ter centralizado os médicos dos Saps porque se vê a melhoria. Falo por experiência própria, não tenho seguro de saúde e tenho larga experiência em recorrer ao serviço nacional de saude. A Camara do seixal em vez de mobilizar sempre os mesmos do costume para ir fazer manifestações contra o governo era melhor empenhar-se mais nas suas competências para melhorar as condições de vida da população num concelho onde se não fosse por amor à terra só dava vontade de fugir tal foi o ponto de degradação a que isto chegou. Não sou do PS, mas reconheço quando as coisas são boas ou não. Não quero que o PCP continue a tentar destruir o que de bom se quer fazer. Não quero que o PCP continue a entravar a mudança no meu pais com os seus métodos duvidosos que usa para se segurar no poder. O meu obrigado ao Vereador Samuel pelo forma como nos tem trazido ao conhecimento do público em geral informação muito útil.

Google