Curiosidade republicana

Falei aqui ontem de história do Seixal e dos tempos conturbados da I República, volto hoje ao tema, com uma curiosidade bastante assinalada noutros concelhos mas que no nosso passa absolutamente despercebida. O facto é que a República no Seixal foi declarada a 4 de Outubro de 1910, um dia antes do ter sido em todo o País. Possivelmente, a maioria dos seixalenses desconhece este facto histórico, mas ele realmente aconteceu, e teve uma importância decisiva no desenrolar dos acontecimentos no dia seguinte e, consequentemente, na implementação do regime republicano no nosso país. É que foi justamente o decretar da República no Seixal, no Barreiro, Almada, Moita e Loures, logo no dia 4 de Outubro que teve um efeito indutor e levou também à queda da monarquia em Lisboa. A este feito ficou indelevelmente ligado o nome de António Augusto Louro que, talvez guiado por mentes elucidadas do progresso de outras paragens, fazia por seguir na vanguarda da inovação, tendo fundado em 1907 o Centro Republicano do Seixal, presume-se que, de extrema importância para a aceitação inequivoca da República em 1910.
Pena é que, actualmente, nada seja feito no Concelho para celebrar uma data tão importante na história seixalense. Não peço uma comemoração dispendiosa e excessiva como a que é feita para celebrar o 25 de Abril, mas algo que realmente fizesse lembrar a data e o feito inédito.

Sem comentários:

Google