Bilhetes de borla para todos no Metro Sul do Tejo

Um leitor "atento" acusava-me, há poucos dias, de demagogia por ter proposto a baixa das taxas a cobrar nos impostos municipais, nomeadamente na derrama e IMI (antiga Contribuição Autárquica).
Gostava de saber o que pensa este leitor sobre a novidade proposta pelo Presidente da Câmara Municipal: Bilhetes de borla para todos no MST!
Afinal estamos só a falar de um investimento de 168 milhões de Euros, com um custo de exploração diário de aproximadamente 15.000 Euros. E é claro que acresce ainda este pequeno detalhe, a exploração é feita por privados.
Quando a Câmara Municipal nem sequer parques/zonas de estacionamento se preocupou em criar, ou pelo menos reservar o espaço necessário à criação dos mesmos junto ao traçado do Metro, vêm agora exigir aos privados que não cobrem bilhetes (custam 85 cêntimos cada, relembro).
Sr. Presidente deixo-lhe antes uma outra sugestão: Proponha a nacionalização da empresa, assuma a Câmara Municipal a gestão da mesma e então, aí sim, arranje uns bilhetinhos à borla para a malta...
Isto sim, é demagogia!

P.S: Se calhar acontecia era como recentemente à agua no concelho do Seixal, criava-se uma taxazinha de mais 50% para a limpeza das carruagens!

20 comentários:

Anónimo disse...

Á borla??!!
então um gajo se pedir uma certidão ou uma planta de localização na camara do seixal é ums dezenas de euros !

Á borla... Ele há com cada uma ...

Anónimo disse...

Como só me falta ver um porco a andar de bicicleta- hoje fui bafejado pela sorte de me enviar um mail para divulgação do seu blogue.
É preciso muito descaramento para utilisar um meio municipal para se promover, ou aos seus interesses.
Descanse que não sou comuna e não gosto deles, mas também não gosto destas atitudes/aproveitamentos.
Já agora pergunto-lhe: escreveu no PC da Câmara, no período em que esta lhe paga para ser Vereador ?
Haja decência !
Um revoltado.

Anónimo disse...

Fui o que escrevi agora mesmo. Vi que o meu comentário está dependente da sua aprovação. Lindo ? Só faltava esta prova insofismável !
Deixe estar que se não publicar esta e a outra hei-de arranjar maneira de lhe dar o correctivo devido. Grande democrata !

Samuel Cruz disse...

Caro anónimo,

Como vê publiquei os seus comentários, neste espaço a opinião é livre, só a ofensa não.
Mas deixe-me que lhe diga: eu estou de pé, assino e assumo o que escrevo, o mesmo não posso dizer de si.
Quanto à utilização dos meios, que não são, nem meus, nem seus, nem da Câmara, são do Povo, é justamente para isto que me elegeram, fazer política, quer goste, quer não. Mas para que fique tranquilo, é meia-noite e meia e naturalmente estou em minha casa, no meu computador.
Quanto às ameaças... Tou cheio de medinho.
Beijo,

aldeia pp disse...

Não sei se o senhor vereador saberá, penso que sim mas a proposta que o presidente da CM do Seixal fez, não foi nada que não tenha sido feito no Metro do Porto em que numa 1ª fase os potenciais utilizadores do Metro não pagaram bilhete (houve bilhetes de borla), o que levou milhares de pessoas a experimentar o novo meio de transporte, por cá a opção não foi essa e poucos ainda conhecem o Metro Sul do Tejo, portanto como se vê uma proposta nada demagógica, pelo contrário, uma maior utilização por parte dos utentes de Almada e Seixal poderia levar a que os utilizadores do MST pudessem tomar contacto com este projecto que será muito importante para a qualidade de vida das populações da margem sul e aumentar a sua exigência em relação ao mesmo.

Samuel Cruz disse...

Caro Aldeia,

Cada vez mais me convenço que voçê acha que somos todos parvos e ainda bem que os comunistas tomam conta de nós... Mas mesmo muito parvos!
Afirma no seu comentário ".../... por cá a opção não foi essa e poucos ainda conhecem o Metro Sul do Tejo...", epá ainda bem que avisas, eu já tinha estranhado aqueles automóveis azuis a andarem em carris ali em Corroios. Pois é, é o Metro pá, ganda pinta. Ainda não tinha notado, não senhora.
Vou já dizer aos meus amigos, acho que eles ainda não "conhecem" o Metro, se calhar em vez dos bilhetes à borla fazemos uma sessão formal de apresentações: Este é o Miguel, este o Sr. Metro, boa tarde, como está? Isso é que era, pá. Pensa nisso.
É que esta ideia, a das apresentações, ao contrário da dos bilhetes à borla, ainda tem a grande vantagem de não ter sido da autoria desse grande autarca do Norte, e deputado de 1969 a 1973, repito deputado de 1969 a 1973, que dava pelo nome de Vieira de Carvalho. E já agora quem lhe seguiu na Presidência do Conselho de Administração do Metro do Porto foi esse grande vulto do PSD e da Bola que dá pelo nome de Valentim Loureiro...
Grandes exemplos que anda o PC a seguir na Câmara do Seixal, sim senhora...

Anónimo disse...

Caro Samuel,
gostaria de sublinhar que a utilização dos meios que a CM põe ao dispor dos seus funcionários são, exclusivamente, para desenvolverem o seu trabalho enquanto trabalhadores da Autarquia e que TUDO o que passe disso carece de autorização(ou então passa a ser utilização abusiva).
Gostaria, também, de lhe dizer que não concordo com essa utilização por parte dos partidos politicos(sem excepção), que têm outros meios para o fazer e deverão fazê-lo para que possam aprofundar a democracia participativa e não aparecem só em periodo eleitoral a tentar fazer aquilo que por acomodamento, ou má fé? não o fazem no dia a dia.....
De qualquer forma, agradeço o convite e quando sentir que me devo pronunciar sobre algum artigo aqui publicado fá-lo-ei de uma forma não anónima. No entanto, gostaria de saber a sua opinião quanto à forma com que o Governo trata os funcionários autárquicos, pois para o municipes também é importante que lhes diga TODA A VERDADE sobre os objectivos que estão por detás dos mentirosos argumentos que todos os dias verborreia(o governos e o PS), que em ultima análise vão significar agravamentos financeiros para as familias portuguesas já tão castigadas pelas opções que o "seu" governo tem tomado e que tem levado ao aumento do desemprego, das desigualdades sociais e da pobreza( isto sim têm que ser preocupações de todos independentemente da sua opção partidária).
P.S. Gostava que não rotulasse todos os que não concordam consigo como comunistas, pois relembro que era isso que o Estado Novo fazia e depois veio-se a constatar que foi uma das maiores patranhas da história e que os comunistas em Portugal amam a Democracia tanto como o senhor....

aldeia pp disse...

Lições já lhe disse uma vez, mas volto a repetir não as dou a ninguém, porque se houve algo que aprendi cedo foi a pensar pela minha cabeça, como o senhor vereador decerto saberá, todos sabem que existe o MST, mas quantos o utilizaram e puderam verificar o seu potencial? Provavelmente mais pessoas no dia de inauguração que foi à borla do que nos restantes meses e quanto a essa do “Sr. Metro, boa tarde, como está?” penso que aqueles que nos lêem perceberam o que eu quis dizer, mas reconheço o seu grande esforço para tentar fazer algum humor.

Quanto à ideia dos responsáveis do Metro do Porto, numa 1ª fase deixarem as populações da Área Metropolitana do Porto, potenciais clientes experimentarem o mesmo, foi na minha opinião uma boa medida e uma boa ideia não deixa de ser uma boa ideia por ter vindo de pessoas que eu estou longe, muito longe dos seus ideais políticos e em relação ao ultimo principalmente, da sua forma de fazer política e apesar de terem sido os dois que referiu os presidentes do conselho de administração do Metro do Porto, fizeram parte entre outros e corrija se estiver errado Mário Almeida autarca socialista que liderou a Associação Nacional de Municípios e Narciso Miranda também ele do Partido Socialista e com mil e um cargos ao serviço do mesmo, como tal o PS não teve qualquer problema em estar com as pessoas que referiu, aliás o mesmo PS que reabilitou esse "grande ministro" da educação da ditadura fascista, Veiga Simão que permitiu a entrada das policias nas universidades para reprimir os estudantes e que depois viria a ser ministro de um governo do Partido Socialista, como tal senhor vereador utilizar uma boa ideia não tem mal nenhum, mas seguir o exemplo e as politicas dos senhores atrás mencionados dispenso, tanto as do PSD, como as do PS que no fundo são a mesma coisa, até no aproveitamento de figuras da ditadura fascista.

Samuel Cruz disse...

Caro anónimo,

Penso que a sua confusão inicial reside em não distinguir entre funcionário da Autarquia e Eleito na Autarquia que é o meu caso. A publicação deste Blog insere-se num exercicio de prestação de contas a quem me elegeu, justamente e como bem referiu, "num exercicio de aprofundamento da democracia participativa", ou seja, nada tem que ver com o exercicio de competências delegadas pelo Presidente da Cãmara que tenho a prestar, tal como previsto na Lei, naturalmete.
Quanto ao mais há-de convir que este espaço aparece numa altura, ainda assim, bastante distante do periodo eleitoral e quanto à hipotética utilização de meios da Câmara Municipal do Seixal, descanse, para a actualização do Blog apenas necessito do meu portátil e da respectiva ligação à Internet.
Para me poder pronunciar sobre o que designa por "a forma com que o Governo trata os funcionários autárquicos" pedia-lhe que especifica-se a que se refere para que me possa pronunciar.
Mas desde já o posso informar que não concordo, e já o expressei veementemente na sessão pública da Câmara Municipal do Seixal, com a forma como foi retirado o pagamento do subsídio de turno no subsídio de férias e de Natal aos trabalhadores desta Autarquia.
Por último quanto a tratar, quem aqui comenta, por comunista, devo-lhe dizer que não vejo nenhuma conotação negativa na palavra, no entanto não o faço gratuitamente, penso que terá tirado essa conclusão apressada porque o fiz quanto ao Kamarada Aldeia, no entanto fi-lo pois apesar de anónimo o Kamarada Aldeia é um confesso comunista.
Atentamente,

Samuel Cruz disse...

Kamarada Aldeia,

São opiniões, e como saberá as opiniões são como aquela coisa que não me lembro agora o nome, mas que quem dar, dá-las...
Mas quanto a isto, não concordamos.

www.jsdseixal.com disse...

PARA QUANDO?

O CARTAZ FICA... ESTRADA É QUE NEM AO FUNDO DO TUNEL...

VEJAM EM:

www.juventudeseixal.blogspot.com

www.jsdseixal.com/blog

Anónimo disse...

Pois mas vê-se que é um verdadeiro politico, pois esqueceu-se de mencionar o motivo pelo qual a retirada do subsidio de turno foi efectuada, que derivou de uma sentença de tribunal, que considerou que esses suplementos não eram considerados com parte da remuneração base, logo sem incidência nesses subsidios.
De qualquer forma pode sempre exigir ao Governo que legisle nesse sentido por forma a ser incluido e já agora inclua a regulamentação do subsidio de penosidade, insalubridade e risco nessa sua reinvindicação....
Gostava que percebesse que não quero alimentar polémicas mas sim debater ideias, pois pensou que o estava a condenar por alguma coisa e contra atacou logo, quando poderia só rebater com a sua opinião que eu aceitava na mesma.
Quanto ao kamarada certamente não reparou que quando enviei este post ainda esse não estava publicado, foi mesmo pura coincidência.
Por fim gostava de sugerir que como jovem que é começasse a optar por outro tipo de intervenção, pelo menos neste blogue, por forma a aumentar o nível da discussão e permitir a intervenção de um tipo de jovens que não se aproximam da politica devido ao estilo de discussão que normalmente é utilizado e que vossê mesmo que involutariamente usa.
Eu também sei discutir política dessa forma só que entendo que nestes espaços deveriamos debater as ideias de uma forma mais ligeira.......(é a minha maneira de ver estas coisas)

Samuel Cruz disse...

Caro anónimo,

Além de Político sou Advogado e não tenho o hábito de me pronunciar sobre o que não sei, já o senhor toma muito depressa partido por um dos lados sem querer ouvir os argumentos dos outros. Quero com isto dizer que o Acordão a que se refere, que condena o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, repito o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras a não pagar este subsídio, apenas tem força vinculativa entre as partes, ou seja, apenas obriga o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras a não pagar este subsídio, MAIS NENHUM organismo público está obrigado a proceder da mesma forma.
Tanto assim é que já depois da decisão do Tribunal (depois do Acórdão) a Câmara Municipal ainda pagou este subsídio, acaso acha que a Câmara Municipal do Seixal cometeu alguma ilegalidade?
Mas mais, recentemente foi proferido um Acórdão que obriga a Câmara Municipal de Lisboa a não cobrar a taxa de publicidade quando o suporte esteja colocado em imóveis privados, no entanto a Câmara do Seixal continua a cobrar esta taxa desta forma, repito a pergunta acha que a Câmara do Seixal está a actuar à margem da Lei?
No entanto esta interpretação da Lei não deixa de ser curiosa:
- É para pagar?
Não se pode é ilegal!
Haaa, é para receber, afinal não é ilegal, pague lá se faz favor...

Anónimo disse...

Tá a ver, argumentou à politico, ou seja falou de coisas que eu nem falei, mas deixe escusa de se maçar pois eu não quero levantar polémicas.
Mas garanto que quando tiver qualquer coisa para debater o farei com todo o gosto embora gostando que haja elevação no debate..

luis disse...

Senhor anonimo,qual foi a parte que o senhor não entendeu.Julgo que o senhor percebeu muito bem o que o vereador Samuel lhe respondeu,mas como atingiu uma entidade que no seu ver não pode ser atingida:derivou logo para"Tá a ver,argumentou á politico".Só que nós nisso já não vamos.Vereador Samuel tem de ser mais selectivo nas respostas a estes senhores,eles estão a ficar nervosos como nunca e vão tentar intimidar-nos mas estão muito enganados.Esta muita gente atenta aos seus posts dentro da Camara,muitos já dizem que já têm alternativa ao Boletim Municipal.Continue que os trabalhadores agradecem.

Anónimo disse...

Sou o anónimo a quem mandou um beijo...tenha cuidado da sua parte, porque pela minha sou muito homem, e cada macaco no seu galho.
Respeito no entanto as suas opções !

Anónimo disse...

Caro Samuel espero que não se importe que eu agradeça ao sr. Luis pois torna-se evidente por demais que o Povo(especialmente o do Concelho do Seixal) deve estar grato aos Socialistas por não estarem a gastar mal o seu dinheiro, pois com o encerramento de escolas, Sap's, não inclusão em PIDDAC de projectos importantes para o Concelho demonstra a sua preocupação com as pessoas desta terra de gente que "malha o ferro" diáriamente e que vê cerceado o seu direito a uma vida melhor..
É evidente que a gestão autárquica não tem sido perfeita mas não poderemos ser injustos e temos que reconhecer que muita coisa mudou para melhor neste pedacito de terra à beira mar plantado, embora muita coisa melhor pudesse ter sido feita, mas deve reconhecer que tem sido sufragada em eleições e tem merecido a confiança dos municipes que tem exercido o seu direito de voto(isto é que se calhar vos custa um pouco).

Samuel Cruz disse...

Caro último anónimo,

Eu não quero ser chato mas o senhor, no seu primeiro post, disse que quando quisesse vir aqui discutir "coisas sérias" vinha e identificava-se, pois bem, já vai sendo hora... Apesar de não ser obrigatório, era apenas uma questão de coerência.
Quanto ao conteúdo do que diz esclareço-o, mas mais uma vez só parece querer ver para um lado:
- Quanto às escolas, segundo a carta educativa, faltam construir no Concelho do Seixal 28 escolas, sendo que dessas, 22 são da EXCLUSIVA responsabilidade do Município. Apesar desta discrepância o Ministério da Educação no PIDDAC para 2007 orçamentou mais de 2 MILHÕES de Euros para a construção da Vova Escola Nuno Alvares e mais 50.000 Euros para a execução da escola básica integrada de Santa Marta.
- Quanto ao encerramento dos SAP's no periodo das 20 às 24 horas, e não simplesmente encerramento como erradamente refere, tal medida permitiu um ganho de 616 horas de médico disponível, medida de boa gestão que permitiu atribuir médico de família a muitos utentes.
Qiuanto ao mais, eu sou daqueles que entende que o direito de um Povo se governar é absoluto e comporta inclusivé o direito de se governar mal...

municipe disse...

è pena ter censurado o meu comentário, pois não o publicou. Proventura contem verdades que não convem acerca das politicas levadas a cabo pelo seu partido que tem deixado o pais cada vez mais pobre.
Só publica o que lhe dá promoção pessoal, pois divulgar as verdades incomodam.
Lamento muito o seu sentimento de liberdade e o seu espirito democratico.

Samuel Cruz disse...

Caro municipe,

Não censurei nenhum comentário, deve estar a fazer alguma confusão, ou existiu algum problema, mas acaso queira volte a enviar o seu comentário que será publicado.

Google