Basta!

O Tribunal do Seixal confirmou hoje, integralmente, o teor do Acórdão que condena o Município a pagar uma indemnização de 250.000 Euros à família da criança, de quatro anos, que caiu numa tampa de esgoto, inadvertidamente destapada, em 1999.
Entendo que a política não deve ser feita utilizando ou utilizando-se das pessoas e muito menos capitalizando acontecimentos tão trágicos. No entanto, entendo também que o Município do Seixal deve-se comportar como uma pessoa de bem, e que passados oito anos sobre os acontecimentos e perante uma sentença (reconfirmada hoje) é chegada a altura de dizer Basta!
Porque a decisão de recorrer ou não do Acórdão, hoje confirmado, cabe à Câmara Municipal, legitimo representante da vontade do Município e não aos Advogados que a representam, na reunião privada da Câmara Municipal do Seixal, que se realiza amanhã, terça-feira, defenderei que a Câmara Municipal proceda ao pagamento imediato, à família da criança, da indemnização fixada pelo Tribunal.
Só assim esta família poderá dar por encerrado este trágico capítulo da sua vida e só assim se fará alguma Justiça!

Sem comentários:

Google